Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca

Servidores do estado poderão fazer perícia médica em Timon

20/05/2015 • 12:07

Um problema enfrentado há anos, onde o servidor público estadual residente em Timon, em seu entorno e que necessita de perícia médica, utilizada em vários processos da vida funcional dele, precisava viajar à capital, São Luís, está perto de chegar ao final.

Numa reunião na tarde de ontem (19), o deputado estadual Rafael Leitoa, o secretário Robson Parentes, do Instituto de Previdência do Município de Timon e o Secretário de Gestão e Previdência do governo do estado, Felipe Camarão discutiram sobre a instalação, o mais breve possível, de um posto de atendimento para as perícias médicas.

Segundo o secretário Robson Parentes, a reunião foi para discutir detalhes da Minuta de Cooperação entre o IMPT e a SEGEP. A parceria, conforme dito, é de que a prefeitura de Timon irá ceder o espaço e estrutura, ficando a cargo do governo do estado o corpo técnico para realização das perícias.

Questionado sobre a participação do deputado Rafael Leitoa, o secretário Robson Parentes lembrou que o deputado pedetista tem sido muito importante nesse processo, pois tem feito o elo entre o governo do estado e o município de Timon. “É a primeira vez que a cidade de Timon tem essa proximidade com o governo do estado, onde só quem sai ganhando são os servidores estaduais de Timon e região”, ressaltou Robson Parentes.

Na luta diária, onde tem como bandeira de seu mandato a inclusão de Timon no mapa do Maranhão, o deputado Rafael Leitoa tem sido incansável em aproximar demandas daquele município, e região, nas ações do governo do Maranhão.

No total, entre ativos, inativos e comissionados, o número de servidores estaduais na regional de Timon (Matões, Parnarama, São Francisco e Timon) é de 3.308 servidores. “Em visita recente do secretário Felipe Camarão à nossa cidade, fizemos questão de mostrar a estrutura física que temos à disposição para instalação da perícia médica estadual, por se tratar de uma parceria, com a prefeitura, funcionará no mesmo local onde está sediado o IPMT, no Centro da cidade de Timon”, finalizou Rafael Leitoa.
(Da assessoria)


Alexandre Almeida comunica desarquivamento de processo de unificação de matrículas de professores

O deputado Alexandre Almeida (PTN) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, durante a sessão desta quarta-feira (20), para agradecer a Mesa Diretora da Casa, o desarquivamento do seu projeto de lei que autoriza a unificação de matrículas dos professores da rede pública estadual.

O projeto, apresentado em março de 2014, beneficia professores da Educação Básica que possuírem duas matrículas de 20 horas junto à Secretaria de Estado da Educação. "O que pretendemos com esse projeto é que esses professores possam transformar essas duas matrículas em uma única, de 40 horas de jornada semanal de trabalho, ficando asseguradas todas as vantagens pessoais já incorporadas as duas matriculas", explicou Alexandre Almeida.

Segundo o parlamentar, o projeto atende a solicitação de uma parcela significativa de professores da rede pública que, por compatibilidade de horários, acumulam matrículas, porém vêm sendo forçados a abdicar de uma delas, sob pena de responder a inquérito administrativo por acumulação de cargo público, e sofrer condenação de devolução de valores.

"Sabemos que a Constituição Federal determina ser possível acumular dois cargos de professor, desde que haja compatibilidade de horários, logo a unificação de matrículas possibilita aos educadores usufruir desse direito constitucional, sem prejuízos, principalmente financeiros", ressaltou o deputado. "Destacamos ainda, que o enquadramento de professor detentor de dois cargos de 20 horas em um de 40 horas não ofende a forma de investidura no serviço público, uma vez que o provimento dos dois ocorreu por meio de aprovação em concurso", explicou Alexandre Almeida.

Finalizando o seu pronunciamento, o parlamentar solicitou apoio do deputado Marco Aurélio (PC do B), presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Casa. “Tenho certeza que o deputado Marco Aurélio, que também é professor, somará forças nesse projeto, tendo o empenho necessário para garantir a celeridade na tramitação do mesmo, para que possamos, em curto prazo, garantir uma solução para esse problema”.
(Da assessoria)

Comentários

Título espera por João Claudino há 15 anos em Timon

19/05/2015 • 22:44
















Acima à esquerda de camisa azul listrada Jamil Gedeon (falecido) ao lado do filho, Kennedy Gedeon,  e à direita o empresário João Claudino Fernandes.

Já se passaram anos a fio sem que o empresário João Claudino Fernandes(foto ao lado) tenha demonstrado qualquer interesse pelo título de Cidadão Timonense concedido pela Câmara Municipal de Timon. A honraria foi dada pelo ex-vereador Jamil Gedeon ainda em meados da década de 1990.

O vereador que concedeu o título ao empresário faleceu em maio de 2012 sem que tenha conseguido ver a honraria ser entregue. São mais de 15 anos que o título espera para ser entregue.

E não foi por falta de comunicado que João Claudino Fernandes não recebeu até hoje o título. Além de ser oficiado pela câmara, o empresário já teve até um encontro casual no Teresina Shopping com o filho do autor do pedido do título, o também vereador Kennedy Gedeon. O caso aconteceu poucos anos atrás e Kennedy o comunicou da existência do título pedindo que viesse a Timon recebê-lo. Claudino se comprometeu em marcar uma data para a solenidade de entrega, entretanto nunca cumpriu com o prometido.

Empresário dos mais bem sucedidos na região Meio Norte, João Claudino Fernandes tem um conglomerado de empresas que geram empregos a dezenas de timonenses que trabalham nelas em Timon e Teresina. Pelos relevantes serviços prestados na geração de emprego e renda aos munícipes timonenses, Jamil Gedeon achou que seria uma justa homenagem a Câmara oferecer o título ao empresário. O vereador morreu sem ver o desejo realizado e seu João Claudino mesmo morando tão perto de Timon (em Teresina), não tem demonstrado interesse pela homenagem.

Entre os títulos de Cidadão Timonense dados pela Câmara, o de seu João Claudino é o que há mais tempo espera ser recebido pelo seu dono...

Comentários

Alagamento de rua vira problema na Vila do Bec

19/05/2015 • 16:21

















À esquerda acima veja o córrego por onde a água passava. À direita a passagem interditada pelo proprietário do imóvel e abaixo a rua alagada.





















Sufoco para os moradores da rua 4, no bairro Vila do Bec em Timon. Nos últimos dias eles estão tendo que conviver com o desconforto de ver parte da rua submersa com o acúmulo de água que saem das residências e correm pelas sarjetas.

O problema surgiu após o proprietário de um terreno ter fechado a passagem da água da rua pelo seu imóvel.

De acordo com o presidente da associação dos moradores daquele bairro, Francisco Borges, o “Borges da Vila do Bec”, a situação está insuportável. “Moradores estão sem poder sair de suas residências, o tráfego de pessoas prejudicado e o acúmulo de água está causando mal cheiro. Aqui tem muito desconforto com esse problema”, disse ele.

Borges acrescentou que já comunicou a situação a administração municipal para que se encontre uma solução para o problema.

Estudantes de Timon tem agora crédito estudantil na cidade


Os estudantes timonenses não vão mais precisar se deslocar para Teresina para adquirir seus créditos estudantis que lhes garantem descontos nas passagens dos ônibus urbanos nas duas cidades.A categoria agora pode comprar seus créditos em Timon mesmo.

Os créditos estão sendo oferecidos no Caixa Aqui da avenida Teresina, nº 1651, no bairro Parque Piauí (na foto ao lado).

O novo serviço do correspondente bancário começou a funcionar nesta terça-feira, dia 19.





Comentários

Polícia prende ex-prefeito de Bacabal, Raimundo Lisboa

19/05/2015 • 11:51

Raimundo Lisboa e outros acusados em participação em esquema de agiotagem foram presos na manhã de hoje, 19, na cidade de Bacabal

O ex-prefeito de Bacabal Raimundo Lisboa(foto) foi preso na manhã de hoje, 19, no município de Bacabal suspeito de integrar um esquema de agiotagem. A prisão faz parte da operação ‘El Berite’, comandada pela Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).

Na ação, foram presos o ex-prefeito Raimundo Nonato Lisboa, além de Francisco de Jesus Silva Soares, Manoel Moura Macedo e Aldo Araújo de Brito. Um dos suspeitos continua foragido. Também foi cumprido um mandado de condução coercitiva em desfavor de Maria do Carmo Xavier. Todos suspeitos de envolvimento no crime de agiotagem em Bacabal. Eles foram conduzidos à Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC).

De acordo com o delegado geral da Polícia Civil, Augusto Barros, a operação El Berite é mais uma etapa no combate à agiotagem no Maranhão, envolvendo várias empresas, inclusive de construção civil. “As operações são parte da política de combate à corrupção. Nosso objetivo é responsabilizar gestores, ex-gestores públicos e particulares que formam quadrilhas especializadas em fraudar processos licitatórios e desviar recursos públicos”, pontuou.

No dia 5 de maio foram deflagradas as operações ‘Morta-Viva’ e ‘Maharaja’, envolvendo as prefeituras dos municípios de Marajá do Sena, Bacuri e Zé Doca, que culminou com as prisões do prefeito de Bacuri, Richard Nixon Monteiro dos Santos; o prefeito e o ex-prefeito de Marajá do Sena, Edvan Costa e Perachi Roberto Moraes, respectivamente; o contador da Prefeitura de Marajá do Sena, José Epitácio Muniz Silva, o Cafeteira; e Josival Cavalcanti da Silva, o Pacovan, apontado como agiota nas investigações

A 1ª operação deflagrada neste ano no combate ao desvio de recursos públicos ocorreu no dia 31 de março, denominada ‘Imperador’. A ação culminou com a prisão temporária da ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros; e do filho dela, Eduardo Barros, apontado nas investigações como o líder do grupo.
(O Imparcial)

Comentários

Carro roubado de filho de vereador é encontrado em Timon

18/05/2015 • 22:00

















Acima a Saveiro recuperada e à direita o vereador José Carlos Assunção (terno e gravata) conversa com o empresário Clécio Feitosa (camisa rosa) e o vereador Leandro Belo.

Rendido por ladrões armados, Pablo Assunção,filho do vereador José Carlos Assunção, viu seu veículo, uma Saveiro branca, de placa OXQ -4382, ano 2014, ser levada de assalto no último dia 3 sem poder fazer nada. O fato foi registrado na Delegacia do 3º DP e o estudante praticamente não alimentava mais nenhuma esperança de reaver seu veículo.

Mas para a surpresa dele, na manhã desta segunda-feira, dia 18, o jovem viu seu carro passar na avenida Paulo Ramos, em frente a Câmara Municipal. O estudante acionou a polícia militar que foi atrás do veículo e o encontrou estacionado em frente a agência dos Correios, no centro.Lá os militares constataram que era mesmo o veículo roubado e dois homens que o utilizava foram levados para a Central de Flagrantes.

Na delegacia descobriu-se que o documento do veículo tinha sido falsificado e o novo proprietário comprou o carro roubado agindo de boa fé. Ele informou que somente comprou o veículo depois de constatar no sistema do Renavan que a Saveiro não era roubada. Segundo ele, até hoje o carro não foi registrado no sistema como roubado.

Os ladrões falsificaram os documentos mantendo o nome do proprietário original (esposa do vereador José Carlos Assunção), mas não mudaram a placa, apenas alteraram o endereço tirando do Conjunto Boa Vista e colocando para o bairro Vila Angélica.

O caso chamou a atenção de vereadores e amigos de José Carlos Assunção. O empresário Clécio Feitosa, um dos proprietários da Focus Veículos, empresa que trabalha com a venda e compra de carros em Teresina, era um dos mais espantados com o episódio. Na avaliação dele, o não registro do veículo no sistema do Renavan na lista de carros roubados é um absurdo. “Não há nada que justifique o caso de um carro que aconteceu no último dia 3 com registro em delegacia e tudo, não constar ainda no sistema como veículo roubado”, avalia ele.

A polícia civil deve investigar para saber quem vendeu o carro para os dois homens detidos.


Vereador quer responsáveis pagando pela obra inacabada da rede de esgotos



O Vereador Vavá utilizou a tribuna hoje para falar sobre a obra de implantação do sistema de esgotamento sanitário de Timon, obra iniciada na gestão Socorro Waquim no valor de 21 milhões, 985 mil reais, onde informou dados sobres os relatórios da Controladoria Geral da União que consta que na licitação houve restrições à competitividade do certame e que a obra encontra-se inacabada e sem funcionalidade.

O vereador contou que a Caixa Econômica enviou a Prefeitura de Timon no dia 13 de Abril de 2015 um ofício sobre o Contrato 222.914-36, solicitando a devolução de 5 milhões 996 mil reais referente ao ressarcimento da totalidade das parcelas de repasse do Orçamento Geral da União liberadas ao município e outro na data de hoje sobre o Contrato 218.361-75, também solicitando a devolução de mais 9 milhões 452 mil reais.

Depois de fazer a comunicação, Vavá solicitou ao presidente da Câmara, a CPI do Esgotamento Sanitário, o envio dos documentos em anexo ao Ministério Publico Federal solicitando celeridade na analise do processo já em andamento e a comunicação dos fatos ao Tribunal de Contas da União, Polícia Federal e Tribunal de Contas do Estado para adoção das medidas necessárias para o ressarcimento ao erário público e responsabilização criminal e administrativa dos verdadeiros responsáveis pelo fracasso daquela obra inacabada.
(Da assessoria)

Rafael Leitoa e Alexandre Almeida voltam a confrontar ideias sobre saneamento e abastecimento dágua de Timon


O deputado Rafael Leitoa utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa, na tarde desta segunda-feira (18), em duas oportunidades e, em ambas, ressaltou a necessidade de conhecimento para criticar os investimentos em saneamento na cidade de Timon, assim como em outras localidades onde essa prática é mais antiga, como é o caso da cidade de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul.

Rafael citou que a falta de informação sobre saneamento básico e realidade das cidades brasileiras, foram responsáveis, na última semana, pelo disparate do deputado Alexandre Almeida (PTN) em chamar Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul de “cidade tão pequena e sem nenhuma expressão”. Apesar dessa postura ter sido motivo para duas moções de repúdio, uma na Câmara de Vereadores de Campo Grande e outra na Assembleia Legislativa do Mato Grosso do Sul, Rafael Leitoa foi solidário com o colega, fazendo um alerta, “gostaria muito de ouvir o deputado Alexandre Almeida se desculpar com aquele estado. Até para não ficar uma imagem ruim desta Casa de dizer e de achar que os deputados aqui do Maranhão não conhecem o estado do Mato Grosso do Sul e as capitais do nosso Brasil. Porque Campo Grande não é e nunca será uma cidade inexpressiva e, tampouco, uma cidade pequena.”

O deputado Rafael Leitoa disse entender o motivo de tanta crítica por parte de Alexandre Almeida às ações da Águas de Timon. Segundo Leitoa, a única preocupação do deputado do PTN são as eleições de 2016, pois a cada ação positiva, seja em saneamento, seja em climatização das escolas, seja na parceria para o asfaltamento e urbanização em Timon, executadas pela prefeitura, serão sempre criticadas por Alexandre Almeida. “Estude sobre saneamento, deputado Alexandre. Não queira antecipar o debate eleitoral, debate eleitoral a gente faz na eleição”, disse Rafael Leitoa.

Reforçando que no contrato de concessão uma das cláusulas é a construção da Estação de Tratamento de Água no prazo máximo de um ano, ação esta que universalizará o fornecimento de água para toda cidade de Timon, "a estação universalizará os serviços de água da cidade de Timon, resolvendo também o problema da nossa obra de esgoto, onde foram captados recursos do Governo Federal, malversados e que hoje nós estamos com problema. A obra de rede de esgoto, financiada parte pela Caixa Econômica, parte pela FUNASA, está com problemas e a CGU já nomeou os culpados: a ex-prefeita Socorro Waquim, o diretor do SAAE, Luís Cláudio e o secretário de Infraestrutura, o senhor Delfino Guimarães", informou o deputado.
(Da Assessoria)


Alexandre Almeida critica aumento na taxa de ligação dágua

O deputado Alexandre Almeida (PTN) ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa, durante a sessão dessa segunda-feira (18), para, mais uma vez, contestar o aumento abusivo da taxa de nova ligação que está sendo cobrada pela empresa que assumiu o sistema de água e esgoto de Timon. “Nós não podemos aceitar o que está acontecendo no município de Timon, é um absurdo uma taxa de R$ 32 reais passar, de uma hora para outra, para R$ 142 reais”, disse o deputado.

Desde a semana passada, Alexandre Almeida tem utilizado a tribuna para mostrar a sua indignação com o aumento da taxa de nova ligação que vem sendo cobrada pela empresa Águas de Timon, após a prefeitura ter aprovado o processo de privatização do Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (SAAE).

“A população de Timon não pode ser castigada dessa forma, e o que eu puder fazer para tentar reverter essa cobrança abusiva, eu irei fazer”, declarou o parlamentar.

Durante seu pronunciamento, Almeida também rebateu informações que a empresa Águas de Timon vai construir uma estação de tratamento de água em um ano. “Tecnicamente isso é impossível, pois só o prazo para a licitação é de seis meses, logo é mais uma enganação da prefeitura, é mais uma mentira colocada para a população timonense”, enfatizou.

Alexandre Almeida protocolou uma representação no Procon e outra no Ministério Público, uma vez que a taxa que está sendo cobrada em Timon passou a ser a mais alta da Região. “Estou confiante que esses órgãos serão receptivos ao meu pedido, e quantas vezes for necessário, eu voltarei a esta tribuna para contestar essa cobrança, pois não irei permitir que o cidadão timonense seja prejudicado devido algum interesse particular”, finalizou o deputado.
(Da assessoria)

Comentários

  1. «
  2. ... 
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 6
  8. 7
  9. 8
  10. ...
  11. »
ENVIE SEU COMENTÁRIO
COMPARTILHE COM AMIGOS

O Portal AZ é apenas o meio contratado para divulgação deste material.
Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes neste espaço é de responsabilidade civil e penal exclusiva do blogueiro.
O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial da empresa.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2009