Barber Stylist Eudes Vitorino dá 5 dicas para uma barba de respeito


Os cada vez mais presentes homens barbados sabem bem: barba só não dá trabalho para quem não a tem. Sério. Ter uma barba legal - e isso vale até para as de visual mais selvagem - implica em cuidar dela como uma amante da qual não se pode viver sem, e observar detalhes que o comum dos mortais nem sequer imagina. O barbeiro Eudes Vitorino, que orgulhosamente cultiva sua barba há mais de cinco anos, hoje cuida da aparência  e mantém alinhada  a barba de pelo menos 50 barbudos, mensalmente, no  HLS Coworking, um espaço compartilhado para profissionais de beleza no centro de São Paulo. Para Vitorino, além de cuidados básicos, é importante evitar coçar a barba na fase inicial do crescimento. Confira outras dicas.


Paciência
Se você decidiu virar barbudo, a primeira dica é saber esperar o crescimento . Os pelos nascem em velocidades diferentes e atingem espessuras distintas, por isso é muito importante esperar algumas semanas para a barba crescer e ganhar um tamanho razoável  para o primeiro corte. Se optar por raspar os pelos, lembre-se  que a barba é como uma planta:  precisa de tempo e carinho para crescer e ‘podas’ adequadas para se desenvolver adequadamente.

O primeiro corte
O desenho da barba requer a expertise e o olhar apurado de um bom profissional que seja capaz de aproveitar os pontos fortes e trabalhar os pontos fracos da barba. Só assim se consegue um bom resultado. A escolha de um bom  corte e de um design  estratégico, dando  o formato ideal para cada rosto, é o segredo. É possível, por exemplo, alongar um queixo muito curto  ou até mesmo dar linhas mais retas a um  rosto mais redondo.

Manutenção
Cortar demasiadamente não é uma boa escolha para quem  ama sua barba. Mas deixar muito tempo sem fazer  uma boa poda  é igualmente ruim. Manter a regularidade do corte  impede o frizz e pontas duplas - dois males que prejudicam muito o crescimento. O ideal é ir ao barbeiro a cada 15 ou  20 dias, no máximo.

Limpeza e hidratação
Lavar os fios diariamente, usando shampoo e condicionador para barba, é tudo de bom. Se não tiver esses produtos, porém, não desespere. Basta usar um shampoo para bebês, feitos justamente para não agredir os pelos e a pele. Para um melhor resultado, faça hidratação de uma a três vezes por semana, usando máscara. E use também, com moderação, balms, hidratantes e óleos para barba.

Um bom pente
Pentes específicos para barba ajudam a modelar os fios e fazê-los crescer na direção desejada. Existem muitas opções no mercado, confeccionados em madeira, ossos, metal etc. Escolha o modelo que achar mais adequado e confortável, sem nunca abrir mão da qualidade e do uso exclusivo para barbas e bigodes. 


Allameda.com - Assessoria de Imprensa