Criminalização das Prerrogativas dos Advogados é o tema do Palavra Aberta na TV Assembleia

Por sua vez, os advogados Alano Dourado e Carlos Henrique colheram o ensejo para apresentar à sociedade a nova parceria da Ajuspi

Concederam entrevista ao Programa Palavra Aberta/Ajuspi da TV Assembleia, os advogados Alex Noronha, Vinicius Cabral, Carlos Henrique Vieira e Alano Dourado, tratando do tema: Criminalização das Prerrogativas dos Advogados.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nas falas de Alex Noronha e Vinicius Cabral, destacou-se a importância das prerrogativas para a advocacia, que são direitos que garantem o exercício profissional do advogado, mas não só deste, como também são direitos do cidadão, que se serve dos advogados para garantir o acesso aos órgãos administrativos e as esferas do poder judiciário, devendo a OAB ficar atenta à defesa desses direitos, que são garantidos por lei federal.

No contexto de crise financeira, institucional e moral que o país atravessa, foi defendido pelos entrevistados que o fortalecimento das prerrogativas, bem como a sua ampliação, traria sem sombra de dúvidas ganhos para toda a sociedade, haja vista que as prerrogativas são ferramentas dos advogados e dos cidadãos na busca pela efetivação dos direitos.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Salientou-se que de início, o próprio advogado particular deve conhecer e defender suas prerrogativas no momento da atuação profissional em que as mesmas possam estar sendo ameaçadas ou vilipendiadas, entretanto, sozinhos não se faz com eficiência tal combate, e nesta quadra, a OAB é importantíssima nesta defesa.

Por sua vez, os advogados Alano Dourado e Carlos Henrique colheram o ensejo para apresentar à sociedade a nova parceria da Ajuspi com a Secretaria de Turismo e de Meio Ambiente no projeto PIAUÍ ZÔO. Tal parceria se propõe em trazer recreação e lazer aos Advogados, membros ou não da AJUSPI, que poderão fazer um passeio pelo rio POTY em um barco escola e conhecer as belezas naturais da nossa capital, além de despertar em todos o sentimento de civilidade e respeito ao meio ambiente.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

No que concerne ao tema, os convidados inicialmente ressaltaram as agruras por que passam os advogados em seu trabalho pela busca da efetivação dos direitos de seus constituintes, destacaram problemas de atendimento no poder judiciário, honorários aviltantes, morosidade da justiça, dentre outros percalços que obstaculizam sobremaneira suas atuações profissionais e, nesta esteira, a defesa incessante das prerrogativas dos Advogados se faz cada vez mais necessária.

Diante de tantos problemas enfrentados pelos advogados, ações como a aprovação pelo congresso nacional do projeto de lei que tornou crime essa violação de prerrogativas, devem ser apoiadas, incentivadas e ampliadas pelos advogados bem como pela OAB tanto no âmbito estadual quanto no âmbito federal.

Acompanharam os trabalhos o Presidente da Ajuspi, Enzo Dias, a Vice-Presidente, Silvia Sampaio, o 2º Diretor de Patrimônio, Thiago Brandim e o membro da AJUSPI, Fábio Viana.