RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Ganhar e não levar

01/04/2015

Não são apenas os deputados que estão de olho na escolha do novo conselheiro do Tribunal de Contas (TCE), que acontecerá em meados de abril. Muitos estão atentos, inclusive o Ministério Público, especialmente diante das informações que apontam o ex-deputado Mauro Tapety como um dos fortes candidatos à cadeira deixada vaga por Anfrísio Lobão. O que chama a atenção é uma questão mais que óbvia: o fato de Tapety não contar com um diploma de curso superior. Não é uma preocupação vã. Como se sabe, ter um diploma de nível superior há muito não garante mais sequer um emprego mediano, em um mercado de trabalho cada vez mais exigente. A inexistência dele é quase uma condenação – ainda mais com a facilidade atual de acesso às universidades e faculdades. Se é assim para os pobres mortais que buscam uma vaga numa empresa privada, imagine para um cargo técnico do setor público que requer qualificação especial, como no caso de conselheiro de uma Corte de Contas. E o fato de Mauro Tapety não ter um curso superior está despertando a atenção de muitos. Pode gerar inclusive a ação do próprio Ministério Público. Daí, caso Tapety vença a disputa, é bem provável que haja uma judicialização do resultado, com imediato questionamento da qualificação técnica do ex-deputado de Oeiras – e, assim, de sua escolha para a cadeira do TCE. Em outras palavras: caso Tapety consiga votos suficientes na Assembleia, sua eleição pode ser seguida de uma brutal (e justificada) polêmica, com desgastes para as duas instituições envolvidas na questão: a Assembleia e o próprio TCE. E também pode produzir uma sequela: a de Tapety ganhar e não levar, desgastando ainda mais a classe política e especialmente o Legislativo.












Paes Landim é sondado pelos oposicionistas para ser candidato a prefeito de Parnaíba














Dia da mentira

Hoje, é dia primeiro abril, dia da mentira.
Foi-se o tempo em que as pessoas só mentiam nesse dia.
Agora, não se fala a verdade é de jeito nenhum. E dia nenhum.

Parem o trem!
O ex-senador Mão Santa está querendo reunir os partidos de oposição em Parnaíba para lançar o deputado federal Paes Landim candidato a prefeito em 2016. Já telefonou para Landim querendo uma reunião nos próximos dias.
Paes Landim é muito querido pelos parnaibanos e, como tal, sai sempre o mais votado nas eleições.

Justiça se lhe faça
Paes Landim nasceu no outro lado do Estado, 1000 quilômetros de distância de Parnaíba, mas tem trabalhado nos seus últimos mandatos pela cidade e região muito mais que muitos políticos parnaibanos.

CCom

O coordenador da CCom, João Rodrigues esteve ontem, em Brasília, na posse do novo ministro da Comunicação, Edinho Silva.

Alô, Fernando!
O Idepi, o principal órgão construtor do governo, está sem telefones. E, por causa disso, sem internet. E, também por causa disso, sem comunicação com o mundo exterior.
Tem gente que leva material para trabalhar em casa. Principalmente em se tratando de licitações.
Carros para conduzir os diretores nem pensar. A locadora recolheu por falta de pagamento.
Onde está você Fernando Monteiro?

Café e o gás
Salvaram o cafezinho no Idepi. Os funcionários fazem a ‘vaquinha’ para comprar o pó e o açúcar e um construtor que já está cansado de ir lá atrás do seu dinheiro, fez a doação do botijão de gás.

Aí tem!
Cerca de 200 pessoas fizeram curso no Creci-PI para corretor de imóveis, três anos atrás, receberam certificado, carteiras de estagiários, mas na hora de pleitear o documento definitivo, a gestão atual informa que o curso, de 988 horas, não tem qualquer valor.
Agora, os que se julgam lesados estão na fila para denunciar na Justiça Federal a gestão de João Batista Paz, presidente do Creci.

Caso antigo
Sobre os crimes de advogados contra idosos em São Raimundo Nonato, em função dos quais, correu processo contra a juíza Mara Rúbia, não custa lembrar que o caso de achaque contra idosos naquela época foi desbaratado pelo então delegado Marllos Sampaio, da Delegacia do Idoso.
O problema é que para combater um crime o delegado praticou outro: as investigações foram custeadas por um dos bancos interessados, segundo descoberta feita pelo advogado Joaquim Magalhães.

A juíza
Vale dizer, também, que por conta de tal situação, além das prisões de advogados de São Raimundo Nonato, o Tribunal de Justiça puniu a juíza com a sanção de advertência.
Coincidência das coincidências, a juíza está hoje, em Corrente, onde se encontram presos advogados pela mesma prática.

Vaga do TCE
O delegado Bareta inscreveu-se na Assembleia Legislativa para concorrer à vaga de conselheiro do TCE. Juntou tudo. É ficha limpa.
Juntou até documentos do tempo em que foi delegado especial para investigar os crimes contra a ordem tributária, antes mesmo, a criação da delegacia especializada.
O primeiro da lista.

Internacional
Bareta é bacharel em Direito e Pós Graduado em Ciências Penais. instalou e presidiu a Comissão Investigadora do Crime Organizado no Piauí.
Tem curso até com a polícia francesa para combater lavagem de dinheiro.

Corrupção
Como delegado especial Bareta investigou muitos prefeitos e gestores públicos – de Cajueiro da Praia a Cristalândia.
“Meu lema é o combate a corrupção e malversação do dinheiro público”, diz.

DER na estrada
O DER vem monitorando e recuperando alguns trechos que se encontravam intrafegáveis desde o ano passado. Já foram totalmente recuperados trechos entre Teresina e José de Freitas, José de Freitas e Cabeceiras, Teresina e União, Lagoa do São Francisco e Pedro II e entre Luís Correia e Camurupim. Outra estrada bastante danificada e que já vem sendo recuperada é a que liga os municípios de Esperantina, Luzilândia, Joca Marques e Madeiro do Piauí, no norte do Piauí.

Ping Pong

Cadê o diploma

O ‘deputado’ Zezinho encontra Sena Rosa, no Café São Braz, do Teresina Shopping.
Zezinho: “Vi hoje o deputado Mauro Tapety dizendo na televisão que vai fazer a inscrição dele levando vários deputados”.
Sena Rosa: “Ele devia levar era o diploma”.

Expressas

Equipes da Secretaria de Meio Ambiente flagraram o desperdício de água no vale do Gurgueia durante visita a poços jorrantes. Flagraram? Aquilo lá tem cem anos de desperdício.

Dia 11 de agosto será dedicada, em Teresina, ao Garçom. O vereador Inácio Carvalho (PP) tem projeto-de-lei instituindo o Dia do Garçom.

O vereador Dudu (PT) anda indignado com a falta de informações no Portal da Transparência da Prefeitura de Teresina.

COMPARTILHE COM AMIGOS
portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2015