RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

A polêmica sobre a ZPE

17/12/2014

José Cândido Guimarães escreve à coluna, sobre a ZPE de Parnaíba. É um dos críticos e céticos em relação ao projeto; Leia-o abaixo: “Li atentamente sua crítica, entre outras coisas, à ZPE de Parnaíba. Hoje vejo as informações prestadas pela jornalista Graciene, até consistentes, se realmente verdadeiras, como acredito que sejam. Infelizmente, como mero observador da cena, e na condição de aposentado, tendo dirigido importantes organizações financeiras no Piauí, quero dizer que não acredito nessa tal ZPE de Parnaíba, não vai funcionar nunca, será apenas mais um cabide de empregos para muitos apaniguados do governo, principalmente petistas. O seu diretor (?) certamente terá status de Secretário de Estado. É sentar e esperar para ver. Que é do centenário porto de Luiz Correia, que já foi bandeira de muitos políticos ou politiqueiros piauienses, talvez até elegendo alguns. Vou morrer, e você também, e não veremos jamais atracar nada nesse "porto", a não ser canoas, jangadas e jet-skis. Lembro o aeroporto "internacional" de Parnaíba (nada contra Parnaíba, que adoro), que receberia voos charters da Europa, hoje só baixa urubu e teco-teco e "temporariamente" a Azul, e, penso, por pouco tempo, a exemplo de outras aéreas - como a imprensa gosta de chamar agora - que por lá passaram e não ficaram. E o aeroporto, também "internacional", de São Raimundo Nonato (nada contra linda São Raimundo Nonato), que já consumiu centenas de milhares de reais, incluindo, com certeza, as propinas, e nunca aprontaram, apesar das declarações mentirosas de alguns secretários irresponsáveis. Agora, depois de muitos anos (talvez 10 anos) outro dos nossos politiqueiros descobriu que o aeródromo não pode ser internacional em virtude do pequeno tamanho da pista, um visível e imperdoável erro de projeto. O que custava consultar a Infraero? Mas só descobriram agora? Como diria nosso querido DD: "oh, que Piauí difícil", mas também com os dirigentes e politicozinhos chinfrins que elegemos, nós quereríamos o que? Corrigindo o Tiririca: não se preocupem, pode ficar pior sim senhor. E então, com mais oito anos de PT aqui e dôze lá ...Sem falar de Petrobrás, de pré-sal, o saque é federal e na casa dos bilhões ...”










Margarete Coelho se despede da Assembleia Legislativa para tomar posse em janeiro como vice-governadora do Piauí














Pegando légua

Do jeito que os companheiros de Wilson Martins estão querendo se bandear para o lado sombroso do governo, o ex-governador vai chegar aqui sem ter ninguém por perto.
Ou melhor, Átila, Wilsinho e tantos outros querendo léguas dele.

Leproso

Nos tempos de Cristo, os leprosos eram obrigados a andar com uma sineta pendurada nos calcanhares. Para que os que eram sadios, ao ouvirem, procurarem se distanciar cada vez mais dos doentes.

Sozinho

Na política do Piauí, com os companheiros que deixou no PSB, Wilson Martins não se surpreenda se todos começarem a fugir dele.

Tá danado!

Anteontem, um bandidinho assaltou uma criança, filha de um delegado de Polícia, na saída da escola, no Jóquei Clube. Levou o seu celular. Ontem, a filha da coronel Júlia Beatriz foi vítima de sequestro relâmpago.
Quando o Estado se torna leniente, o bandido toma de conta.

Discurso
Por ora, o futuro secretário de Segurança Fábio Abreu está afiado no discurso. Diz que vai combater o traficante em sua própria toca; anuncia que fará repressão ao crime organizado.
Mas o planejamento operacional ninguém sabe como está sendo feito.

Cirurgia
O senador Ciro Nogueira submeteu-se a cirurgia em São Paulo. |
Mas o suplente José Amaury nem se bula para querer comemorar. É coisa leve, sem oferecer perigo e sem permitir qualquer licença acima de 120 dias.

Despedida
A deputada Margarete Coelho (PP) se despediu ontem, da Assembleia Legislativa. No discurso, relatos de vida no parlamento.
Nenhuma menção a ocupação de cargo no Executivo a não ser o de vice-governadora, para o qual foi eleita.

Suplente
Como Margô vai assumir juntamente com Wellington Dias, dia primeiro de janeiro, sua suplente, a empresária Elza Bucar, de Floriano, ainda terá um mês, o equivalente a um salário de deputado estadual.
E, se for esperta, também a verbinha de gabinete referente ao mês.

E nós?!
Aliados do governador Wellington Dias tem reclamando que não estão sendo sondados para a composição da equipe do próximo governo.
E reclamam ainda mais ao verem os que votaram em Zé Filho saracoteando no rumo do novo governo.

Antes fosse
Não é sem razão que um deputado de um dos partidos da aliança vencedora tenha desabafado ao ver Átila Lira se oferecendo para a sombra governista:
“Se eu soubesse que seria mais fácil ficar do lado do governador eu teria votado no Zé Filho”.

Parceria
Os últimos encontros do governador eleito com o prefeito Firmino Filho também despertaram ciumeira entre os eleitores de Wellington Dias.
Mas se for para escolher um nome capaz de resolver o problema da saúde em Teresina e no resto do Piauí, a parceria será positiva.

Lá vem!
O PP deve participar da gestão tucana de Teresina. Há entendimentos entre as cúpulas dos dois partidos.
E a parceria pode se dar também na Assembleia Legislativa. Julinho, do PP, votaria conjuntamente com os tucanos.

Elo cortado
Foi-se o tempo em que as relações de Seu João com o deputado Hélio Isaías eram uma maravilha.
O rompimento se deu na eleição para senador. Diz-se que Diabinho, de burras cheias, votou foi em Wilson Martins.

Ping Pong

O toque

Ex-prefeito do interior do Piauí, 88 anos, chega a Teresina para fazer o exame da próstata, através do toque retal. Um mês depois, passeando pelo shopping, ele se esconde ao ver o médico que o examinou. O filho, curioso, o provoca.
O filho: “O que é isso, meu pai?”
O prefeito: “Meu filho, eu tenho vergonha dele, pois ele me desmoralizou”.

Expressas

Depois de amanhã, a posse dos conselheiros Luciano Nunes, presidente, Olavo Rebelo, vice-presidente) e Abelardo Vilanova, corregedor do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Às dez horas.

O Ministério da Saúde decidiu prorrogar pela segunda vez a Campanha Nacional de Vacinação contra Pólio e Sarampo. Agora os pais têm até o dia 31 de dezembro para vacinar as crianças menores de 5 anos.

Ficou para hoje a votação do Orçamento de 2015. Dessa vez quem perdeu 1% do repasses foi o TCE. Bom para o TJ e o MP que tiveram aumento.

COMPARTILHE COM AMIGOS
portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014