Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca

Prefeito ainda não "reuniu" todo dinheiro para pagamento do 13º do servidor

26/11/2014 • 12:03



Apesar do esforço descomunal do prefeito Luciano Leitoa e sua equipe financeira em “reunir” dinheiro em caixa para o pagamento de 22 milhões de reais, referente às folhas de dezembro e décimo terceiro salários dos servidores efetivos, comissionados contratados em cargos de comissão e prestadores de serviços, a arrecadação dá sinal de fraqueza e o prefeito deverá optar, este ano, em pagar as folhas referentes aos meses de dezembro\2014 e 13º somente para os servidores efetivos.

A decisão de não pagar o restante do pessoal deverá ser anunciada pelo prefeito a qualquer momento, segundo uma fonte essa questão financeira tem sido adequada de forma desvantajosa para as finanças do município, que sem recursos externos, a prefeitura tem atrasado o pagamento de setores prioritários como o pagamento de serviços de locação de veículos para o trabalho de coleta de lixo e máquinas para a execução de obras. Esse setor está com mais de três meses, em média, de atraso no pagamento.

No ano passado, o prefeito pagou todos os servidores, mas este ano existe uma dificuldade de caixa.

A prefeitura, durante esses dois anos gestão do prefeito Luciano Leitoa, vem recebendo regularmente os recursos do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que são 12 parcelas anuais, o recurso para o pagamento da folha do décimo terceiro salários e fruto de uma política austera de economia durante o ano todo, que o infelizmente não vem ocorrendo com as contas municipais.
Sem recursos externos para obras e sem novos projetos, o prefeito Luciano Leitoa vinha se aproveitando do grande elenco de projetos que ficaram da gestão passada para construção de obras como creches, UBSs e pavimentação de ruas e avenidas. Como esses recursos estão findando, a setor público municipal começa a dar sinal de fraqueza, e para que o governo não chegue ao extremo, o prefeito deverá iniciar com o corte de pagamento do décimo terceiro salários dos servidores municipais.

Comentários

Francisco Santos

postado:
28/11/2014 - 15:35
FAÇA A MESMA ABORDAGEM E PERGUNTA AO BLOG CHAPA BRANCA ELIAS LACERDA...

postado:
28/11/2014 - 11:51
Um erro não justifica o outro, quem deve tem que pagar quem quer que seja. A democracia é para proteger o cidadão e não o bandido. Valeu Ribinha, agora esperamos que o Ministério Público faça a sua parte e ainda com maior brevidade e não deixar para o fim de mandato.

LEMBRETE

postado:
28/11/2014 - 08:24
Em um passado bem próximo a ex-prefeita não pagava 13° salário e terço de férias ao contratados(maltratados) de sua gestão e este "conceituado blogueiro" que era apaniguado dela não informava aos seus leitores tamanho descaso com esses coitados, agora o prefeito paga e ainda faz um esforço enorme como o senhor mesmo postou. Porque o senhor não mostrou a matéria divulgada no blog Ludwig Almeida onde a ex-prefeita esta sendo indiciada por estelionato, porque não exibe o que todos sabem que o genro dela ta tomando dela, Porque o senhor é parcial é do grupo dela e certamente não iria cuspir no prato que come.

Menor é apreendido com grande quantidade de maconha em escola municipal

26/11/2014 • 11:40



Não tem mais como conter o avanço das drogas nas escolas em Timon. São mais que frequentes os flagrantes de jovens, que aproveitam o horário dos intervalos para se drogarem dentro das escolas. A situação está chegando a índices intoleráveis.

Ontem, um menor, estudante da Escola José Sarney, agora administrada pelo município, foi flagrado com grande quantidade de maconha dentro de sua mochila escolar.

O menor foi apreendido e o caso está sendo investigado pela polícia.

Segundo informações preliminares dos policias que fizeram a apreensão do menor, pela grande quantidade de maconha apreendida, o menor pode fazer parte de uma rede de distribuição, venda e tráfico de drogas dentro das escolas.

A prisão escancara um problema que todos sabem que existe, mas as autoridades estão jogando para debaixo do tapete, a partir do momento que nenhuma ação é feita para conter esse avanço.

Alunos, professores e diretores da escola estão assustados com a situação que vem a cada dia piorando e muitos, ao invés, de encarar a situação, estão pensando em desistir por conta do assombro constante da violência.



Pelotão escolar

Um saída para esse problema seria a atuação do pelotão escolar, formado pela Guarda Municipal, que fazia, até 2012, rondas nas cercanias das escolas para inibir as ações de violência, tráfico de drogas e outros delitos, que tivessem a participação de estudantes.

Com o fim desse pelotão a coisa desandou e é mais que habitual a presença de crianças, adolescentes e jovens envolvidos com o consumo e o tráfico de drogas dentro das escolas.

No entorno do Cemitério João Germano, no Bairro Formosa, por exemplo, moradores denunciam ao blogdoribinha a presença de estudantes fardados usando drogas.

Ação do PROERD

A Polícia Militar desenvolve o Programa Educacional de Resistência às Drogas – Proerd, que em Timon tem parceria com o município na prevenção educacional às crianças e adolescentes para que elas não se envolvam com as drogas. O programa tem conseguido seu intuito e feito com que milhares não enveredem por esse caminho, mas isso é muito pouco, pois os traficantes estão adotando a tática de levar a droga para dentro da escola.

Comentários

FRANCISCO ARISTODENES RIBEIRO

aristodenes_direito@hotmail.com postado:
26/11/2014 - 12:02
Caro Blogueiro, com todo respeito que merece o Senhor Secretário, se ocupante da pasta apresentava aos representes dos blocos, bem como à sociedade alternativa diversa, qual seja: Zé Pereira com Corso (com paradinha e tudo mais, pois motorista também é folião), sendo utilizadas as vias: Avenidas Piauí, Francisco Carlos Jansen, Jaime Rios e Getúlio Vargas. Sendo que a parte interna (quando formado um círculo) das avenidas, para trio elétrico e blocos e a externa, com tráfego em sentido contrário para o corso com vários carros de som reproduzindo o som do trio elétrico. Em tempo, com prioridade para trio e blocos na Avenida Getúlio Vargas. Quanto a bebias, parceria com mais de uma empresa, essas oferecendo cadeiras e mesas em locais com essa possibilidade, tais como Praça São José e canteiro central da Avenida Jaime Rios (por serem espaços com possibilidade de ficarem entre corso e trio). Aumentaria a segurança. Obs. Não teria o retorno do trio, volta completa. Portanto maior espaço, maior satisfação. Timon não é como diziam: cidade dormitório, é uma grande cidade ao lado de uma capital (crescem juntas). Zé Pereira, é prévia de carnaval, não é adequado mudar, pode mudar a festa, mas a cultura, não.

FRANCISCO ARISTODENES RIBEIRO

aristodenes_direito@hotmail.com postado:
26/11/2014 - 12:02
Caro Blogueiro, com todo respeito que merece o Senhor Secretário, se ocupante da pasta apresentava aos representes dos blocos, bem como à sociedade alternativa diversa, qual seja: Zé Pereira com Corso (com paradinha e tudo mais, pois motorista também é folião), sendo utilizadas as vias: Avenidas Piauí, Francisco Carlos Jansen, Jaime Rios e Getúlio Vargas. Sendo que a parte interna (quando formado um círculo) das avenidas, para trio elétrico e blocos e a externa, com tráfego em sentido contrário para o corso com vários carros de som reproduzindo o som do trio elétrico. Em tempo, com prioridade para trio e blocos na Avenida Getúlio Vargas. Quanto a bebias, parceria com mais de uma empresa, essas oferecendo cadeiras e mesas em locais com essa possibilidade, tais como Praça São José e canteiro central da Avenida Jaime Rios (por serem espaços com possibilidade de ficarem entre corso e trio). Aumentaria a segurança. Obs. Não teria o retorno do trio, volta completa. Portanto maior espaço, maior satisfação. Timon não é como diziam: cidade dormitório, é uma grande cidade ao lado de uma capital (crescem juntas). Zé Pereira, é prévia de carnaval, não é adequado mudar, pode mudar a festa, mas a cultura, não.

Internautas opinam sobre o descaso e inoperância da saúde de Timon

25/11/2014 • 17:36



Especialidades que não existem no sistema de saúde municipal

Além da especialidade reclamada pela Michelly Oliveira, em Timon as reclamações que não atendem a demanda é registrada para os profissionais otorrinolaringologista, ortopedista e endocrinologista.

Comentários

Timon perderá sua representação na Câmara Federal

25/11/2014 • 17:30



Timon ficará órfão de representação na Câmara Federal a partir de fevereiro de 2015. O único representante filho do município, o deputado federal Professor Sétimo, não conseguiu a reeleição após dois mandatos consecutivos. O deputado federal eleito praticamente por Timon, José Reynaldo Tavares, está definido que se licenciará do mandato a qual foi eleito para assumir a Secretaria de Minas e Energia do Maranhão atendendo convite do governador eleito Flávio Dino.

Com a decisão de José Reynaldo, o município vai amargar sérios prejuízos políticos e dividendos em recursos e projetos no âmbito federal.

O prefeito Luciano Leitoa, em campanha de defesa dos nomes para deputado estadual e federal argumentava exatamente que precisava eleger seus dois representantes Rafael Leitoa (deputado estadual) e José Reynaldo (deputado federal), para conseguir recursos externos de emendas parlamentares e injetar investimentos no município.

Rafael Leitoa deverá assumir o cargo de deputado sem prerrogativas, pois as emendas parlamentares, 75 por cento da nomeação de assessores e outras prerrogativas são do titular do cargo, com isso o prefeito perdeu inúmeros recursos por não ter eleito seu deputado estadual.



No caso de José Reynaldo Tavares é exatamente o contrário. Depois de perder as esperanças com Rafael Leitoa, que não conseguiu se eleger, o prefeito apostou todas as fichas na interlocução do deputado federal eleito José Reynaldo para conseguir cargos no governo. Do mesmo partido de Luciano, o PSB, Zé Reynaldo, ao assumir o cargo de secretário preenche um espaço, que hipoteticamente deveria ser do presidente do PSB, no caso Luciano Leitoa.

O prefeito tem dito que foi para o sacrifício votar em Zé Reynaldo em Timon, pois deixou de apresentar um candidato que “poderia chamar de seu”. Com a ida de Zé Reynaldo para uma secretaria, o prefeito acabou de sepultar, com o seu apoio as únicas chances do município manter uma representação mesmo que distante da cidade na Câmara Federal, pois somente os 18 mil votos que recebeu da população de Timon era o que poderia – mesmo que virtualmente – aproximar o deputado eleito Zé Reynaldo dos eleitores timonenses.

Comentários

Marcos Igreja

Marquigreja@iahoo.com.br postado:
26/11/2014 - 09:15
Ribinha. Bom dia. Renovo as apreciações encomiástica sobre v. e seu blog, já registradas em comentário anterior. Em relação à nossa representatividade em Brasília.nem só de Zé Reinaldo vive Timon. Eliziane Gama , a deputada eleita mais bem votada do Estado, apoiada por mim e alguns companheiros, já se entendeu com o chefe Chico Leitoa, e acertaram que a mesma nos representará junto ao governo federal. Bem melhor que Zé Reinaldo, político ficha suja. Renovo abraços democráticos e lhe auguro sucesso. Marcos Igreja. Timon.

FRANCISCO ARISTODENES RIBEIRO

aristodenes_direito@hotmail.com postado:
26/11/2014 - 06:51
Caro Blogueiro, o Excelentíssimo Senhor Prefeito de Timon poderá contar com João Castelo (Deputado Federal).

Zé Pereira de Timon terá novo formato em 2015

25/11/2014 • 16:57



Para fugir da concorrência do Corso de Teresina, que se tornou um evento grandioso e inclusive, está no livro dos recordes, o Zé Pereira de Timon sofrerá algumas alterações no próximo ano. O evento será antecipado em 15 dias e deverá acontecer nos dias 31 de janeiro a 1 de fevereiro, além disso deverá contar com a presença de somente dois blocos oficiais e mais de 20 blocos da comunidade.

Nesse sentido, o presidente da Fundação de Cultura Lázaro Martins recebeu dos representantes de blocos a sugestão que deverá ser apreciada pelo conselho municipal de cultura, do qual Lázaro também é o presidente.

Uma das decisões acertadas no novo formato do Zé Pereira será a não liberação de recursos para os blocos que apresentam bandas de renome, mas cobram pela aquisição de abadás e participação em camarotes. Aliás, essa é uma recomendação do Ministério Público que vinha sendo descumprida até o Zé Pereira de 2013, na gestão que antecedeu a atual diretoria da Fundação Municipal.

Segundo Lázaro Martins, a proposta e as alterações são para não concorrer com o público do Corso de Teresina, pois o evento é realizado em local público onde o participantes têm direito a levar sua bebida e tudo o que necessitam para participar da festa, ao contrário do Zé Pereira de Timon que tem uma logística e que envolve a participação direta dos blocos com vendas de abadás e outros produtos.

Evento está sendo desvirtuado de sua originalidade

A primeira reação dos foliões ouvidos pelo blogdoribinha sobre as alterações no formato do Zé Pereira de Timon 2015 é negativa.
Muita gente criticou as novas datas para a realização do evento no próximo ano. De acordo as pessoas ouvidas pelo blog, colocar o Zé Pereira com a antecipação da data original em 15 dias, quebra a tradição do evento fora de época. Para esses foliões, o Zé Pereira, que no ano passado sofreu com a falta de público, corre o risco de decair ainda mais este ano, exatamente por conta do novo formato proposto ao Conselho Municipal de Cultura.

Comentários

antonio2013@hotmail.com

postado:
26/11/2014 - 07:47
O Presidente do Conselho de Cultura chama-se Rosemary. Se enforme mais caro jornalista.
  1. «
  2. ... 
  3. 60
  4. 61
  5. 62
  6. 63
  7. 64
  8. 65
  9. 66
  10. ...
  11. »
ENVIE SEU COMENTÁRIO
COMPARTILHE COM AMIGOS

O Portal AZ é apenas o meio contratado para divulgação deste material.
Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes neste espaço é de responsabilidade civil e penal exclusiva do blogueiro.
O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial da empresa.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2009