Militares comemoram o Dia da Bandeira

A Guarnição Militar Federal de Teresina, integrada pelo pelo 2º Batalhão de Engenharia de Construção (2º BEC), 26ª Circunscrição de Serviço Militar (26ª CSM) e 25º Batalhão de Caçadores (25ºBC) vai realizar solenidade cívico-militar para comemorar o Dia da Bandeira Nacional, no próximo dia 19 de novembro (domingo), às 11h45 da manhã, no 25º BC.

Na ocasião, as Organizações Militares do Exército Brasileiro vão reverenciar um dos símbolos nacionais mais importantes da pátria brasileira: a Bandeira Nacional. Entre as atividades previstas para a solenidade, estão o hasteamento do pavilhão nacional e a incineração das bandeiras inservíveis (sem condições de uso). As instituições que tenham bandeiras inservíveis podem entregá-las em qualquer Organização Militar da Marinha, Exército ou Aeronáutica para que sejam incineradas durante a solenidade.

A Bandeira do Brasil foi criada em 19 de novembro de 1889, quatro dias depois da proclamação da República. Ela foi projetada por Raimundo Teixeira Mendes e Miguel Lemos. O desenho foi feito por Décio Vilares e a inspiração veio da Bandeira do Império, desenhada pelo pintor francês Jean-Baptiste Debret, com o círculo azul e a frase positivista “Ordem e Progresso” no lugar da coroa imperial. 

Evento: Solenidade Cívico-Militar do Dia da Bandeira

Data/hora: 19 novembro (domingo), às 11h45 da manhã

Local: 25º Batalhão de Caçadores – 25º BC (Praça Marechal Floriano Peixoto, S/Nº, Centro)

Alho é muito efetivo na prevenção de muitas doenças e males cardiovasculares

O alho é um antibiótico natural extremamente eficaz à nossa saúde. Ele é um antimicrobiano com efeitos benéficos ao coração e circulação, além de possuir propriedades antissépticas, diuréticas e de combate à febre. Ele ajuda, por exemplo, a evitar resfriados e na evolução da arteriosclerose. Por isso, é indicado nas afecções catarrais agudas e crônicas, como as bronquites que dificultam a respiração, tuberculose e pneumonia. Se o alho for preparado sob a forma de essência, também ajuda a aliviar os estados asmáticos e funciona como depurativo do sangue. As aplicações de preparados à base de alho estimulam o crescimento dos cabelos.

O alho possui um valor nutricional riquíssimo; é composto de vitaminas (A, B1, B2, B6, C, E), aminoácidos, adenosina, sais minerais (ferro, selênio, enxofre, silício, iodo e cromo), enzimas e compostos biologicamente ativos como a alicina. A alicina é um potente antibiótico, muito eficaz na eliminação de micróbios e bactérias que causam doenças respiratórias e digestivas. Além do mais, se trata de um antibiótico seletivo: por ser natural, elimina as bactérias nocivas sem causar dano àquelas que são boas para nosso organismo. Ele tem substâncias com potencial antimicrobiano, antiviral e anticoagulante. Possui ação diurética, expectorante,  antifúngico, antiespasmódico,  vasodilatador,   imunoestimulante e broncodilatador.

Alho na Prevenção de Doenças

O alho é um elemento muito efetivo na prevenção de muitas doenças e males cardiovasculares. Assim, por exemplo, o alho ajuda a reduzir a pressão arterial, graças à estimulação da produção de ácido sulfídrico — o qual relaxa os vasos sanguíneos e melhora o fluxo de sangue no organismo. Além do mais, ajuda a prevenir e reduzir o enrijecimento das artérias, algo que se ocorrer pode dificultar a circulação sanguínea. O alho é igualmente excelente para a digestão. Ainda que em algumas pessoas possa gerar gases e não se recomende para quem tem acidez o problemas gástricos avançados, o consumo de alho em geral beneficia o sistema digestivo uma vez que ajuda a processar melhor os alimentos ingeridos.

Assim, o alho colabora na eliminação de resíduos do organismo, ajuda a prevenir inflamações estomacais e intestinais e inclusive pode eliminar bactérias que causam danos no intestino sem afetar aquelas que ajudam no processo de digestão. Como mencionado no princípio, o alho é também um excelente diurético, facilita a eliminação de líquidos e toxinas. Para alcançar esse efeito no organismo, basta seguir um protocolo bem simples: misture quatro dentes de alho moídos em um litro de água e consuma diariamente dois copos dessa mistura, durante duas semanas. Para voltar a consumir a mesma bebida deve-se esperar pelo menos uma semana.

Finalmente, muitos estudos sugerem que há uma relação entre o consumo regular de alho e a redução do risco de adquirir diferentes tipos de câncer, devido a suas propriedades antibacterianas e o bloqueio da formação de substâncias cancerígenas. O alho parece ter resultados especialmente bons na prevenção de distintos tipos de câncer que afetam o trato gastrointestinal. A explicação poderia estar em seu teor de enxofre, que demonstra efeitos positivos na luta contra esse tipo de problema.

Como consumir o alho?

Para preservar o que o alho tem de melhor, ele não deve ser aquecido. Se possível, opte por ele cru, amassado no pão, triturado no molho ou na maionese. Quando ele é cozido, frito, refogado, ele perde um pouco das propriedades, mas continua sendo benéfico. Além do mais, o alho frito é uma delícia! Outra forma de ingerir o alho cru e aproveitar seus benefícios é preparar uma água de alho: esmague um dente de alho e coloque 200 ml de água. Deixar descansar por algumas horas, e tome uns golinhos da água durante o dia. O alho pode ser usado para reforçar o sistema imunológico, mas o ideal é ter a orientação de um especialista. O excesso também é contraindicado para quem já toma anticoagulantes e para quem tem problemas gastrointestinais com alho. As gestantes não devem comer em excesso, assim como pessoas que passarão por cirurgias. É sempre importante saber das propriedades e benefícios que os alimentos trazem para a nossa saúde.  Mas atenção, mesmo o alho tendo todos esses benefícios e propriedades medicinais, se você sentr qualquer sintoma estranho, é importante procurar um nutricionista pois você pode ter algum tipo de intolerância. Nada de se “automedicar com alho” e esperar milagres!
Fonte: Beleza e Saúde

Cultura / Hoje




Pensamento do dia!!!