Encontro de Luciano com vereadores serviu de “termômetro” e poderá consolidar nome de Juarez na disputa pela presidência

Durante o encontro, o prefeito ouviu o nome de Juarez como preferido para presidir Câmara

Vereador continua como nome viável para unir base
Vereador continua como nome viável para unir base

A última reunião anual do prefeito Luciano Leitoa com os vereadores da base governista na Câmara de Timon que ocorreu anteontem no sítio de propriedade da família do prefeito na Santana da Gameleira serviu não só para o alcaide alinhar ainda mais seu discurso com o legislativo, mas também de termômetro de como anda a disputa pela Mesa Diretora em eleição que acontecerá em abril de 2018.

O prefeito ouviu em conversa de pé de ouvido a preferência de seis dos 12 vereadores presentes pelo nome de Juarez Morais (SD) para presidir a Casa nos dois últimos anos da atual legislatura 2019/2020.

Do grupo dos nove vereadores que já declararam apoio ao vereador do Solidariedade, contando com o próprio Juarez, apenas dois não estavam presentes ao encontro: Tuá, por questões profissionais e Raimundo da Ração, por questões judiciais, os demais fizeram a manifestação de apoio a Juarez.

Com isso, o clima favorável a Juarez Morais deixa de ser amistoso para se consolidar como apoio mais viável com a possibilidade de unir toda base em torno de seu nome.

Caso o apoio do restante da base a Juarez Morais venha a se concretizar daqui até abril, a oposição, que até bem pouco tempo tornara-se fiel na balança na disputa deixa essa condição para se tornar mais uma vez coadjuvante no processo sem ter mesmo direito a voto e cargos nas comissões da Casa.

As informações e a impressão com relação à reunião do prefeito com os vereadores, no que diz respeito à disputa pela Mesa Diretora é fruto de um apanhado de opiniões extraídas de conversas como alguns dos protagonistas que se reservam o direito de ficar incólume diante da opinião repassada aos leitores do blogdoribinha.

Informe Águas de Timon
Informe Águas de Timon