Prefeito eleito de Oeiras quer municipalizar sistema de água para atrair recursos

Zé Raimundo vê projetos como alternativa para aumentar receita da cidade

A municipalização de serviços é uma das prioridades do prefeito eleito de Oeiras, Zé Raimundo (PP). Com o objetivo de atrair mais recursos para a cidade e poder investir em diversas áreas, o próximo gestor quer tornar o sistema de abastecimento de água autônomo, saindo do gerenciamento da Agespisa para municipal.

Zé Raimundo
Zé Raimundo

“Isso vai fazer com que a gestão municipal tenha mais recursos para investir em outras áreas. Esse sistema autônomo vai fazer com que esses sistemas que a prefeitura hoje mantem, tanto na zona urbana quanto da zona rural, passem a ser geridas, por essa empresa municipal de abastecimento de agua”, explicou.

O responsável pelo gerenciamento do serviço de abastecimento dágua em Oeiras será o SAAI - Sistema Autônomo de Abastecimento de Água – e está ainda sendo organizado gestão eleita nas últimas eleições. Segundo Zé Raimundo, o projeto está sendo estudado e deve passar ainda pelo Governo do Estado.

“Vamos organizar esse projeto, buscar o Governo do Estado no momento oportuno, para  fazer essa transição e para que a população de Oeiras tenha uma universalização de um sistema de agua tratada”, afirmou

Além do sistema de abastecimento da cidade, Zé Raimundo quer também municipalizar o sistema de trânsito de Oeiras. Segundo ele, já existe uma TAC com o Ministério Público, para que no início da sua gestão, em 2017, já possa dar início ao projeto. “Hoje os recursos que se dizem a respeito do trânsito é dividido entre Estado e município. Com o advento da municipalização, todo ele passa a ser do município”, disse.

Zé Raimundo vê esses projetos como uma alternativa para aumentar a receita do município e poder investir em mais áreas. Além do melhoramento do sistema de abastecimento de água e de transito, ele aponta que outros fatores vão ser beneficiados, como geração de emprego e renda, esgotamento sanitário, dentre outros. “Uma renda que vai esta sendo investida e mantida dentro do próprio município”, finalizou.