RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Moradores acusam padre-prefeito de mandar demolir Igreja Evangélica

23/02/2011 • 13:48


Da Redação do Portal AZ

Com informações e fotos do Portal SRN

Os moradores do bairro Baixão da Guiomar acusam o prefeito de São Raimundo Nonato, Herculano de Negreiros, de mandar derrubar, sem autorização judicial, uma Igreja Evangélica no município. O templo ficava localizado no bairro Baixão da Guiomar.

A operação aconteceu no início da tarde desta quarta-feira (23). Um trator foi usado para demolir o prédio. A Polícia Militar foi acionada e acompanhou todo o trabalho. A intenção era impedir qualquer reação dos fiéis.

Segundo a PM, a prefeitura solicitou a participação da corporação através de documento oficial.

Maria Teresa Brito, proprietária do local, diz que a igreja não estava construída em via pública, conforme alega o Executivo do município, e que o prédio era registrado em cartório. Abalada, ela chorou bastante ao ver a igreja destruída. Sua residência, que fica ao lado do templo religioso, teve a estrutura avariada.

Os moradores da região se dizem indignados com a atitude do prefeito Herculano, que também é padre da Igreja Católica.


Prefeito de São Raimundo Nonato envia nota de esclarecimento sobre demolição da Igreja Evangélica:

Em razão da matéria sobre a demolição da construção da igreja evangélica é preciso esclarecer alguns pontos.
 
A igreja estava sendo construída fora dos padrões exigidos pelo código de postura do município, inclusive obstaculizando uma rua pública. 
 
Enviamos várias notificações ao  Sr. Francisco Oliveira, 2º tenente da Polícia Militar do Piauí, autor da obra.
 
Ele chegou a rasgar as notificações, em ato de desafio e desrespeito aos poderes constituídos.  Os fiscais da prefeitura notificaram pessoalmente o Sr. Francisco Oliveira. Em algumas ocasiões, os fiscais tiveram que ser acompanhados de policiais, em razão do tom intimidador do tenente.
 
Solicitei que ele, pessoalmente, viesse conversar comigo. Não obtive resposta. Enviei, então, um comunicado aos pastores Rabelo e Azulim, ministros religiosos da igreja da qual o senhor Francisco faz parte. Eles tentaram intervir, mas não obtiveram sucesso.
 
Diante da inércia do 2º tenente e de sua resistência, não restou outra alternativa, senão demolir a obra, com base no poder de polícia da administração pública que é bem claro: o interesse público deve prevalecer sobre o privado.
 
É preciso informar, ainda, que o referido tenente foi transferido da cidade de São Raimundo pelo Comandante Eduardo, por razões disciplinares.
 
Faz-se necessário informar que, diante do ato ilegal do particular, a administração pú
blica pode, sem autorização judicial, tomar as medidas cabíveis, a fim de resguardar o interesse público.  









  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014