1. Blogs
  2. Arimatéia Azevedo
  3. A impunidade vencível
Publicidade

A impunidade vencível

O promotor de justiça Rômulo Cordão é reconhecidamente um homem sério, competente, zeloso de suas missões, e um autêntico e indiscutível fiscal da lei. Traz também o seu bom nome das comarcas do interior por onde passou, como defensor da sociedade, buscando sempre o enfrentamento contra os abusos e os criminosos, especialmente diante da força dos poderosos de ocasião. No passado, atuou e foi firme no combate contra as ações criminosas do ex-juiz Osório Marques Bastos, de Curimatá (acusado de ser responsável por vários assassinatos, dentre outros crimes); também se notabilizando no desmantelamento de uma quadrilha que adulterava e forjava documentos e áreas de imóveis rurais, no caso, também de outro juiz, Carlos Henrique de Sousa Teixeira, de Parnaguá, ambos afastados da magistratura, por ordem judicial, diante de tantos malfeitos para a sociedade. Mais que a exoneração de magistrados, o promotor foi o ponto de partida para as respectivas ações criminais contra todos esses, inclusive na região do cerrado, sendo um notório especialista no combate à grilagem de terras. Fez vários cursos e treinamentos fora do Brasil, especificamente na Itália, aprimorando seus conhecimentos no combate ao crime organizado e às máfias que teimam em comandar o sistema financeiro e político do Piauí. Por isto mesmo, à frente do Gaeco, comandou várias operações contra empresários do ramo de construção civil, medicamentos, prefeitos e ex-prefeitos, e muitas ditas autoridades foram parar no xilindró sob o peso do pulso forte do promotor Cordão, que soube fazer valer a força da lei, em detrimento da lei da força. Não é a primeira vez que sofre censuras internas e é submetido a restrições no exercício de sua função, como agora, exonerado intempestivamente do comando do Gaeco. Nada há que desabone a sua conduta e o seu trabalho efetivo. Muito pelo contrário. No exato momento em que comanda, sigilosamente, ações extremamente importantes contra grandes agiotas, sonegadores, corruptos e maus gestores (e, também, grilagem de terras no litoral), vê-se subitamente afastado do comando do Gaeco, durante as suas férias, gesto inusitado, para dizer o mínimo, quando menos, esquisito e indelicado. Por estas e outras, se tem a impressão de que a impunidade pode se tornar visível e vencedora, até porque atos dessa natureza arriscam colocar por terra todo um trabalho de investigação que fica, neste momento, paralisado e sem rumo, que pode voltar à estaca zero.

Desembargador Edvaldo Moura mandou suspender a paralisação dos médicos (Foto: reprodução internet)

Atenção!

De forma criminosa, estão fazendo montagens de fotos de autoridades em textos da coluna e veiculando-os em grupos de WhatsApp.  
Infelizmente, até magistrados estão compartilhando essas fake News. Eles se aproveitam do artigo “Vencedor ou vencido”, publicado dia 16 último, e colocam fotos do promotor de Justiça Galeno Aristóteles e do desembargador Erivan Lopes. 
A coluna original e autêntica não tem isso. A Polícia precisa investigar.

O Invisível

Diz-se que o afastamento do promotor Galeno Aristóteles das investigações sobre a grilagem em Luís Correia e a exoneração de Rômulo Cordão, do comando do Gaeco, do MP, foi coisa do poderoso Homem Invisível.
Acaba não, mundão.

Pressão

A procuradoria geral de Justiça precisa se manifestar porque nos bastidores corre solta a informação de que houve pressão (do invisível) para exonerar o promotor de Justiça Rômulo Cordão. 
Se sabia que o invisível era poderoso para perseguir os adversários políticos na aldeia dele. Por aqui, até então, não.

Experiências

Beneficiárias do Projeto Viva o Semiárido, Francisca Neri Bida e Maria de Fátima Sousa relataram suas experiências em Portugal. Na plateia estavam técnicos e agricultores de várias partes do mundo. O evento aconteceu como programação inicial do Fórum Internacional Territórios Relevantes para Sistemas Alimentares Sustentáveis (Fisas), que segue programação até o próximo dia 21 de julho.

A greve parou

A greve dos médicos iria se encerrar a meia noite de ontem, mas o desembargador Edvaldo Moura determinou que os médicos voltassem ao trabalho mais cedo, ou seja, ontem, antes do meio dia. 
E aí fica só a expectativa sobre quando os médicos deflagrarão a quinta paralisação.

Legítima

Edvaldo Moura determina a paralisação, mas não reconhece a ilegitimidade do movimento dos médicos.
Impondo multa de R$ 2 mil em favor do Estado do Piauí.

Intimado

Mas também determina que o governo forneça, de imediato, todos os materiais necessários para o atendimento da população, sendo intimado a pagar multa de R$ 5 mil por dia de descumprimento em favor do Simepi”.

Não vai, não!

Porque Wilson Martins encontrou-se demoradamente com Firmino, no início da semana, tratando, óbvio, de política, especulou-se que o prefeito lhe teria oferecido a presidência da Fundação Municipal de Saúde. 
Wilson negou, ontem, em conversa com este jornalista.

Saiu atirando

O ex-deputado federal Elizeu Aguiar anunciou saída do PSL após ter sido “desconvidado” para ser o vice-presidente da sigla na hora da solenidade que tomaria posse.
Alegou desprestígio e saiu atirando: “É um partido de principiantes e arrogantes”, soltou essa, muito apropriadamente.

Encontro aguardado

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) deve se reunir com o secretário de segurança, deputado capitão Fábio Abreu (PL) na próxima segunda-feira (22), o assunto: política pública e partidária.
A expectativa para o encontro entre os dois é alta, primeiro porque Abreu tem sido apontado como um provável candidato a prefeito no ano que vem e que deve disputar em palanque oposto ao do tucano ou quem sabe, do encontro pode se tirar uma parceria... Em política tudo é possível.

Água

Cleyson Jacominni Diego Dal Magro, presidente e diretor, respectivamente, da Águas de Teresina, deram entrevista ontem anunciando três obras que aqui já haviam sido anunciadas. 
E vai investir mais de R$ 20 milhões.

Ping-Pong 
O bon vivant

Anos 90. Nazareno Araújo compra um órgão musical e contrata o cantor Silizinho para ensinar-lhe a tocar às segundas, quartas e sextas-feiras. No primeiro dia, um litro de red só para amolecer os dedos. No segundo dia Silizinho sai cambaleando e, na terceira aula é levado direto para o hospital onde se submete a implante de ponte de safena. Genro de Nazareno, Miguel Area Leão aparece na manhã seguinte e comunica que o professor vai faltar à quarta aula.

Miguel: “Doutor Nazareno, o Silizinho não vem à aula porque está no hospital...”
Nazareno: “Eu acho que ele já chegou doente por aqui, só aguentou três litros!”.

Originalmente publicado em 16 de maio de 2012.

Expressas 

As inscrições para 400 vagas temporárias de analista de nível superior do Censo 2020 encerram na próxima terça-feira (23). Serão destinadas 09 vagas para o Estado do Piauí.

Amanhã a Orquestra Sinfônica de Teresina retorna ao Parque Encontro dos Rios com o projeto Sinfonia nos Bairros. A apresentação ocorrerá às 10h30, com entrada gratuita.

O Senac Piauí está com matrículas abertas para a segunda temporada de cursos técnicos. São diversas opções nas áreas da saúde, informática, design, moda e segurança.

O promotor de justiça Rômulo Cordão é reconhecidamente um homem sério, competente, zeloso de suas missões, e um autêntico e indiscutível fiscal da lei. Traz também o seu bom nome das comarcas do interior por onde passou, como defensor da sociedade, buscando sempre o enfrentamento contra os abusos e os criminosos, especialmente diante da força dos poderosos de ocasião. No passado, atuou e foi firme no combate contra as ações criminosas do ex-juiz Osório Marques Bastos, de Curimatá (acusado de ser responsável por vários assassinatos, dentre outros crimes); também se notabilizando no desmantelamento de uma quadrilha que adulterava e forjava documentos e áreas de imóveis rurais, no caso, também de outro juiz, Carlos Henrique de Sousa Teixeira, de Parnaguá, ambos afastados da magistratura, por ordem judicial, diante de tantos malfeitos para a sociedade. Mais que a exoneração de magistrados, o promotor foi o ponto de partida para as respectivas ações criminais contra todos esses, inclusive na região do cerrado, sendo um notório especialista no combate à grilagem de terras. Fez vários cursos e treinamentos fora do Brasil, especificamente na Itália, aprimorando seus conhecimentos no combate ao crime organizado e às máfias que teimam em comandar o sistema financeiro e político do Piauí. Por isto mesmo, à frente do Gaeco, comandou várias operações contra empresários do ramo de construção civil, medicamentos, prefeitos e ex-prefeitos, e muitas ditas autoridades foram parar no xilindró sob o peso do pulso forte do promotor Cordão, que soube fazer valer a força da lei, em detrimento da lei da força. Não é a primeira vez que sofre censuras internas e é submetido a restrições no exercício de sua função, como agora, exonerado intempestivamente do comando do Gaeco. Nada há que desabone a sua conduta e o seu trabalho efetivo. Muito pelo contrário. No exato momento em que comanda, sigilosamente, ações extremamente importantes contra grandes agiotas, sonegadores, corruptos e maus gestores (e, também, grilagem de terras no litoral), vê-se subitamente afastado do comando do Gaeco, durante as suas férias, gesto inusitado, para dizer o mínimo, quando menos, esquisito e indelicado. Por estas e outras, se tem a impressão de que a impunidade pode se tornar visível e vencedora, até porque atos dessa natureza arriscam colocar por terra todo um trabalho de investigação que fica, neste momento, paralisado e sem rumo, que pode voltar à estaca zero.

Desembargador Edvaldo Moura mandou suspender a paralisação dos médicos (Foto: reprodução internet)

Atenção!

De forma criminosa, estão fazendo montagens de fotos de autoridades em textos da coluna e veiculando-os em grupos de WhatsApp.  
Infelizmente, até magistrados estão compartilhando essas fake News. Eles se aproveitam do artigo “Vencedor ou vencido”, publicado dia 16 último, e colocam fotos do promotor de Justiça Galeno Aristóteles e do desembargador Erivan Lopes. 
A coluna original e autêntica não tem isso. A Polícia precisa investigar.

O Invisível

Diz-se que o afastamento do promotor Galeno Aristóteles das investigações sobre a grilagem em Luís Correia e a exoneração de Rômulo Cordão, do comando do Gaeco, do MP, foi coisa do poderoso Homem Invisível.
Acaba não, mundão.

Pressão

A procuradoria geral de Justiça precisa se manifestar porque nos bastidores corre solta a informação de que houve pressão (do invisível) para exonerar o promotor de Justiça Rômulo Cordão. 
Se sabia que o invisível era poderoso para perseguir os adversários políticos na aldeia dele. Por aqui, até então, não.

Experiências

Beneficiárias do Projeto Viva o Semiárido, Francisca Neri Bida e Maria de Fátima Sousa relataram suas experiências em Portugal. Na plateia estavam técnicos e agricultores de várias partes do mundo. O evento aconteceu como programação inicial do Fórum Internacional Territórios Relevantes para Sistemas Alimentares Sustentáveis (Fisas), que segue programação até o próximo dia 21 de julho.

A greve parou

A greve dos médicos iria se encerrar a meia noite de ontem, mas o desembargador Edvaldo Moura determinou que os médicos voltassem ao trabalho mais cedo, ou seja, ontem, antes do meio dia. 
E aí fica só a expectativa sobre quando os médicos deflagrarão a quinta paralisação.

Legítima

Edvaldo Moura determina a paralisação, mas não reconhece a ilegitimidade do movimento dos médicos.
Impondo multa de R$ 2 mil em favor do Estado do Piauí.

Intimado

Mas também determina que o governo forneça, de imediato, todos os materiais necessários para o atendimento da população, sendo intimado a pagar multa de R$ 5 mil por dia de descumprimento em favor do Simepi”.

Não vai, não!

Porque Wilson Martins encontrou-se demoradamente com Firmino, no início da semana, tratando, óbvio, de política, especulou-se que o prefeito lhe teria oferecido a presidência da Fundação Municipal de Saúde. 
Wilson negou, ontem, em conversa com este jornalista.

Saiu atirando

O ex-deputado federal Elizeu Aguiar anunciou saída do PSL após ter sido “desconvidado” para ser o vice-presidente da sigla na hora da solenidade que tomaria posse.
Alegou desprestígio e saiu atirando: “É um partido de principiantes e arrogantes”, soltou essa, muito apropriadamente.

Encontro aguardado

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB) deve se reunir com o secretário de segurança, deputado capitão Fábio Abreu (PL) na próxima segunda-feira (22), o assunto: política pública e partidária.
A expectativa para o encontro entre os dois é alta, primeiro porque Abreu tem sido apontado como um provável candidato a prefeito no ano que vem e que deve disputar em palanque oposto ao do tucano ou quem sabe, do encontro pode se tirar uma parceria... Em política tudo é possível.

Água

Cleyson Jacominni Diego Dal Magro, presidente e diretor, respectivamente, da Águas de Teresina, deram entrevista ontem anunciando três obras que aqui já haviam sido anunciadas. 
E vai investir mais de R$ 20 milhões.

Ping-Pong 
O bon vivant

Anos 90. Nazareno Araújo compra um órgão musical e contrata o cantor Silizinho para ensinar-lhe a tocar às segundas, quartas e sextas-feiras. No primeiro dia, um litro de red só para amolecer os dedos. No segundo dia Silizinho sai cambaleando e, na terceira aula é levado direto para o hospital onde se submete a implante de ponte de safena. Genro de Nazareno, Miguel Area Leão aparece na manhã seguinte e comunica que o professor vai faltar à quarta aula.

Miguel: “Doutor Nazareno, o Silizinho não vem à aula porque está no hospital...”
Nazareno: “Eu acho que ele já chegou doente por aqui, só aguentou três litros!”.

Originalmente publicado em 16 de maio de 2012.

Expressas 

As inscrições para 400 vagas temporárias de analista de nível superior do Censo 2020 encerram na próxima terça-feira (23). Serão destinadas 09 vagas para o Estado do Piauí.

Amanhã a Orquestra Sinfônica de Teresina retorna ao Parque Encontro dos Rios com o projeto Sinfonia nos Bairros. A apresentação ocorrerá às 10h30, com entrada gratuita.

O Senac Piauí está com matrículas abertas para a segunda temporada de cursos técnicos. São diversas opções nas áreas da saúde, informática, design, moda e segurança.

Abre o olho, Wellington! A desarmonia nos Poderes

Mais lidas desse blog