Atração do SPFW, Osklen garante: sustentabilidade compensa

A marca decidiu fazer as contas de quanto rejeito tira do mundo para criar peças ecologicamente corretas e o resultado foi revelador

Foto: Divulgação)

Quer uma prova concreta de como iniciativas sustentáveis melhoram o meio ambiente? Duas garrafas PET fazem uma camiseta. E não se trata de estimativa: pela primeira vez, a Osklen, além de usar recicláveis em sua linha de produção, decidiu fazer as contas, em detalhes, de qual é o impacto real de seu trabalho com esse tipo de material.

Prova dos nove: Com duas garrafas PET a Osklen faz uma camiseta (Foto: Divulgação)

Só no ano passado, a marca reutilizou 272 mil garrafas PET. O que iria para os lixões ou sujaria rios e oceanos virou roupa e foi para as araras. Esse dado é parte de um estudo inédito elaborado pelo Coppead, escola de negócios da UFRJ. Desde outubro, o Coppead trabalha com a Osklen e o Instituto-E, ONG ligada à marca, para medir qual é, de fato, o resultado das iniciativas sustentáveis da empresa. Toda a coleção inverno 2018, batizada de ASAP (As Sutainable as Possible), está sendo rastreada. “As compras de malha PET da Osklen cresceram 1000% em dez anos. O número é impressionante”, diz Leonardo Marques, professor do Coppead que coordena o levantamento.

A pele de pirarucu substitui o couro bovino (Foto: Divulgação)


O uso de pele de pirarucu como alternativa ao couro bovino, iniciativa abraçada pela Osklen há mais de uma década, também já entrou nos relatórios do Coppead. Apenas na região de Jutaí, na Amazônia, a pesca sustentável já é fonte de renda de 378 famílias. “Desenvolvimento sustentável não é peça de marketing. É, isso sim, inovação”, diz Oskar Metsavaht, o fundador da marca. “Fazer coisa bonita é fácil. Inovar é que é o desafio.”

Fonte:https://gq.globo.com/Estilo/Moda-masculina/noticia/2018/04/atracao-do-spfw-osklen-garante-sustentabilidade-compensa.html
Publicado por Elizabeth Zanovello