Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Apoio questionado

24/04/2014

Em entrevista ontem, à TV Cidade Verde, o médico, ex-prefeito e pretenso candidato a vice-governador na propalada aliança PSDB-PSB-PMDB, Silvio Mendes dizia confiar na palavra do atual governador Zé Filho que, ainda na qualidade de vice-governador teria se comprometido com essas candidaturas. Ora, não se discute a palavra dada, até porque Zé Filho procura ao máximo não falar em eleição, nas entrevistas que concede. De seu lado, Silvio não aceita a imposição nacional do PSDB pela candidatura própria no Piauí e insiste em seguir na rabeira da chapa governista, mesmo diante da baixa aceitação popular do cabeça de chapa, Marcelo Castro. É intempestivo, pois, questionar apoio dado numa circunstância como a que envolveu o então vice-governador, pois todos estavam na expectiva de que o candidato escolhido pelo então governador Wilson Martins teria, de imediato, ascensão nas pesquisas de intenção de voto. O que não ocorreu. De janeiro para cá já se passaram quatro meses e Marcelo voa tão baixo quanto a nhambu na caatinga. Já chegaram ao escárnio de chamá-lo candidato ‘pé de chumbo’ porque está pregado no chão, numa clara demonstração de que o eleitor estaria preferindo outros candidatos. Zé Filho, por exemplo, sem sequer ser candidato, já se aproxima do próprio Marcelo. Na última pesquisa ele obteve mais de 10% enquanto o candidato do PMDB não ultrapassa a casa dos 14%. Para quem quase trocou de partido (saindo do PSDB para o PP) Silvio disse que seguir na vice com Marcelo Castro seria mais fácil para chegar aos seus objetivos. E aí reside o x da questão, porque ele se apega logo ao político ao qual todos os aliados se aproximam apenas pelas amarras que têm no governo, ou seja, cargos, poder sobre órgãos públicos e outras benesses. A história mostra que Marcelo sempre correu da raia quando testado para disputar o governo.









Silvio Mendes finca o pé e diz que não aceita imposição do PSDB para ser candidato a governador. Quer ser o vice de Marcelo.















Coisa estranha

O Diário Oficial do Estado, do dia dois de abril publica contrato assinado entre o secretário de Saúde de então, Ernane Maia e a construtora CEC Ltda, no valor de R$ 100 milhões, para prestação de serviços técnicos de engenharia visando elaborar projeto e executar obras do Centro Integrado de Referência Médica de Picos.
Por todos os títulos, além da desconfiança natural em função de milionário negócio, o órgão financiador só dispõe de R$ 34 milhões para tal empreitada.

Apague-se!

Não se atemorizem se o secretário de Saúde atual Mirócles Veras passar a borracha nesse contrato, tornando-o sem efeito.
Arquive-se.

Troca-troca
O Pros emplacou César Fortes na Secretaria de Defesa Civil. Indicação do deputado Antônio Uchoa.
Mas para não perder precioso apoio da família Tapety, Marcelo Castro vai tirar o filho, Zé Neto, da Secretaria de Infraestrutura para o governador Zé Filho nomear para o lugar o ex-prefeito Tapety Neto.

E os outros?
E o que Marcelo Castro fará para compensar o outro lado, o grupo político de B. Sá?
O que se sabe é que criou-se um fosso profundo nas relações do então governador Wilson Martins com os chamados ‘boca-preta’ de Oeiras.
O líder do grupo, B.Sá tem é tentado segurar seu povo para não debandar.

Escola

Os alunos da unidade escolar Martins Napoleão, do Promorar, esperam há pelo menos um ano, a visita do governador para poderem jogar bola na quadra de esportes.
A direção da escola só deixa usar a quadra se o governador (agora Zé Filho) aparecer por lá.

A roda

Silvio Mendes pulou lá acolá, segundo máxima brejeira, quando leu que Aécio Neves quer candidato do PSDB ao governo do Piauí. Silvio não aceita ser o candidato.
Ele corporifica a máxima da roda grande entrar na roda pequena, pois tem mais de 35% nas pesquisas, enquanto o cabeça de sua chapa, Marcelo Castro, não passa dos 14%.

Mas...
Alguém já procurou saber a opinião de quem, efetivamente, manda no PSDB do Piauí?
Por onde anda o prefeito Firmino Filho?

Quem manda?

Ao O DIA, o ex-prefeito Silvio Mendes disse que Aécio Neves não manda nele.
Pode até não mandar, mas manda, determina que o PSDB desfaça a aliança com o PMDB.
E manda, também, que tirem Silvio da candidatura a vice.

Acordo feito
Opinião do presidente do PSDB regional Marden Menezes sobre a posição do PSDB nacional de ter um candidato próprio a governador: “Nosso caminho é esse, da aliança com o PMDB e o PSB”.
Alguém lembra do comercial da parmalat?

Palavra dada
Silvio Mendes diz não acreditar que Zé Filho descumpra a palavra dada de apoio à chapa Marcelo Castro/Silvio Mendes.
Nesse quesito descumprir o que acerta só fica bem para o tucano, não é Ciro?

A nomeação
Parece conter incorreção o decreto assinado pelo governador Zé Filho nomeando Roncali Paulo para Ouvidor Geral do Estado.
Lá, está escrito: ‘nomeia José Roncali Costa Paulo para exercer o cargo em comissão de Ouvidor Geral do Estado da Secretaria de Governo’.
Se o cargo tem status de secretário, logo não é departamento de outra secretaria.

Fórum

Advogados se queixam que as petições sobre pensão alimentícia protocoladas no bonitinho, mas ordinário, fórum de Teresina passam até dez dias para chegar à mesa do juiz.
Não é sem razão que o julgamento de uma ação de alimentos chegue a durar mais de um ano.

Humilhação

Está paradinha que nem água de poço a ação de um rapaz com insuficiência renal esperando por decisão do juiz.
Meu Deus, a justiça cometendo injustiça.

Ping Pong

O Bolsa Família para cinco

Zé, lavrador da ‘Cacimba Velha’ ouve no rádio que Dilma havia aumentado o Bolsa Família para R$ 1.500 para famílias de cinco filhos ou mais. Zé corre para casa, conta a história para a esposa, que lamenta só terem quatro filhos. Imediatamente ele confessa que tem um filho fora do casamento e vai buscá-lo na Lagoa de Dentro. Na volta, só encontra dois dos quatro filhos.
Zé: “Mulher, cadê os outros dois que eu deixei aqui?”
A mulher: “Marido, os pais ouviram essa mesma notícia e vieram buscar eles”.

Colaboração: Octávio César

Expressas

Hoje, na PMT, será aberta a licitação para a construção do asfalto a estrada das Sete Ladeiras, no trecho Estrada da Usina Santana/Taboca do Pau Ferrado.

Amanhã, será celebrada missa de 7º. Dia por Aluísio Sampaio, às 19h na Igreja Nossa Senhora de Fátima.

O show dos humorista Octávio César e João Cláudio Moreno foi transferido dos dias 29 e 30 para 30 deste mês e primeiro de maio. Será no mesmo lugar, o teatro da Assembleia Legislativa.

COMPARTILHE COM AMIGOS
portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014