O centenário de Dona Toinha

Um casal de cearenses, chegou à Teresina, no início dos anos quarenta do século passado. Ele, Walfrido Salmito e ela , Antonia Alice de Melo-Dona Toinha- procedentes das cidades de São Benedito e Ubajara, respectivamente , e aqui trabalharam com denodo para criar e educar uma prole de onze filhos.

Antônio Carlos Salmito, Maria do Amparo Salmito, Armando de Melo Salmito, Fátima de Melo Salmito, Álvaro de Melo Salmito, Áurea Dulce Salmito, Iraci de Melo Salmito, Ana Célia Salmito, "in memoriam", Ana Lúcia Salmito, " in memoriam ", Maria de Lourdes Salmito e Walfrido de Melo Salmito.

Se ainda estivesse coabitando em nossa dimensão, Dona Toinha estaria amanhã  completando cem anos de existência.