Reforma administrativa no governo Flávio Dino começa após o Carnaval

Secretário Márcio Jerry

 As mudanças no secretariado do governo Flávio Dino (PCdoB) devem ocorrer somente a partir de fevereiro, possivelmente após o Carnaval.

 

A informação é do secretário de estado de Comunicação e Articulação Política, Márcio Jerry que deve ser candidato a deputado federal, nas eleições deste ano.

 

Segundo ele, o governo ainda está estudando quem irá assumir as pastas que ficarão abertas com a saída de seus titulares.

 

Pela legislação em vigor, até abril todos os secretários ou presidentes de órgãos do estado que desejam enfrentar as urnas, terão de se desincompatibilizar de suas funções administrativas.

 

Segundo os últimos levantamentos, um percentual de 24% de secretários deverão deixar os cargos para se candidatar a deputado federal ou estadual com as bênçãos do Palácio dos Leões.

 

Até o momento a lista de candidatáveis são: Márcio Honaiser (Agricultura, Pecuária e Pesca), Marcelo Tavares (Casa Civil), Adelmo Soares (Agricultura Familiar), Márcio Jerry (Comunicação e Articulação Política), Neto Evangelista (Desenvolvimento Social), Simplício Araújo (Indústria, Comércio e Energia), Julião Amin (Trabalho e Economia Solidária), Pedro Lucas (Agência Executiva Metropolitana), Odair José (Comissão Central Permanente de Licitação) e Duarte Júnior (Procon).