"Joaquim do Arroz", o novo vereador, vai trabalhar pelo social

O vereador eleito tem na ponta do lápis a contabilidade de cada dia de seu mandato

Empresário, casado, pai de 7 filhos, Joaquim Sílvio Caldas Filho, o “Joaquim do Arroz” , 49 anos, é um dos novos vereadores eleitos nas eleições de 2016 para a Câmara Municipal de Teresina. As urnas contabilizaram 3.999 votos para ele, mas Joaquim não se conforma: “pode botar ai que obtive 4 mil votos, conte com o voto do meu filho, ele não votou em mim devido o titulo dele ter sido cancelado”, brinca.

Joaquim do Arroz
Joaquim do Arroz

Filiado ao PRB, “Joaquim do Arroz” diz que esperava ser eleito e que sabe exatamente o motivo que lhe levou a disputar o mandato.

“Hoje atendo 1.500 crianças em 21 projetos sociais. Quero ampliar para mil projetos. Vou focar meu mandato no social. Vejo como sendo uma forma de ajudar as pessoas, de oferecer mais dignidade, cidadania, de conter a criminalidade pela raiz”, ensina.

Uma coisa é certa, o novo vereador é amado por crianças e adolescentes. Nos 12 pelotões mirins que coordena, “Joaquim do Arroz” se emocionou aos ver os garotos espontaneamente pedindo votos para ele nas ruas.

O mais novo vereador observa que dos 1.500 adolescentes que acompanha só perdeu um para o tráfico e uma das meninas ficou grávida. “Os números mostram que se as pessoas cuidassem das famílias a nossa realidade era outra”, constata Joaquim.

O vereador eleito tem na ponta do lápis a contabilidade de cada dia de seu mandato: “Se como empresário eu já trabalho com o social, como vereador terei como trabalhar muito mais e é isso que vou fazer”.