Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca

Alexandre Almeida prega união das oposições em 2016

10/05/2015 • 22:34

Em entrevista exclusiva ao Jornal O Leste, o deputado estadual Alexandre Almeida avaliou seu primeiro mandato, diz que expectativa que tem para este segundo, falou da necessidade das oposições unidas nas eleições do próximo ano e também avaliou a atual administração do prefeito Luciano Leitoa.

O deputado estadual também fala de uma possível candidatura de Socorro Waquim a prefeita em 2016 e opina sobre essa possibilidade.

Confira abaixo a entrevista:

1- Que avaliação o senhor faz do seu primeiro mandato e que expectativa o eleitor que votou no senhor no ano passado pode ter deste segundo?

Eu tenho a consciência do dever cumprido em relação ao primeiro mandato. Foquei o meu trabalho na busca de melhorias para a nossa região, em especial para Timon. Por isso, podemos comemorar avanços na área do desenvolvimento econômico, com a conquista do Parque Empresarial; na segurança pública com a reforma e ampliação do batalhão da Polícia Militar, novas viaturas e aumento do efetivo. Na saúde viabilizamos a abertura e o excelente funcionamento da UPA, como também a reforma e ampliação do hospital Alarico Pachêco, que atualmente encontra-se em andamento. Na cultura, fundamos a primeira escola de música da história de Timon, localizada no Parque Alvorada, e também criamos o maior projeto de resgate da cultura junina, o Timon Junino, que vai para a 4ª edição.

No esporte, fizemos uma revolução com os projetos Copa Timon de Beach Soccer, Campeonato Rural e a escola Pequenos Atletas Grandes Cidadãos. Enfim, eu podia falar de muitas outras ações que conseguimos realizar e que por isso me deixa com a satisfação do dever cumprido, e a maior prova disso foi o reconhecimento da população que dobrou minha votação. Sobre o novo mandato, o meu compromisso é continuar trabalhando nesta linha, sempre buscando parcerias para o bem de Timon.

2- Qual é a posição do deputado estadual Alexandre Almeida em relação ao governo Flávio Dino. Por ter sido homem da linha de frente da campanha de Lobão Filho, os aliados do governador Flávio Dino em Timon dizem que não há clima para o senhor se aproximar do atual governo. Que avaliação faz disso?

Entendo que neste processo temos dois momentos. O primeiro quando estamos em campanha eleitoral e, em conjunto com os nossos candidatos, defendemos nossas ideais. O segundo é pós-eleição, quando temos o resultado de quem a população confiou o mandato, e a partir daí, todos os eleitos têm um compromisso principal: trabalhar para melhorar a vida da nossa gente. Assim, entendo que o meu papel como deputado eleito pelo povo é trabalhar pelo povo, e nessa linha, dialogar com todos que têm responsabilidades, seja o prefeito, o governador, o presidente, enfim, sem olhar as cores partidárias. Temos que arregaçar as mangas e trabalhar para o bem do Maranhão.

Dessa forma, com muita tranquilidade digo que a minha posição em relação ao governador é de diálogo para o bem de Timon e do nosso estado, ou seja, as decisões do governo que eu avaliar como corretas, serei a favor, e as decisões que forem contrárias aos interesses da população, estarei contra, pois o meu maior compromisso é com o povo e com a nova política.

3 - O deputado Alexandre Almeida rompeu os laços com o grupo Sarney e a governadora Roseana Sarney?

A minha relação com a família Sarney é de amizade e amizade é um patrimônio que devemos guardar com muito carinho. É assim que tenho construído minha carreira política, construindo amizades independentemente das posições políticas de cada um. Do ponto de vista da relação política, todos sabem que Roseana se aposentou. Foi uma decisão pessoal dela e nós temos que respeitar.

4- Você hoje é o principal nome da oposição a administração do prefeito Luciano Leitoa em Timon. Como o senhor avalia a gestão dele. Numa avaliação sincera, onde achas que ele acertou e onde está errando?

A minha análise eu faço comparando as suas promessas de campanha com as sua ações no mandato. O prefeito, quando candidato, fez uma promessa de implantar uma estação de tratamento de água e assim resolver o problema da falta d’água que existe em Timon desde quando o seu pai era prefeito. Em nenhum momento da campanha ele falou de privatização, mas depois que se elegeu, anunciou, para espanto de toda cidade, a privatização do SAAE pelo prazo de 30 anos e valor de 1 bilhão e meio, o maior contrato da história da cidade. Ora, todos nós sabemos que uma empresa privada tem uma preocupação principal, obter lucro, então a solução do prefeito foi gerar lucros para uma empresa de fora em cima do sofrimento da população com a falta de água.

Outra promessa que o prefeito fez quando candidato foi reabrir o pronto socorro da Dra. Fátima. Ele chegou a gravar o seu programa eleitoral na frente do Pronto Socorro, mas até agora nada fez. Outra incoerência do prefeito é com as finanças do município, pois de um lado tem adotado uma política selvagem de arrecadação de impostos, do outro paga muito mal os servidores, prejudicando frontalmente a economia do nosso município. Um exemplo do que estou falando pode se verificar rapidamente perguntando a qualquer comerciante de nossa cidade.

O prefeito tem sido tão selvagem com arrecadação de impostos que até a festa tradicional do Zé de Sá, um aliado seu, não irá acontecer, porque o mesmo disse que não aguenta pagar todo o lucro do evento só em imposto. Eu podia passar o dia todo falando dos compromissos do prefeito assumiu em campanha, e nós já estamos há pouco mais de um ano da próxima eleição, e até agora, ele não fez nada do que prometeu.

5-O senhor acredita numa candidatura própria da ex-prefeita Socorro Waquim ou entende que o grupo dela poderá compor com o senhor nas eleições do próximo ano?

Eu não tenho como dizer se a ex-prefeita Socorro Waquim será candidata ou não. Isso é uma decisão muito interna do seu grupo. O que eu sinto é o povo se unindo para se libertar da família Leitoa. A cidade tem demonstrado que não aguenta mais o modelo político desse grupo. Eles estão no poder desde 1992. De lá para cá, nunca ficaram sem mandato. Então chegou a hora do povo livre escolher uma forma diferente de fazer política e de administrar nossa cidade.

6-Que avaliação o senhor faz da recente filiação do ex-vice-prefeito Edivar Ribeiro no PC do B? Há quem diga que ele chega com chances até de ser o vice de Luciano Leitoa no próximo ano. Você entende assim também?

Mudar de partido é próprio da democracia. O Brasil permite que alguém que é filiado em um partido, estando insatisfeito, possa mudar. Então eu acho isso normal. Sobre as chances dele ser vice, eu também não tenho como avaliar, pois esta decisão caberá aos Leitoas.

7-No entendimento do deputado, que potencial possui o município e que na sua avaliação tem sido esquecido pelas sucessivas administrações?

A grande saída para o nosso município está na localização geográfica e no talento da nossa gente. Temos que transformar Timon num grande centro fornecedor, pois temos Teresina como um grande mercado consumidor em potencial. Assim, nós iremos fortalecer nossa economia, gerando emprego e renda, e transformar a vida das pessoas para melhor. Mais que isto, nunca teve uma administração que investisse em políticas públicas sérias na área de cultura e esporte. E quantos talentos nós temos nas diversas modalidades esportivas, como também na cultura, que poderiam estar de destacando no Brasil a fora, mas pela falta de incentivo não são aproveitados? É assim que eu penso.

8-Quando chegar 2016 e a disputa eleitoral, qual será a principal bandeira de campanha do deputado para desenvolver Timon?

As minhas bandeiras já estão hasteadas e todos timonenses já conhecem. Vamos continuar mostrando para o nosso povo como é possível desenvolvermos nossa cidade e melhorar a vida de nossa gente.


Saúde pública em Timon poderá usar hospital privado como retaguarda para atendimento

Um dia após a visita da Comissão de Obras e Serviços Públicos da Assembleia Legislativa à Timon, representantes do Ministério Público, Prefeitura de Timon e membros da Secretaria Estadual de Saúde – SES, visitaram a cidade com o intuito solucionar a crescente demanda no atendimento de emergência, cirurgias e internações em Timon.

Acompanhados pelo deputado Rafael Leitoa, os promotores de Justiça Antônio Borges e Giovanni Papini, a Subsecretária de Saúde, Rosângela Curado, a Gestora Regional de Saúde, Graça Medeiros e o Secretário Municipal de Saúde, Márcio Sá, o grupo discutiu com a direção do Hospital Vitória, localizado no Parque Piauí, propondo uma parceria com o governo do estado, para que o hospital sirva de retaguarda para a UPA de Timon.

Segundo informações do deputado Rafael Leitoa, um dos defensores dessa parceria, o Hospital Vitória é uma referência local em termos de qualidade e estrutura. Composto por 10 leitos de UTI, quatro Centros Cirúrgicos, vários leitos de internação, tanto enfermaria, quanto apartamento, laboratório e centro de diagnósticos por imagem.

Rafael lembrou que há vários dias vem mantendo contato com o secretário Marcos Pacheco e equipe, buscando que a parceria se concretize, tornando o Hospital Vitória uma unidade de retaguarda aos atendimentos de emergência na UPA. Assim, a Unidade de Pronto Atendimento de Timon, servirá como centro de triagem aos pacientes com destino ao Hospital Vitória.

“Na visita da Comissão de Obras, solicitada por mim, na última quinta-feira, constatamos que a reforma do Hospital Regional Alarico Pacheco ainda levará um tempo para ser concluída, prejudicando o atendimento de toda Regional de Saúde, que atende pacientes de Timon, Matões, Parnarama e São Francisco do Maranhão. Essa parceria com o Hospital Vitória, assim como o retorno do atendimento de pacientes maranhenses em Teresina, será de grande valia para a população do Leste Maranhense”, constatou Rafael Leitoa.
(Da assessoria)


Informes rápidos do blog do Elias Lacerda

Flávio Dino em Timon



























Acima, Flávio Dino em Timon durante a campanha do ano passado.

O governador Flávio Dino deve permanecer mais alguns dias sem visitar Timon, mesmo tendo prometido em palanque em várias oportunidades durante a campanha do ano passado que logo no primeiro dia de seu governo visitaria a cidade para saber suas demandas e problemas.

Na semana passada o governador concedeu entrevista ao programa Fala Cidadão, da rádio Operária FM apresentado pelo radialista Antonio Leite. Disse reconhecer que o estado ainda apresenta muitos problemas na administração herdados do grupo Sarney, mas que já consegue avançar em muitos setores. O governador demonstrou otimismo e disse acreditar que ainda é possível ser feito muito até o final de sua gestão que tem menos de cinco meses.

Sobre sua visita a Timon, o governador lembrou do débito que tem com os timonenses, especialmente pela expressiva votação obtida no município. Mesmo ainda a depender de adequações com sua agenda, arriscou dizer que até o final deste mês poderá visitar a cidade.

Mais investimentos

Flávio Dino lembrou da parceria que tem sido feita entre o governo do estado e a prefeitura administrada pelo seu aliado,  prefeito Luciano Leitoa,  que vem possibilitando asfaltar 16 quilômetros de ruas da cidade. Ele informou que pretende quando chegar a Timon visitar essas ruas que estão sendo asfaltadas e acrescentou reconhecer que a cidade é uma das maiores do estado e possui muitas demandas, entretanto o governo do estado ainda fará muitos investimentos por aqui.


PTC na mira de Soliney Silva

O empresário e vereador do PTC, Marco Lago já sabe: Tem gente interessada na direção do seu partido em Timon. E não é qualquer um.

De olho no projeto seu de candidatura a deputado estadual em 2016, o prefeito reeleito de Coelho Neto, Soliney Silva, está de olho no colégio eleitoral timonense. Por aqui estuda a possibilidade de lançar o filho candidato a vereador no próximo ano, o boa gente Bruno Silva, e claro, agregar partidos sobre o seu comando. O PTC está na mira.

Nos bastidores sabe-se que o deputado estadual Edivaldo Holanda, pai do prefeito de São Luis e principal manda chuva da sigla no Maranhão, não teria objeções a mudança. Opróprio Marco Lago já teria sido informado dessa possibilidade.

Candidatura de prefeito

Circulou na imprensa estadual que o prefeito Soliney Silva estaria propenso a lançar o filho, Bruno Silva candidato a prefeito de Timon e não mais a vereador. O bom senso não nos permite pensar nessa possibilidade. Ou alguém em sã consciência imagina que o prefeito de Coelho Neto teria fôlego físico e financeiro para tocar duas campanhas: Uma em Coelho Neto apoiando um candidato a sua sucessão e outra em Timon com o filho candidato a prefeito? Uma candidatura do filho a vereador por aqui até que não pode ser descartada, mas a prefeito é muito pouco provável que isso ocorra...


BR 226 é rota preferida para fuga de bandidos


Se tem uma zona descoberta pela segurança pública estadual do Maranhão esta é a BR 226, no trecho sem asfalto que liga Timon ao povoado Baú, em Caxias. A bandidagem sabe disso e tem sido por esta região que boa parte dos assaltantes de banco e outros criminosos tem buscado fuga na hora de fugir da polícia.

Assaltantes de banco, de pontos comerciais e traficantes de drogas de cidades como Governador Eugênio Barros, Matões, Timon, Buriti Bravo e outras, tem empreendido fuga por este trecho da rodovia. Sabendo que ao longo de 100 quilômetros da BR sem asfalto o policiamento inexiste. É rota fácil e tranqüila para fuga.

Na administração do ex-governador Zé Reinaldo foi instalado um posto policial no povoado Baú, mas nos governos seguintes de Jackson Lago e Roseana Sarney ele foi desativado. A pergunta que se faz é: Quando o atual governo Flávio Dino reativará o posto policial ou o patrulhamento permanente do trecho a rodovia sem asfalto?

Enquanto nenhuma providência é tomada, a bandidagem agradece...

Renovação de contrato



Sem pessoal treinado e capacitado suficiente para substituir e manter os atendimentos na Unidade de Pronto Atendimento e no hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, o governo do estado, através da Secretaria Estadual da Saúde, teve bom senso ao recomendar que a nova empresa administradora do pessoal das duas unidades de saúde, o Institute Corpore, renovasse o contrato dos atuais servidores por mais três meses.


Assim, os aliados de Socorro Waquim e Alexandre Almeida que estão nas duas repartições estaduais, vão permanecer por mais 90 dias, até que sejam substituídos. Se é que todos eles serão mesmo ...

Descaso com rua no Cidade Nova

















O recém-empossado Secretário Municipal de Limpeza Pública de Timon, Neto Peças, não precisará de esforço dobrado para descobrir onde podem estar os muitos problemas da limpeza urbana da cidade. Bem próximo a sua residência, no bairro Cidade Nova, um descaso do poder público com uma via se arrasta há muito tempo.

Estamos falando da rua 31 daquele bairro. Como ela existem várias ruas com problemas de falta de limpeza, não só em Timon como em qualquer outra grande cidade, entretanto a rua 31 no bairro Cidade Nova não é uma qualquer. Nela está sendo construída uma escola e a via dar acesso a uma outra importante unidade de ensino: O colégio estadual de ensino médio, José Elouf.

Os moradores das imediações daquela via estão cansados de esperar do poder público uma ação que melhore a situação da rua. Sem a intervenção da prefeitura, quem encontrou terreno fértil para seu crescimento foi o mato e um pé de abóbora. Na semana passada moradores próximos da via colheram o primeiro fruto do descaso: Uma abóbora que pesou 4 quilos.








Comentários

Advogados de Timon pedem apoio da OAB do Piauí para pleitos da categoria

09/05/2015 • 11:29

Representantes da advocacia timonense se reuniram na última quinta-feira, dia 7, com o secretário geral da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Piauí, Sebastião Rodrigues, para tratar sobre os pleitos da região. Os profissionais relataram que encontram muitos problemas relacionados às prerrogativas e salas dos advogados, além da necessidade de criação da Subseção da OAB-MA em Timon.

Como a cidade é muito distante de São Luís, sede da Seccional Maranhão, os advogados se mobilizaram para pedir o apoio da Seccional Piauí. “Queremos uma Subseção, mas não apenas um prédio. Precisamos de um lugar para resolver nossos problemas. Os advogados de Timon estão se reunindo para lutar por melhorias”, afirmou o advogado Maurício Silva.

Segundo Ítalo Cavalcante, a criação e instalação da Subseção de Timon já foram solicitadas à OAB-MA. Para os profissionais presentes, a ajuda política da OAB-PI e da OAB-MA junto ao Conselho Federal poderá fortalecer o pleito, que aguarda ser apreciado pelo Conselho Seccional do Maranhão.

Para Sebastião Rodrigues, a advocacia de Timon vive uma situação peculiar, por pertencer ao estado do Maranhão e, no entanto, estar tão próxima à sede da Seccional Piauí, em Teresina. “Vemos dificuldades dos advogados em relação às prerrogativas, ao bom funcionamento da Justiça, que não podem ser legitimados pela OAB-PI, em termos de atuação, e em razão da distância da capital do Maranhão”.

O secretário geral explicou que a OAB-PI sempre esteve disponível para atender a advocacia timonense, tendo, inclusive, viabilizado e mobiliado a Sala dos Advogados em Timon. “No próximo mês, subsidiaremos um curso de Processo Judicial Eletrônico em Timon, além de outras medidas, mostrando um ato de cooperação e respeito à advocacia, que milita de maneira tão digna e leva cidadania à população de Timon e região”, finalizou.

Estiveram presentes os advogados Joaquim Segundo, Hyldembergue Cavalcante, Gonçalo Silvestre, Andrea Carvalho, Marcelo Martins, Marcelo Santos, Artur Nunes, Rafael Milhomem, Weslley Resende e Murilo Ferreira. O advogado timonense Assis Filho não participou da reunião, pois estava tratando do mesmo assunto em São Luís.
(Do site da OAB Piauí)

Comentários

Obras de duplicação da BR 135 estão paralisadas

08/05/2015 • 17:21

As obras de duplicação da BR 135, na chegada de São Luis, estão paralisadas. A revelação é do deputado estadual César Pires (DEM) em pronunciamento feito na Assembleia Legislativa do estado. De acordo com o parlamentar, a paralisação está ocorrendo por conta da irresponsabilidade do Governo Federal com o Maranhão. Em seu discurso na tribuna, o deputado frisou que fez questão de percorrer trechos da estrada e constatou a paralisação dos serviços de duplicação da rodovia.

“A obra está parada sim. É irresponsabilidade do Governo Federal com o Maranhão. Devemos fazer a mesma coisa que Alagoas fez, de poder pugnar em via pública, de reivindicar em via pública, de se aglutinar independentemente da bandeira política, ou então essa nossa leniência vai fazer com que as obras do Maranhão caminhem da mesma forma com que a classe política do Maranhão está caminhando, aceitando a realidade sem fazer pronunciamento”, afirmou César Pires.

Ele acrescentou que a classe política maranhense não deve se acovardar e reagir a este tipo de situação: “O certo é que as obras do governo federal no Maranhão todas estão paradas e a quem deve ser dada esta resposta? À sociedade. E por quem? Pelo governo federal. Foi da vez passada com os governos estaduais todos, todos os governos que passaram normalmente diziam amém ao governo federal e não emitiram nota”, discursou.

César Pires citou o Ceará como exemplo de Estado da Federação que luta unido em torno de suas causas maiores, e disse que pediu à assessoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa informações para dar entrada a uma moção de repúdio ao Governo Federal.Para César Pires, o Maranhão precisa reagir e protestar diante do tratamento que vem recebendo do governo da presidente Dilma Roussef. “Senão, senhores, o governo federal vai continuar tendo o Maranhão como a ambiência mais propícia para desenvolver suas mazelas aqui dentro em termos de obras, mas em compensação leva o maior contingente de eleitores para poder fazê-los chegar ao pódio do poder”, acentuou César Pires.
(Assessoria)


Rafael Leitoa acompanha Comissão de obras visita Timon e reforça postura em defesa da cidade


O deputado Rafael Leitoa avaliou como um dia produtivo para a Comissão de Obras e Serviços da Assembleia Legislativa do Maranhão a visita feita a Timon no dia de ontem. Durante a manhã, os parlamentares visitaram diversas construções do governo do estado em Timon e no período da tarde, na Câmara Municipal de Vereadores, participaram de uma Audiência Pública. Fruto de Requerimento do deputado Rafael Leitoa, vice-presidente da Comissão, as ações têm como meta avaliar as obras que estão em andamento, ou paralisadas, e buscar soluções imediatas para as conclusões.

Na visita, os membros da Comissão, Rafael Leitoa, Vinicius Louro, Roberto Costa, Hemetério Weba, Fábio Macedo, Rogério Cafeteira, representantes da Câmara Municipal de Timon e o deputado Alexandre Almeida, iniciaram os trabalhos visitando o Centro de Detenção Provisória, no povoado Maracujá, onde as obras estão paralisadas desde abril deste ano e sem previsão de finalização, por pendências em relação ao prazo de conclusão, previsto para junho de 2013.

A Comissão visitou ainda as obras de reforma e ampliação do 11º Batalhão de Polícia Militar de Timon e do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, obras cujo principal problema é a demora na conclusão, tanto por detalhes técnicos, como é o caso do Alarico Pacheco, quando pelo término no período contratual. No espaço onde está sendo construído o Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS, a Comissão constatou que a obra foi retomada após o início do governo Flávio Dino. Segundo Rafael Leitoa, o CETECMA, Centro Tecnológico de Educação é outra construção que ganhou celeridade após o início do novo governo, tendo prazo de conclusão estipulado para agosto de 2015.

Audiência Pública

Durante a tarde, na Câmara Municipal, foi realizada uma Audiência Pública, onde confrontaram-se as necessidades apresentadas pelos vereadores, secretários municipais e população, com as informações colhidas pelos deputados durante a visita. Presidida pelo deputado Vinícius Louro, com o auxílio do deputado Rafael Leitoa, a Comissão de Obras apresentou um breve relato do que foi visto e os deputados se prontificaram em buscar soluções.

O deputado Rafael Leitoa informou que a Comissão de Obras fará um relatório sobre o andamento e situação das obras estaduais na cidade e, ao contrário do que foi afirmado pelo deputado Alexandre Almeida, as obras não são exitosas, pois ainda existem muitos problemas para serem resolvidos. “O momento hoje é outro, temos um governo que reconhece nossa cidade como Maranhão e em nosso mandato defenderemos as demandas de Timon. A situação de esquecimento, vivida até pouco tempo, deixou de existir", finalizou Rafael Leitoa.
(Assessoria)


Audiência agradou políticos locais


O vereador Uilma Resende, presidente da Câmara Municipal de Timon, considerou extremamente positiva a visita e a audiência pública realizada em parceria com a Assembleia Legislativa do Maranhão para vistoriar obras do Estado realizadas na cidade.

Durante o evento, com a participação de autoridades municipais e estaduais, foram vereficadas a situação de obras em andamento, como a obra de ampliação e modernização do Hospital Alarico Pacheco, ao quartel do Batalhão da Polícia Militar, da Casa de Detenção Maracujá com capacidade para 306 detentos.

Participaram da audiência em Timon o presidente da Comissão de Obras e Serviços Públicos, deputado Vinicius Louro, o vice-presidente Rafael Leitoa (autor do pedido), e os deputados Edilásio Júnior, Alexandre Almeida, Roberto Cunha e outros.

Na audiência, Uilma Resende disse que é importante a discussão dos problemas da cidade e ressaltou a importância do deputado Rafael Leitoa, que em pouco tempo de mandato tem conseguido trazer para Timon as necessárias discussões sobre as obras iniciadas e paralisadas na cidade em mandatos anteriores e que agora tomam continuidade, sem contar os novos pleitos que estão sendo concedidos, como os 16 quilômetros de asfalto que estão sendo feitos na cidade na atual gestão.

O deputado Vinicius Louro agradeceu a participação popular e disse que a comissão estará empenhada em atender todos os pleitos cobrados no encontro, como a conclusão das pontes da PI 040, a reforma de mais escolas públicas e, sobretudo, a melhoria dos serviços de segurança pública.
(Assessoria)


Promoção da Mamãe no salão Elabella

Serviço de manicure e pedicure com esfoliação e hidratação com Parafina + Designer de Sobrancelha com hena + buço, por apenas R$ 50,00 (cinqüenta reais). Aproveite e marque sua visita pelo telefone disponível no banner abaixo:

Comentários

Sétimo Waquim cotado para a Codevasf

08/05/2015 • 11:11

O ex-deputado federal Sétimo Waquim(na foto ao lado da esposa Socorro waquim) está cotado para assumir um cargo no governo federal. Ele tem como padrinho o vice-presidente da república, Michel Temer.

Deputado federal por dois mandatos consecutivos, Sétimo depois de conversar com Michel Temer recebeu o conselho deste para que conseguisse 50 assinaturas de parlamentares do PMDB com o apoio a sua nomeação para diretor da Codevasf- a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e Parnaíba.

O ex-parlamentar timonense, segundo uma fonte da família dele, já teria conseguido as assinaturas dos ex-colegas.

Esta sexta-feira pode ser decisiva ao ex-deputado timonense. Há quem diga que a presidente Dilma Roussef definirá os nomes para os cargos federais que ainda faltam nomeação no Maranhão neste final de semana.

Com orçamento de 500 milhões de reais, a Codevasf seria importantíssima para alavancar o grupo Waquim em Timon e claro, a ex-prefeita Socorro Waquim, nome com boa penetração e aceitação entre muitos timonenses.

Por incrível que pareça, o principal obstáculo para Sétimo Waquim atingir seu objetivo pode estar dentro do próprio PMDB maranhense. E o nome que pode melar seu propósito não é nada fraco. Chama-se José Sarney. Sem mandato e sem o governo do estado, agora nas mãos de Flávio Dino e dos seus adversários, o velho oligarca está ávido por cargos para dar aos mais próximos. Se Sétimo conseguir o apoio da velha raposa, o cargo é dele...


Os bastidores da visita da comissão de deputados a Timon


Quem ver as fotos bem comportadas dos deputados da comissão de obras as assembleia legislativa do Maranhão durante a visita que fizeram a Timon no dia de ontem, não imagina que nos bastidores, longe das câmeras, a temperatura esteve elevada tendo como combustível principal a política. A discussão mais acirrada envolveu o deputada Alexandre Almeida e o vereador Kennedy Gedeon.

O entrevero entre os dois ocorreu no bairro Notem Tempo e teve como causa principal a rodovia MA 040, que liga Timon a Matões. Foi através de uma emenda do deputado que a estrada deveria ter sido iniciada na gestão de Roseana Sarney.

Kennedy cobrou de Alexandre porque a obra nunca saiu do papel. O deputado se eximiu da responsabilidade onde teria argumentando que não era executivo.

A discussão entre os dois chamou a atenção da comissão e muitos dos presentes interviram para acalmar os ânimos.


Vereador condena ausência de deputados na audiência



Um outro momento que deu o que falar foi a decisão de se ausentar da maioria dos deputados que vieram para a audiência pública na Câmara. Formada por sete deputados que acompanharam a visita as obras inacabadas do governo do estado em Timon, o público presente na audiência na Câmara Municipal viu o evento ser esvaziado pelas autoridades parlamentares. Antes mesmo da metade da audiência, ausentaram-se os deputados Edilázio Júnior, Hemetério Weba, Fábio Macedo, Alexandre Almeida e Roberto Costa (Rogério Cafeteira já havia viajado ao meio dia para um compromisso em Brasília).

Criticados pelo público e parte dos vereadores, o presidente da comissão de obras e coordenador da audiência, deputado Vinícius Louro, tentou minimizou a atitude dos colegas dizendo que eles tinham uma audiência marcada com o presidente da Assembleia Legislativa do Piauí, Themístocles Filho.

A justificativa de Vinícius Louro não convenceu boa parte dos presentes que ficou na audiência. O vereador Lázaro Martins(foto logo acima), do PSB, disse que a atitude dos parlamentares destoou com um evento muito importante, pois ao mesmo tempo que jogou luz para esclarecer os problemas com obras inacabadas deixadas pela gestão Roseana Sarney no município, os deputados da comissão que se ausentaram faltaram com o respeito com Timon.

“Os deputados que se ausentaram faltaram com o compromisso com a população. Eles ignoraram o público presente e perderam a oportunidade de ouvir a população e suas indagações . Dos seis deputados que estiveram aqui, apenas Vinicius Louro e Rafael Leitoa permaneceram. Tivemos deputados que foram bem votados em Timon, mas que aqui chegaram no evento calados e saíram mudos, demonstrando total falta de compromisso com os problemas do município”, finalizou o vereador.


Deputado Alexandre Almeida acompanhou Comissão da Assembleia em visita a obras em Timon


A Comissão de Obras da Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão realizou visitas a diversas obras em andamento no município de Timon na manhã desta quinta-feira, 07. Os deputados percorreram as obras do Centro de Detenção Provisória no Povoado Maracujá, da reforma e adequação do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco, da reforma e ampliação do 11º Batalhão da Polícia Militar, da construção do Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS e da construção do Centro Tecnológico de Timon.

Além da visita às obras, a Comissão também foi conhecer a situação em que se encontra o CAIC de Timon, visita incluída por meio de pedido do deputado estadual Alexandre Almeida. O principal objetivo da visita da Comissão de Obras em Timon foi conhecer a situação das obras em andamento no município e pressionar o Governo do Estado do Maranhão para que as mesmas sejam aceleradas. A comissão presenciou o avançado andamento de obras como o do 11º Batalhão da Polícia Militar e do CREAS, assim como obras que enfrentam problemas de ordem contratual e de projeto, como o do Centro de Detenção Provisório.

“Hoje a Comissão de Obras da Assembleia pôde presenciar a quantidade de obras que o Governo anterior trouxe para Timon, contando com a nossa colaboração como deputado estadual, quando naquela Casa aprovamos que o Governo do Estado contraísse empréstimos junto ao BNDES. Visitamos obras de grande importância para a população timonense e que vamos continuar buscando a celeridade para que elas sejam concluídas”, destacou Alexandre Almeida.

No período da tarde os deputados participaram de uma audiência pública na Câmara Municipal de Timon, onde os vereadores e a população foram ouvidas sobre a importância das obras para a sociedade. “Todas as obras que foram visitadas hoje têm a minha participação como deputado estadual. Me orgulho de poder vir aqui e mostrar o resultado do meu trabalho como deputado estadual. Além disso, fico feliz de poder voltar a esta Casa da qual fiz parte, como vereador eleito por Timon, para discutir melhorias para nossa população”, relatou o parlamentar. Além de Alexandre Almeida, também participaram da visita os deputados Vinicius Louro, Rafael Leitoa, Edilásio Júnior, Rogério Cafeteira e Hemetério Weba, além de uma comitiva de vereadores.
(Assessoria)


Águas de Timon informa sobre intervenção na avenida Luís Firmino de Sousa


Na noite desta quinta-feira (07/05), uma adutora de 250mm foi rompida na avenida Luís Firmino de Sousa, em frente ao hospital Alarico Pacheco. A equipe operacional da Águas de Timon já realizou a devida manutenção e o sistema foi religado à meia-noite, horário da finalização do serviço.

A recomposição asfáltica do local será realizada em até 5 dias úteis, pois é um serviço terceirizado da concessionária.

Para mais informações, ligar para a central de atendimentos: (99) 3212- 4418


Comentários

Reforma do hospital Alarico Pacheco vai demorar 18 meses

07/05/2015 • 18:52

A visita de deputados da Comissão de Obras da Assembleia Legislativa do Maranhão a Timon hoje serviu para jogar luz a muitas obras de infraestruturas do governo do estado que estão paradas ou andam lentas. A mais importante delas para a população, que é a reforma e ampliação do hospital Regional Alarico Pacheco, deve demorar muito mais do que todos esperavam.

Na audiência pública realizada na Câmara Municipal de Timon foi revelado que após visita dos deputados na manhã desta quinta-feira (7) ao canteiro de obras do hospital, descobriu-se que o término das obras naquela importante unidade de saúde poderá demorar até 18 meses.

A revelação provocou grande surpresa nos presentes na audiência, pois muitos achavam que até o final deste ano as obras estariam prontas.

De acordo com a Comissão de deputados da assembléia, esta informação teria sido prestada pelo próprio empreiteiro que faz a ampliação, reforma e adequação no prédio do Alarico Nunes Pacheco. A obra foi iniciada na gestão de Roseana Sarney e caminha a passos lentos. E ainda de acordo com os deputados, o empreiteiro informou que o prazo de 18 meses será cumprido se não haver nenhum contratempo.

A reforma e ampliação do Hospital Regional Alarico Nunes Pacheco tem por objetivo transformá-lo em um Hospital Geral, o que o tornará na principal unidade de saúde no município.

Comentários

  1. «
  2. ... 
  3. 6
  4. 7
  5. 8
  6. 9
  7. 10
  8. 11
  9. 12
  10. ...
  11. »
ENVIE SEU COMENTÁRIO
COMPARTILHE COM AMIGOS

O Portal AZ é apenas o meio contratado para divulgação deste material.
Todo conteúdo, imagem e/ou opiniões constantes neste espaço é de responsabilidade civil e penal exclusiva do blogueiro.
O material aqui divulgado não mantém qualquer relação com a opinião editorial da empresa.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2009