Sinsep e servidores avaliam contraproposta ao PCCV apresentada pelo governo de Luciano Leitoa

Parte da contraproposta apresentada pelo governo será acatada, as que prejudicam o servidor serão retiradas.

Assembleia discute contraproposta do governo
Assembleia discute contraproposta do governo

Servidores municipais efetivos filiados ao Sinsep discutem neste momento, em assembleia que está sendo realizada no Lions Clube, e Timon, sobre a contraproposta apresentada pelo governo municipal sobre a implantação do Plano de Cargos para a categoria que vem tramitando desde 2016, mas somente no início deste ano, já na segunda gestão do prefeito Luciano Leitoa e que os técnicos do governo resolveram apresentar a contraproposta.

Na verdade, e segundo informações colhidas pelo blogdoribinha, os técnicos do governo modificaram todo o Plano do Sinsep, e pela proposta, os efetivos, ao invés de somarem algum ganho em seus contracheques e levarem isso para as aposentadorias, pelas modificações feitas pelo governo Luciano Leitoa, os servidores seriam penalizados e castigados.

Por isso, o Sinsep discute a readequação do plano com base na proposta inicial apresentada e discute as alterações feitas através da contraproposta do governo. A assessoria jurídica do Sinsep e apresenta a Assembleia Geral proposta que tiram todas as amarras propostas pela Prefeitura e que prejudicam os efetivos. 

De acordo com informações colhidas pelo blog, a planilha que está sendo apresentado aos servidores segue o padrão dos demais planos entregues pelos governos a outras categorias. Parte das alterações feita pela Procuradoria do Município foi acatada, mas as que dificultavam a vida do servidor foram retiradas.