Zizi Possi Estreia Novo Espetáculo no Teatro 4 de Setembro em Teresina


Foto: Caio Gallucci

 

Com direção de José Possi Neto, o novo espetáculo de Zizi Possi, “À Flor da Pele”, promete emocionar o público. A apresentação reconstrói o caminho que uma personagem, mergulhada num processo de depressão, faz para sair das trevas e reencontrar a luz, que acontece nos dias 10, 11 e 12 de maio, às 20hrs, no Teatro 4 De Setembro.

 

Assumindo um tom confessional, Zizi vai encarnar as dores da doença do século e reconstruir o caminho da felicidade através de um roteiro que une música e poesia, tornando-os remédios sem efeitos colaterais.

 

“Esse espetáculo nasceu de uma necessidade de criar um projeto com um formato diferente e queria também cantar músicas com letras que ainda não tinham sido feitas. Como escrevi muito nos últimos anos, mostrei todo o material para o José Possi e começamos a colocar o projeto no palco”, explica Zizi. “O tema dessa apresentação é muito atual, uma patologia moderna. E a forma como está sendo abordada é inspiradora”, completa.

 

“Em À Flor da Pele, Zizi abre seu coração e desnuda sua própria alma à plateia num depoimento comovente onde contará a dura viajem que experimentou na luta para se salvar da sensação de queda fatal num processo de depressão vencido somente através da aceitação do mesmo e da consciência que a importância da música, da poesia, da arte exerce para nos fazer melhor”, conta José Possi. “Drama, lirismo e muita comédia fazem parte desse espetáculo. Comédia, sim, pois é inimaginável a gama de situações absurdas e hilárias que o efeito dos remédios provocam. E Zizi sabe ser hilária como ninguém”, completa.

 

Zizi interpreta poemas de Eduardo Ruiz, poeta e autor de peças de teatro, somados a citações de F. Nietzsch e Donna Tartt. E musicalmente, a cantora conta com a parceria de Felippe Venâncio, na direção musical, e divide o palco com os músicos Vinicius Gomes e Daniel Grajew. Entre as músicas que farão parte do roteiro estão “O que Será (À Flor da Pele)”, de Chico Buarque e “La vida es mas compleja de lo que parece”, de Jorge Drexler.

 

Sobre Zizi Possi - por José Possi Neto

ZIZI POSSI, essa mulher dona de uma persona fascinante e sofisticada, essa cantora dona de qualidade musical única volta a nos surpreender se reinventando como sempre o fez, criando um novo projeto em forma de teatro musical, o espetáculo À FLOR DA PELE.

 

A jovem e talentosa estudante de composição e regência de música erudita contemporânea, surpreendeu a todos quando ainda em meados da década de 70, se revela como atriz e cantora em espetáculos musicais em São Salvador, Bahia.

 

Surpreendeu mais uma vez quando em 78 comoveu o Brasil com sua interpretação de “Pedaço de Mim”, de Chico Buarque de Holanda, cantando junto ao já celebrado compositor no disco que apresentava o repertório de canções criadas para o musical Ópera do Malandro.

 

Segue-se a esse fato dez anos de inúmeros sucessos nas rádios e em shows, mas quando tudo parece acomodado e previsível Zizi se retira e surpreende outra vez quando depois de um jejum de quase dois anos reaparece com seu CD, fruto do show homônimo onde assinava a concepção, a direção musical e a direção cênica do premiado Sobre Todas as Coisas, no começo dos anos 90, sendo aclamada pela crítica brasileira, nova-iorquina, escandinava e europeia.

 

Em 1994 surpreendeu com o belíssimo show “Valsa Brasileira” onde interpretava joias da música popular brasileira. Dois pianos de cauda semienterrados num palco coberto de areia somavam-se a uma percussão extremamente sofisticada. Com essa formação inusitada e originalíssima Zizi revisitou sambas, modinhas, lundus, valsas e canções reinventando com elegância, singeleza e sofisticação ímpares o melhor do repertório nacional.

 

Em 1997, o Brasil se surpreendeu com a qualidade e a beleza do CD ítalo-napolitano “Per Amore”, e se apaixonou incondicionalmente por essa cantora que já tinha seu nome inscrito no Olimpo das maiores intérpretes da música brasileira. “Per Amore” rendeu a Zizi o maior sucesso da sua carreira e vários prêmios, inclusive o Premio Carrozzone, prestigiado prêmio da música napolitana.

 

Nos anos que se seguiram vieram “Passione”, “Mais Simples”, “Bossa” e novos projetos como Para Inglês Ver e Ouvir, Tudo se Transformou e Cantos e Contos, onde se apresentou com grandes nomes da nossa música como seus convidados, cantores e compositores, em 12 shows apresentados numa sequência de 12 semanas seguidas, com repertórios diferentes para cada show.

 

Mas de alguma forma o público sentiu que Zizi se distanciou. Seu público ansiava por sua aparição mais frequente nas mídias e chegou a se frustrar com seu recolhimento.

Nesse período Zizi foi vítima de sérios problemas de saúde física que obrigaram seu afastamento temporário. A isso somou-se um longo período emocional delicado. Mas isso que pareceu talvez um afastamento voluntário, foi transformado por Zizi num profundo mergulho existencial e espiritual que resulta agora numa novíssima criação artística, À FLOR DA PELE.

 

SERVIÇO

ZIZI POSSI – À FLOR DA PELE

Temporada: dias 10, 11 e 12 de maio de 2018

Local: Teatro 4 de Setembro - Praça Pedro II, 14 - Centro (Sul), Teresina - PI, 64000-060

Horário: 20h (início do show)

Duração: 90 minutos

Ingressos na Bilheteria do Teatro: Plateia R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia).

- Meia-entrada: obrigatória a apresentação do documento previsto em lei que comprove a condição de beneficiário.

 

 

FONTE: Marta Vasconcelos
Publicado por Elizabeth Zanovello