Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca

Shopping de Timon é ampliado para receber novas lojas

03/05/2015 • 21:02

Não é só as empresas que pretendem se instalar no Polo Empresarial local que estão de olho no mercado estratégico de Timon. O Cocais Shopping que o dia. O empreendimento nem mesmo está com suas obras terminadas e várias grupos empresariais do segmento do varejo já mostraram interesse em se instalar no local.

Projetado com área de reserva para ampliação, o empreendimento está tendo que usar agora o espaço extra para construir instalações de novas lojas. A ampliação se fez necessária por conta do interesse das lojas Americanas, já conhecida pelos timonenses por ter filial na vizinha cidade de Teresina, e também por conta da Le Biscuit, que é uma rede de lojas de departamento brasileira que vende itens de artigos de decoração, pintura, brinquedos, materiais escolares, papelaria e armarinho, festa, utilidades para o lar, dentre outros, sendo esta uma das maiores do setor no Brasil.

Otimismo, avanço das obras e previsão de inauguração

Projeto do grupo do empresário Paulo Guimarães, o Cocais Shopping será o primeiro de Timon. Erguido na avenida Piauí, no centro da cidade, o empreendimento tem levado otimismo para seus idealizadores pela grande procura que tem recebido de empresários interessados na aquisição de lojas. Seu projeto inicial, antes da ampliação incluía 270 lojas, praça de alimentação, salas de cinemas, hipermercado, praça de eventos, lojas âncoras, bancos, praça de brinquedos, 705 vagas para carros e motos, 16 lojas serviços.

Loja âncora, o hipermercado do Grupo Mateus deverá ser o primeiro a se instalar no local. A previsão dos organizadores do shopping é de que até novembro ou dezembro deste ano a loja seja inaugurada.

Já o shopping com todas as lojas prontas deverá ser inaugurado em maio do próximo ano.
(Com foto ilustrativa do projeto do shopping)


Grupo Sarney quer Alexandre Almeida na oposição
















Os laços políticos e de amizade do deputado estadual Alexandre Almeida do PTN com o grupo Sarney estão longe de ser desfeitos. O grupo liderado pelo ex-presidente da república quer Alexandre Almeida na oposição ao governo Flávio Dino no Maranhão. O recado com esse indicativo veio na semana passada com o deputado estadual Sousa Neto(foto acima à esquerda). O parlamentar que é do PTN, mesmo partido de Alexandre, assumiu a direção do partido no estado e deu o tom que deverá nortear a sigla no Maranhão.

Genro do ex-secretário Estadual da Saúde do Maranhão, Ricardo Murad, Sousa Neto tão logo recebeu a garantia que seria o novo manda chuva do PTN no estado, já declarou que o partido terá postura de oposição ao governo de Flávio Dino.

Entre os analistas políticos maranhenses a condução de Sousa Neto a presidência do PTN,sua postura e exigência, foi um recado mais do que claro do grupo Sarney ao deputado timonense para que o mesmo pare de flertar com o governo e mantenha-se longe da atual administração estadual comunista. Se assim não o fizer, tem gente achando que o deputado de Timon poderá sofrer sanções por infidelidade partidária.

Aguardaremos novos fatos nessa nuvem política que não para de se movimentar e ganhar novas formas...


Pistoleiros matam vereador do PC do B de Santa Luzia

Cícero Ferreira da Silva, do (PCdoB), foi morto a tiros na porta de casa.Crime ocorreu por volta das 16h deste domingo no povoado Faisa, no MA

O PC do B, partido do governador Flávio Dino,  está de luto. O presidente da Câmara Municipal de Santa Luzia, Cicero Ferreira da Silva(foto ao lado),  foi assassinado na tarde deste domingo (3), na porta de casa, localizado no povoado Faisa, que faz fronteira com o município de Buriticupu, no Maranhão. Ele era membro do PC do B.

De acordo com o titular da Delegacia Regional de Santa Inês, Walter Costa, o vereador estava em casa quando foi surpreendido por dois homens em uma moto. O homem que estava na garupa da moto sacou a arma e atirou cinco vezes. Os dois suspeitos fugiram logo em seguida.

“Não sabemos de muita coisa ainda. Recebemos a informação do delegado Clarismar que de imediato foi ao povoado que é bem distante da cidade. Ele (vereador) ainda foi socorrido pelas informações preliminares levantadas até agora, mas morreu”, afirmou.

Cícero ainda foi levado para um hospital do município de Buriticupu, localizado a 120 quilômetros da sede de Santa Luzia, mas chegou sem vida ao local. A polícia ainda não confirmou os motivos para o crime, nem se a vítima estava sendo ameaçada.

O vereador estava no segundo mandato como vereador e ocupava o cargo de presidente da Câmara. Equipes da Polícia Civil e Militar foram enviadas a região para iniciar as buscas pelos assassinos e a investigação do crime.

Nota de pesar do PC do B


A direção estadual do PC do B maranhense soltou nota de pesar pela morte do companheiro do partido.Assinada pelo vice-presidente regional da sigla, Egberto Magno, nela os comunistas ao mesmo tempo que lamentam a perda do companheiro e se solidarizam com os parentes e amigos do vereador, cobram providências do governo do estado no sentido de localizar os autores do assassinato para que paguem pelo crime que praticaram.
(Com informações do G1 Ma e da direção estadual do PC do B)


Timon deverá ganhar investimentos de 40 milhões da concessionária de abastecimento dágua da cidade

Após tornar-se oficialmente responsável pelos serviços de água e esgoto na cidade , a AEGEA pretende através do “águas de Timon”, investir mais de 40 milhões de reais em três anos. Somente entre 2015 e 2016, serão mais de 26 milhões, o que representa um percentual de 14% do total dos investimentos. Tais recursos serão utilizados para construção de uma estação de tratamento de água, implantação de uma estação elevatória, construção de mais 3 reservatórios, sendo que o primeiros será iniciado agora em 2015, para serem somados aos atuais 22 distribuídos na cidade, implantar e substituir 45 mil hidrômetros, ampliação da rede de distribuição de água em mais 141,5 km, substituir 21 km da rede atual que está comprometida, construção de uma estação de tratamento de esgoto e implantar mais de 326 Km de rede de esgoto.

Com tais investimentos, a AEGEA pretende atender a 100% das casas da cidade com água tratada logo no primeiro ano de trabalho. Em seguida, a meta é também dotar a cidade com 100% de esgoto tratado.

Além de aumentar a qualidade de vida, evitando o transtorno da falta de água quando mais precisamos e diminuindo os gastos com saúde, esses investimentos irão ajudar no desenvolvimento econômico da cidade. Muitos investidores imobiliários da região e do eixo sul e sudeste do Brasil, pretendem implantar empreendimentos no município a partir da instalação do “Águas de Timon”.

Comentários

Gari que matou escrivã em Caxias foi condenado

02/05/2015 • 18:22

O gari Francisco Alves Costa, 44 anos, foi condenado pela Justiça do Maranhão a 72 anos, 2 meses e 20 dias de prisão regime fechado pelo estupro de suas duas filhas, de 17 e 20 anos, no início do ano passado. O caso teve enorme repercussão na época, porque após ser preso, Francisco matou, a facadas, a escrivã Loane Maranhão da Silva Thé, 32 anos, que colhia seu depoimento na delegacia de Caxias (MA) e feriu outra funcionária que estava na sala.

"A condenação pelo crime do estupro das filhas saiu na última quinta-feira (30). Se ele tiver direito à progressão, será em cima dessa pena de mais de 72 anos, ou seja, ele não sai mais da cadeia. Estou aliviada com a decisão. A família toda está", diz a mãe da escrivã assassinada, a advogada Eliane Maranhão Thé (foto)

A morte da escrivã

Loane (foto de vestido vermelho) trabalhava como escrivã na Delegacia da Mulher e havia chamado o preso Francisco Costa para prestar depoimento. Segundo o delegado regional Celso Álvares Rocha, que estava à frente das investigações, no momento em que se viu sozinho com a vítima, o suspeito a esfaqueou com uma faca que havia trazido de casa. 

No momento do crime haviam cinco pessoas na Delegacia da Mulher. A investigadora ferida foi levada para o Hospital Regional da cidade. Loane morreu no local. 

"Esperamos também a pena máxima no caso da morte da minha filha, porque além disso, houve tentativa de homicídio da outra moça. Ele já foi pronunciado, mas a Defensoria Pública entrou com recurso para diminuir a pena e o processo está em São Luís. Nos próximos meses deve voltar a Caxias e o juiz vai marcar o julgamento no Tribunal do Juri", explica a mãe de Loane.

Ação contra o Estado

Eliane disse ao Cidadeverde.com que está entrando com ação contra o Governo do Maranhão na área cívil, por reparação de danos. A indenização será utilizada para criar uma fundação de amparo a mulheres.

"Minha filha passou a vida inteira ajudando mulheres desamparadas, que sofriam violência doméstica, que eram agredidas pelo marido. Vamos iniciar a ação em junho deste ano, porque entendemos que o Estado do Maranhão foi omisso", argumenta Eliane.

A advogada defende que sua filha estava a serviço dentro de uma delegacia, sem nenhuma proteção, fazendo um trabalho que não era de sua competência (ouvir presos). Loane havia sido aprovada em um concurso para delegada e foi convocada para assumir a vaga no dia de sua morte.
(Do Portal Cidadeverde.com)

Comentários

Ex-procuradora é acusada de beneficiar Ricardo Murad

01/05/2015 • 19:00

A ação é por ato de improbidade administrativa contra a ex-procuradora-geral de justiça, Maria de Fátima Rodrigues Travassos Cordeiro, e contra o ex-secretário de estado da Saúde

O Ministério Público do Maranhão ajuizou, Ação Civil por ato de improbidade administrativa contra a ex-procuradora-geral de justiça, Maria de Fátima Rodrigues Travassos Cordeiro (foto), e contra o ex-secretário de estado da Saúde, Ricardo Murad.

Na ação, os promotores de justiça Tarcísio José Sousa Bonfim (30ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa) e João Leonardo Sousa Leal (28ª Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa) questionam o fato de a ex-chefe do MPMA rejeitar a denúncia já recebida pelo Poder Judiciário contra Ricardo Murad alegando "inépcia da peça acusatória".

A denúncia contra Ricardo Murad foi oferecida pelo ex-procurador-geral de justiça, Raimundo Nonato de Carvalho Filho, em 2005, quando Murad ocupava o cargo de gerente de Articulação e Desenvolvimento da Região Metropolitana de São Luís. A gerência foi a nomenclatura adotada pelo Poder Executivo estadual equivalente a secretaria de estado.

Ricardo Murad foi acusado pelos crimes de formação de quadrilha e fraude de processos licitatórios em contratos entre a Gerência Metropolitana e a Nanasel Manutenção de Condomínios Ltda. Após a eleição de Murad, como deputado estadual, a ação foi remetida ao Tribunal de Justiça, em decorrência do foro privilegiado.

Diante da situação, Fátima Travassos formulou requerimento de rejeição da denúncia, alegando inépcia da ação inicial. "A exclusão, sem qualquer razão jurídica somente em relação ao senhor Ricardo Murad, pessoa com quem mantinha estreita amizade, foi apurada pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Aliás, tal amizade, vinculação e falta de independência da então chefe do parquet maranhense é fato público e notório e de conhecimento de toda a sociedade maranhense", destaca o Ministério Público.

Os promotores destacam, ainda, que Fátima Travassos, por conta de sua amizade, atrelamento e dependência a Ricardo Murad, foi reconduzida ao cargo mesmo figurando em segunda colocação na lista tríplice. "Além de ser ação anômala e não correspondente com o interesse público que deve nortear todo o agir de qualquer agente público, o requerimento de inépcia da inicial e o pleito de sua rejeição como feito pela primeira demandada fere de morte o princípio da indisponibilidade da ação penal e da unidade do Ministério Público".

No mesmo sentido, o CNMP reconheceu, em sindicância, que o pedido de rejeição contra Murad "coloca o Ministério Público maranhense numa posição à margem da legalidade e do bom senso", quando cabia somente a ela, no exercício da função de procuradora-geral de justiça, promover o andamento do processo, de acordo com a Lei Orgânica do Ministério Público do Maranhão (Lei nº 013/91).

As Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e da Probidade Administrativa de São Luís classificam a conduta de Travassos como "ilegal, imoral e pessoalizada", pois foi realizada sem qualquer base jurídica, razão ou fundamento plausível, a não ser "favorecer o senhor Ricardo Jorge Murad para fins de satisfação de interesse pessoal".

O fato também chamou atenção dos magistrados. Durante o julgamento do pedido de rejeição da denúncia, o desembargador Marcelo Carvalho Filho argumentou que o MP, "ao arguir a inépcia da denúncia formulada por ele próprio, após o recebimento feito pelo juiz, acabou violando o princípio da obrigatoriedade da ação penal, esculpido no artigo 42, do Código de Processo Civil, segundo o qual o Ministério Público não poderá desistir da ação penal".

Segundo os autores da Ação Civil, na fase em que o processo-crime contra Murad tramitava, com a denúncia já recebida pelo juízo competente, não era mais possível, rejeitar a denúncia somente em relação a um dos acusados. A medida executada por Travassos contraria os princípios da obrigatoriedade da ação penal e do interesse público.

"Naquela ocasião, deveria ter a primeira demandada feito uso de padrões mínimos de ética, de moralidade e de interesse público a possibilitar que as provas reunidas no bojo de uma investigação criteriosamente realizada por um grupo de promotores de justiça de indubitável responsabilidade fossem analisadas sob o crivo do contraditório e da ampla defesa, para, ao final, se sustentar a procedência ou não da pretensão punitiva estatal", destacam Tarcísio Bonfim e João Leonardo Leal.

O Ministério Público pediu ao Poder Judiciário que os acusados sejam condenados à perda da função pública, suspensão dos direitos políticos, pagamento de multa civil e proibição de contratar com o poder público, além do pagamento das custas judiciais.

Comentários

Governo oficializou concessão do serviço dágua de Timon

30/04/2015 • 11:57















Centenas de timonenses compareceram na noite de terça-feira (29/04) ao Centro de Convenções Maranhense, para prestigiar a assinatura da ordem de serviço entre a Prefeitura Municipal e a Concessionária “Águas de Timon” – que após a assinatura, tornou-se oficialmente responsável pelos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na cidade. A Águas de Timon pertence à Aegea, terceira maior empresa de saneamento do país, instalada em oito estado e atuando em 38 municípios brasileiros.















Para perceber o marco histórico que foi a noite do dia 29 de abril de 2015, é preciso primeiramente entender qual era a situação do SAAE – Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto – quando a atual administração o assumiu. O órgão tinha uma dívida de 8 milhões de reais, sendo os principais motivos: inadimplência de 80% dos usuários; 39% em dividas com a CEMAR (Companhia Energética do Maranhão); baixa taxa de investimentos (apenas 1,54%) e um dos mais graves: desperdício de 70% de água (Canos quebrados, velhos etc.). Por todos esses problemas e, de acordo com estudos, o SSAE de Timon precisaria de 600 anos para realizar investimentos com recursos próprios. Agora, com a atuação da concessionária “Águas de Timon”, tudo será resolvido em um prazo muito menor, 30 anos. E o mais importante: passado esse período, todos os investimentos realizados ficarão na cidade e voltarão para o SAAE.

Responsável pelo mais importante passo já dado pelo Município de Timon, o prefeito Luciano Leitoa reconheceu o empenho de todos os responsáveis, em especial, dos vereadores que votaram a favor da concessão. “Tudo isso só foi possível após a aprovação da Câmara Municipal. Quando aceitei a responsabilidade de ser prefeito de Timon, em momento algum fiquei em dúvida e muito menos com receios de escolher o que seria melhor para a nossa cidade por questões políticas. Hoje, tenho a sensação de dever cumprido, tenho certeza absoluta de que uma empresa tão séria, como a Aegea, tornará Timon uma cidade modelo, pois estamos sendo a primeira cidade, de todo o nordeste, a ter atuação da mesma”, comentou o prefeito.

O presidente da Aegea, Renato Médici, explicou aos presentes como a concessionária funciona, falou das metas e das responsabilidades com a população da cidade. “Timon, por ser a primeira cidade no nordeste na qual atuaremos, torna-se mais importante ainda e aumenta nossas responsabilidades de promover o desenvolvimento local. Nossa meta é resolver o problema de abastecimento de águas nas residências em um ano e em nove anos, solucionar a problemática do esgotamento sanitário da cidade”.

É muito importante esclarecer que a Prefeitura, através de uma Agência Reguladora – Agert, fiscalizará todas as obras realizadas pela Concessionária. A Agência funcionará na sede do SAAE e estará aberta às solicitações da população, a mais importante parceira fiscalizadora.

“Timon precisa ser saneada com qualidade”, foi assim que o Deputado Estadual, Rafael Leitoa, iniciou seu pronunciamento e levantou uma importante questão para o crescimento vertical da cidade. “Parto do princípio de uma mudança em Timon, pois com o esgotamento sanitário concluído, haverá a possibilidade de um crescimento vertical, ou seja, da construção de prédios na cidade. O que hoje não é possível, por conta dessa carência. Timon tem 0% de esgotamento sanitário e isso vai mudar”, finalizou.

Estiveram presente: secretários municipais, parlamentares, dentre eles o prefeito de Parnarama, Davi Alves, que veio conhecer o processo de Concessão, para futura adesão no município de sua gestão, além da grande presença da população timonense.
(Da assessoria)


Tribunal aprova redistribuição de eleitores de Timon e Balsas

Eleitores de Timon e Balsas serão redistribuídos para outras zonas eleitorais de seus municípios com o objetivo de diminuir distorções no eleitorado, conforme regras recém-estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral. A decisão é do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão que aprovou, em sessões administrativas realizadas neste mês de abril, as Resoluções 8.660 e 8.665.

No rezoneamento de Timon, 5 locais de votação da 19ª zona eleitoral serão remanejados para 94ª zona, isso porque a primeira possui 62.818 eleitores e a segunda 45.407. Em Balsas, 7 locais de votação serão transferidos da 22ª ZE (55.501 eleitores) para a 105ª (13.446).

A substituição dos títulos dos eleitores redistribuídos será feita durante o recadastramento biométrico que está previsto para ocorrer em 2015. Porém, apesar da mudança de zona eleitoral, os locais de votação permanecerão funcionando nos mesmos prédios de antes.

Caberá às zonas eleitorais envolvidas nestas redistribuições comunicar os partidos políticos quanto à necessidade de atualização do cadastro de seus filiados.

Locais que mudaram de circunscrição

Balsas

1. Escola Municipal Mariinha Rocha; 2. Grupo Escola Elias Alfredo Cury; 3. Escola Municipal Deputado Francisco Coelho; 4. Escola Municipal Elieziuda Coelho Rocha; 5. Escola Municipal Eurico Borgea; 6. Escola Municipal Senador Alexandre Costa; e 7. Colégio Estadual Profª Maria do Socorro Coelho Cabral.

Timon

1. Câmara Municipal de Timon; 2. Centro de Testagem e Aconselhamento; 3. Centro Artístico Operário Timonense; 4. Universidade Estadual do Maranhão; 5. Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social.

(Assessoria TRE)

Comentários

“Grupo Leitoa foi quem mais oportunizou suplentes na Câmara”, diz vereador

29/04/2015 • 16:07

“Ninguém mais deu oportunidade para suplente de vereador assumir na história de Timon que o prefeito Luciano Leitoa”. A frase é do vereador do PDT e presidente da Câmara Municipal, Uilma Resende(foto) durante recente visita feita a sede do blog do Elias Lacerda.

O parlamentar elogiou iniciativa do atual prefeito de Timon de criar oportunidades para que os suplentes tenham chance de assumir o mandato no legislativo no lugar dos titulares. Uilma Resende observa que até agora já foram seis suplentes do grupo do prefeito que assumiram na Câmara fruto das mexidas e acordos políticos que o prefeito tem feito para dar oportunidade aos suplentes de exercer o mandato. “Foram ao todo seis vereadores suplentes beneficiados com as mudanças feitas pelo prefeito no seu secretariado e acordos políticos: Neto Peças (PSB), Lázaro Martins (PSB), José Maria da Farmácia (PSB), Gian da Solnascente (PDT), Vavá (PDT) e Goleiro Branco (PDT)”, observou ele.

Uilma Resende lembrou que na gestão da ex-prefeita Socorro Waquim, o suplente de vereador do PMDB, Joaquim Feitosa, mesmo tendo boa votação naquela época, nunca teve a oportunidade de assumir, o que tempos depois o fez até pedir desfiliação do partido.

“A oportunidade que nosso grupo tem dado aos suplentes é importante, pois no atual sistema de voto proporcional todos aqueles candidatos que fizeram parte da coligação são importantes numa eleição do titular. Oportunizar aos suplentes é uma forma de valorizar com justiça a todos os nomes que se empenharam na campanha”, avaliou o presidente da Câmara Municipal Uilma Resende.

O vereador diz que nestes arranjos políticos do grupo para valorizar os suplentes, Nacy, que foi candidato a vereador pelo PSB, deverá ser o próximo a ser beneficiado com uma oportunidade de assumir na Câmara Municipal.


Coordenadora Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Timon foi assaltada




A Coordenadora Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Timon, professora Maria Divina Sousa(foto), é mais uma vítima de assalto na cidade. Ela foi alvo na tarde desta quarta-feira (29) da famosa “saidinha de banco”.


Informações que chegam ao blog do Elias Lacerda dão conta de que a professora foi assaltada quando deixava a agência do banco Bradesco.


Não foi revelada as circunstâncias do assalto e nem a quantia levada pelos ladrões.


A Coordenadora Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Timon registrou boletim de ocorrência no 3º Distrito Policial, no bairro São Francisco.


MA tem pior índice do país em posse de celular para uso pessoal, diz IBGE

Governo determina fiscalização sobre convênios feitos na gestão Roseana

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) está realizando supervisão técnica em obras contratadas por meio de convênios firmados entre o governo do Estado e municípios, nos exercícios de 2013 e 2014. Dentre os convênios fiscalizados estão obras como pavimentação, serviço de abastecimento de água, construção de praças entre outros.

Por determinação do governador Flávio Dino e da secretária de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Flávia Alexandrina Moreira, a equipe técnica da Secid, que é composta por arquitetos e engenheiros, realizou um levantamento das informações sobre os 543 convênios celebrados nos respectivos anos.

A Secretaria das Cidades já realizou 306 vistorias em 107 municípios e de acordo com o secretário adjunto de Desenvolvimento Urbano, Alfredo Costa, a fiscalização tem como finalidade constatar o cumprimento de todas as exigências contidas nos contratos e projetos de engenharia apresentados na celebração dos convênios.
(Assessoria)


Pesquisa mostra que 52,3% da população tem celular pessoal no Estado

Dados do PNAD foram divulgados nesta quarta-feira (29).

O Maranhão é o último Estado do país em posse de celular para uso pessoal, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2013 divulgados nesta quarta-feira (29) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O levantamento mostra que 52,3% da população maranhense possui celular para uso pessoal. O estado está logo atrás do Piauí, onde foi registrado índice de 62,2%. O Distrito Federal (89,4%) foi a unidade da federação com maior percentual, seguido por Mato Grosso do Sul (83,5%) e Goiás (83,4%).

As unidades da federação que tiveram maior aumento da posse de celular foram Tocantins (de 27,0% para 74,6%), Paraíba (de 26,2% para 73,0%), Bahia (de 21,2% para 67,0%), Piauí (de 16,8% para 62,6%) e Roraima (de 24,6% para 69,6%).

Além da posse de telefone móvel celular para o uso pessoal, a pesquisa também verificou o acesso à internet e à televisão no ano de 2013. No Maranhão, a pesquisa foi aplicada em 35 municípios, com visita a 3.144 domicílios e entrevista de 9.270 pessoas, de acordo com o IBGE.


Televisão e tablet

O Estado ficou em penúltimo considerando-se o número de domicílios com televisão, apresentando percentual de recepção de sinal digital de televisão aberta (13,1%), atrás do Alagoas (13,7%) e à frente do Tocantins (11,8%). Os maiores percentuais estão no Distrito Federal (49,3%), São Paulo (43,0%) e Rio de Janeiro (40,3%).

Quanto aos tablets, apenas 4,9% dos domicílios maranhenses têm acesso ao dispositivo. O Estado está atrás do Piauí (5,0%) e à frente de Rondônia (4,8%). As maiores porcentagens estão no Distrito Federal (23,6%), São Paulo (16,0%) e Rio de Janeiro (15,8%).
(Do G1 Ma)

Comentários

  1. «
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. ...
  8. »
ENVIE SEU COMENTÁRIO
COMPARTILHE COM AMIGOS

O Portal AZ é apenas o meio contratado para divulgação deste material.
Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes neste espaço é de responsabilidade civil e penal exclusiva do blogueiro.
O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial da empresa.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2009