Ceapi esclarece dúvidas de feirantes sobre câncer de mama

Para estimular a detecção precoce do câncer de mama e colo uterino, a Central de Abastecimento do Piauí (Ceapi) aderiu à campanha para conscientização das mulheres com o movimento Outubro Rosa. A diretoria de programas e projetos especiais do órgão e diretoria técnica de mercado realizaram, em parceria com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), palestras. O evento ocorreu na sede do auditório da Associação de Usuários e Permissionários da Ceapi (Assucepi) e reuniu dezenas de feirantes.



Profissionais da Unidade Básica de Saúde (UBS) Dr. Leônidas Antônio Deolindo, localizada no bairro Saci, entre eles, enfermeiras, médica e dentista foi quem ministraram palestras do Outubro Rosa na Ceapi.

De acordo com a supervisora de ensino da central e organizadora do evento, Sandra Vieira, o objetivo do evento é chamar a atenção e sensibilizar a população da Ceapi para este assunto. “O principal objetivo desta campanha aqui é alertar e lembrar as mulheres da importância dos exames de prevenção do câncer de mama, inclusive o autoexame. Afinal de contas, a prevenção é o melhor remédio para tudo nesta vida. Acreditamos que se informar sobre o assunto é, sem sombra de dúvidas, primordial e queremos que todas as feirantes e funcionárias da administração do entreposto, aqui presentes, aprendam e disseminem o que aprenderem hoje neste evento, por aí a fora”, disse Sandra.

Segundo a médica Elane Evangelista, que realizou a abertura do evento na central piauiense, disse que esta data é muito importante para todas as mulheres. “O autocuidado é relembrado e estimulando visando à qualidade de vida de saúde. A comemoração do Outubro Rosa traz à tona a necessidade das mulheres se prevenirem contra o câncer. É preciso focar este assunto durante todo o ano, já que a doença é implacável e se faz presente não só no mês de outubro. No entanto, este mês é representativo para a causa, tornando-se especial e destacado dos demais”, explicou

Durante o evento, feirantes e funcionárias da administração do órgão aprenderam a fazer o autoexame corretamente e tiraram diversas dúvidas a respeito do tema. Maria Raimunda de Sousa, auxiliar de serviços gerais da central de abastecimento, foi uma das mulheres que participaram do evento e gostaram das explicações. “Aprendi a fazer o autoexame da forma correta e eliminei algumas dúvidas que eu tinha a respeito do assunto. Gostei bastante de participar da atividade”, disse a funcionária.