Veja as dicas para quem tem dificuldades de emagrecer


Quando o assunto é perder peso, parece que esta resposta não pode ser tão simples não é mesmo? O que muita gente não sabe, é que muitas vezes a vontade tem que caminhar junto do intelectual e emocional. Este controle faz com que você sinta-se ou não motivado a agir e lutar de forma correta  para as cosias a seu favor. Chegou a hora de conhecer as razões que te atrapalham a emagrecer e as dicas de como contornar aquele problema.

Primeira Dica

Cada pessoa tem uma forma de lidar com suas emoções, isso pode dificultar ou favorecer a sua capacidade de pensar, superar os seus problemas e principalmente de alcançar os seus objetivos. Você deve ter em mente que a imagem que você forma de si próprio, é o controle que regula a energia interior que será necessária para as ações. A partir do momento em que alguém se ache incapaz de fazer algo, a dificuldade fica duas vezes mais real.

As pessoas têm facilidade de desanimar, pois o desânimo tem um poder enorme de sedução.

Segunda Dica

Lembre-se que durante a sua vida você vai precisar fazer muitas escolhas em que você vai acertar e errar diversas vezes. Pense que quanto mais escolhas você fizer, mais capacitado você vai ficar para agir corretamente. Quanto mais vezes a gente culpar as outras pessoas pelo nossos  fracassos  e escolhas erradas, certamente mais dependentes seremos. Você deve buscar a convivência com pessoas que são capazes de dar apoio e o estímulo necessário para lutar e buscar novas conquistas. Você deve buscar pessoas que possa te ajudar nesta superação e muitas vezes até sofrer com você.

Você deve ter em mente que conhecer a si mesmo é a base para qualquer mudança. Talvez seja necessário buscar a ajuda de um psicólogo, isso não é vergonha nenhuma e ainda pode facilitar esse processo.

Terceira Dica

Saiba que as pessoas que conseguem superar as próprias fraquezas, vão sempre buscar forças para atingir seus objetivos e sempre almejar objetivos mais difíceis. Você deve ter em mete que toda tentativa de mudar pode produzir insegurança, medo e alimentar uma vontade de não arriscar e continuar na sua rotina já estabelecida. Se você ficar apenas reclamando sem agir, certamente vai apenas complicar a situação dia após dia. Se este pensamento for mantido, você futuramente pode estar com profundos sintomas de angústia, depressão, úlcera, labirintite, além de outros distúrbios psicossomáticos.

Quarta Dica

Muito se pergunta da dificuldade que as pessoas obesas ou com sobrepeso têm em perder peso não é mesmo? A resposta pode não ser tão simples, mas em pelo menos 75% dos casos, isso acontece devido as suas práticas comportamentais e emocionais. Quando a pessoa entra em um círculo vicioso, isso faz com que ela praticamente perca as forças e esperanças de atingir o seu objetivo. A maior dica que podemos dar é o que estamos falando durante todo o artigo, você precisa reagir e mudar. Você deve estudar, trabalhar, cuidar da saúde, Você deve restabelecer todo o tipo de relação com coisas prazerosas e que fazem bem pra sua saúde. Você deve organizar seu corpo e sua mente para estar sempre liberando energia necessária para coisas positivas e que realmente faça sentido na busca de seu objetivo.

Quinta Dica

Não existe emagrecimento duradouro apenas por alimentação sem prazer ou através de guerras diárias contra o desejo e a gula. Para conseguir perder peso, você deve saber que será um processo contínuo, puxado e demorado. Durante este período você vai descobrindo possibilidades e alternativas para mudar e incorpora hábitos saudáveis, assim que você vai conseguir mudar aos poucos o seu quadro e buscar sempre coisas conscientes e prazerosas. Se você está lendo este artigo agora e mesmo assim não encontra forças para lutar, pense que a reeducação alimentar e uma nova rotina de exercícios físicos, certamente são escolhas que só trarão grande bem-estar físico e mental. Pense que todas as dicas para emagrecer que passamos não são caminhos simples, mas certamente te darão uma vida muito melhor do que as que vocês vivem atualmente.
Fonte: Saúde Melhor

Saiba como usar a berinjela para emagrecer

Emagrecer com berinjela é uma forma eficiente de perder barriga, pois ela diminui bastante a fome e ajuda na eliminação da gordura. Além disso, comer berinjela todos os dias fornece fibras que ajudam no bom funcionamento do intestino e no combate ao colesterol ruim e à má digestão. Para emagrecer, deve-se utilizar este legume em várias receitas durante o dia e tomar bastante água de berinjela, que hidrata a pele e dá sensação de saciedade.

1. Água de berinjela

Esta água pode ser tomada ao longo do dia substituindo a água normal.

?Ingredientes:

1 berinjela;

1 litro de água.

Modo de preparo: Descasque e corte a berinjela em cubos, deixando de molho em água durante a noite toda. Pela manhã, bata tudo no liquidificador, coe e beba ao longo do dia.

Enem: temas de atualidade são tão importantes quanto conteúdo aprendido em aula
Fórmulas, teorias e regras gramaticais não devem ser o único foco de quem está se preparando para fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A prova costuma abordar também assuntos do cotidiano, tanto em perguntas específicas como em textos que subsidiam as questões. Por isso, a sugestão dos professores é que os alunos acompanhem de perto os principais acontecimentos no Brasil e no mundo.

“Para a prova do Enem, saber do mundo é tão importante quanto o que vemos em sala de aula. Os acontecimentos na nossa história atual tem a capacidade de nos questionar constantemente sobre o que significa ser humano e viver em sociedade”, diz a professora de história Alba Cristina, da plataforma de ensino Me Salva!

O coordenador de história do Grupo Etapa, Thomas Wisiak, lembra que em qualquer disciplina os assuntos de atualidades podem aparecer ou servir de motivos para algum exercício. “Os alunos devem estar a par dos grandes acontecimentos acompanhando um ou mais meios de comunicação confiáveis”, orienta o professor. Ele também recomenda que os alunos fiquem atentos aos grandes temas da atualidade no Brasil, que costumam ser mais abordados no Enem.

O professor de Geografia e Atualidades do curso Anglo, Axé Silva, aconselha os alunos a fazerem uma auto-avaliação crítica sobre seus conhecimentos em atualidades e aperfeiçoar o que não estiver com segurança. “Diante desses temas, eles devem pensar um pouco na essência de cada um deles, e se ele se sente seguro sobre cada assunto. O que atrapalha muito os candidatos é ele não confiar nele mesmo, é ter algumas inseguranças sobre alguns assuntos”. Ele também alerta para o cuidado com as notícias falsas e orienta os alunos a procurar sempre as fontes primárias de informações, como órgãos oficiais.

Apostas

Entre os temas que podem ser abordados no Enem deste ano, a professora Alba aposta nas relações étnico-raciais, nas migrações, nas questões de gênero e na tensão entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos. Ela também lembra que este ano se comemora o centenário da Revolução Russa e do início da Primeira Guerra Mundial. “Pode ser este o estímulo para que apareçam no Enem relacionados a geopolítica, a concepção de Estado e relações socioeconômicas”, diz.

A Revolução Russa também é uma das apostas do professor Axé Silva. No cenário internacional ele ainda cita a questão do multilateralismo e unilateralismo. “Por um lado, vemos a China formando um grande complexo socioeconômico, estratégico e logístico, que mostra esse multilateralismo, e por outro lado vemos ideias e ações de desintegração, como as ideias de Donald Trump e outros países que olham cada vez mais para si. Estamos vivendo essa nova ordem internacional”, explica.

No Brasil, questões ligadas à urbanização, saneamento básico, crise hídrica e violência urbana também podem ser abordadas. Axé lembra que os assuntos relacionados ao meio ambiente sempre têm destaque no Enem e podem ser abordados em várias disciplinas, como geografia, biologia e química. Um dos temas pode ser a busca de alternativas para a geração de energia limpa.

A discussão sobre a demarcação de terras indígenas e o acesso às terras de descendentes de quilombolas também pode ser abordada, segundo o professor Wiziak. “Isso gera muita discussão e também remete a um histórico de disputa no Brasil em torno da terra”, diz, lembrando que na prova do Enem existe a preocupação de verificar se o aluno conhece o processo de formação da identidade brasileira.

Outro tema que pode aparecer é a segurança pública, ou mais especificamente a crise no sistema carcerário brasileiro, assim como questões ligadas ao trabalho, que costumam aparecer bastante no Enem. “Isso pode remeter à discussão da reforma trabalhista ou a outros momentos da história em que houve mudanças na relação de trabalho, como a criação da CLT, no governo Getúlio Vargas, e mudanças na sociedade brasileira em função das questões de trabalho, como a escravidão”, diz Wisiak.

Segundo ele, questões de política da atualidade podem ser abordados como motivo para se referir a outros momentos da história. O impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff pode ser relacionado, por exemplo, ao impeachment de Fernando Collor, em 1992, ou à crise política em 1955, durante o governo de Juscelino Kubitschek.
Fonte: Agência Brasil

Pensamento do dia!!!