Marchar com a oposição é o caminho natural do MDB

Caso o MDB não seja o escolhido na chapa encabeçada pelo governador Wellington Dias, o caminho natural do MDB é marchar com a oposição que vem acompanhando todos os movimentos do governador que vem postergando ao máximo sua decisão, como quem pretende reduzir o campo de manobra do principal candidato de oposição, o deputado estadual Luciano Nunes.

O MDB por ser o segundo partido com maior tempo no horário eleitoral, para o lado que ele pender, aumenta consideravelmente a possibilidade de vitória do partido liderado no estado do Piauí, pelo deputado federal Marcelo Castro (MDB-PI).

Com capilaridade estadual e sendo o partido mais bem estruturado em todo estado, o MDB continua sendo a noiva mais desejada.

Os oposicionistas mais realistas, sabem que uma vitória do principal candidato da oposição no primeiro turno é praticamente impossível, por isso, eles apostam no lançamento de no mínimo, dois ou mais candidatos de oposição ao governador Wellington Dias, para que num eventual segundo turno, a oposição se junte e dispute em pé de igualdade com o candidato da situação.

Siga os blogs Diário do Homem Americano, Dom Severino e Dom Severino no Portal AZ no Twitter, no Facebook e no Google