1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. No desmonte, até a Chesf
Publicidade

No desmonte, até a Chesf

Com a defenestração do ex-ministro João Henrique Souza da presidência do Sebrae, o Piauí perde em questão de meses, dois importantes órgãos: A Codevasf, que era presidida por Avelino Neiva e , agora, o Sebrae. João Henrique foi substituído, por birra do ministro da Economia Paulo Guedes. Que colocou no lugar o candidato que João Henrique derrotou. Pois bem, como político do Piauí só briga por cargos e emendas – aquelas que fazem prefeitos e pequenos empreiteiros sorrirem, e eles também – vai daqui a informação de que até a Chesf vai passar a existir aqui somente através de suas torres de transmissão. Diz-se que o diretor de operação da Chesf, João Henrique de Araújo Franklin Neto, já autorizou os testes de transferência das atividades do Centro Regional de Operação de Teresina para o Centro Regional de Operação de Fortaleza, cujo processo deverá ser implantado a partir do dia primeiro de maio. E, aí, a pessoa que passou essa informação pergunta: “E a classe política do Piauí aceitará esse capricho do João Henrique de Araújo Franklin Neto sem reação”? Aceitando ou não, se vê mais um órgão federal reduzindo suas atividades no Estado e, no caso da Chesf, como se sua atuação não fosse mais tão importante como foi até então. Enquanto isso, os congressistas – os dez deputados federais e três senadores – que não votaram em Bolsonaro correm atrás dos carguinhos para emplacar seus apadrinhados nos órgãos federais restantes.

João Henrique aceita convite do governador Ibaneis e vai dirigir o Sebrae-DF (Foto: Ascom)

O lugar do João 

João Henrique Souza vai ficar mesmo em Brasília. Deixa o Sebrae nacional e assume cargo no Sebrae do Distrito Federal, por indicação do governador Ibaneis Rocha. 
João passa a Semana Santa em Portugal.

Bom conselheiro 

Destacado membro da Executiva Nacional do MDB, João Henrique é um habilidoso estrategista. 
Pode assessorar muito Ibaneis nessa sua escalada para assumir a presidência do partido.

Codó sem Bita do Barão

Já tem gente projetando dias difíceis para Codó, com a morte de Bita do Barão. A mercantilização da fé, o povo, principalmente o necessitado, cheio de crenças, termina sendo a fonte de renda desses tipos que professam falsas ações ditas milagrosas.

João do Diabo

Veja-se o caso do monstro chamado João de Deus, que enriqueceu explorando a fé dos que o procuravam para curar suas mazelas, suas doenças, suas desgraças.

Cidade fantasma 

E até aqueles que acreditavam que eles pudessem lhes favorecer o caminho da riqueza. Com ele preso, a cidade está quase fantasmagórica.
E, pensando assim, tem um sujeito nas redes sociais admitindo que sem Bita do Barão, Codó vai encolher.

Visitante inesperado

O prefeito de Teresina foi bem recebido pelo ex-deputado Doutor Pessoa (sem partido). Em um gesto que demonstrou humildade, Firmino foi até a casa do ex-deputado, que se coloca como pré-candidato a prefeito da capital avaliar os ânimos do médico.

Pode aceitar

Fontes do PSDB afirmam que a estratégia do grupo é viabilizar Pessoa como candidato a vice em uma chapa encabeçada pelo ex-prefeito, Sílvio Mendes, que está no Progressistas.

Pessoa não aceita 

O difícil está sendo convencer pessoa a desistir de uma candidatura majoritária. Pessoas próximas afirmam que ele pode aceitar a proposta com a promessa de ser ele o próximo candidato.

Recado ao MDB?

A visita de Firmino a Dr. Pessoa foi vista como um recado ao MDB, que teria esnobando o deputado, e inclusive, lhe sugerido um curso de oratória, como condição para que ele ingressasse no partido.
Pessoa, que já teria afirmado em bilhete escrito à mão que se filiaria ao partido, recuou.

Falta um grupo

Com capital político notável, Doutor Pessoa até poderia ser o cabeça da chapa, porém, lhe falta um suporte político. 
O que está sendo proporcionado por Firmino.

Lisiê na Sasc

A ex-deputada Lisiê Coêlho deve ser acomodada na Sasc, junto com o deputado Zé Santana. A emedebista que está sem mandato está à espera de ajuda do MDB.
O pedido para incluí-la em uma espécie de subsecretária na pasta que agregou a secretaria de trabalho, foi feito pelo presidente da Alepi, Themístocles Filho. 

Indicação de Evaldo

O Solidariedade deve selar o seu ingresso na gestão municipal indicando o ex-presidente da Fundac, Sheyvan Lima, para o comando da Fundação Wall Ferraz, pasta que foi ocupada pelo delegado James Guerra.
O jantar entre Evaldo Gomes e Firmino pelo visto, teve sobremesa.

Pin-Pong
Longe da Lava Jato 

Os repórteres cercam Dr Pessoa na hora que o prefeito Firmino Filho o visita em sua casa. 

O repórter: “Como é que está sendo esse encontro depois da campanha de agressões entre vocês?”
Dr Pessoa: “Meu amigo eu recebo todo mundo, só não quero conversa com gente da Lava Jato”.  

Expressas 

A Justiça Itinerante abre inscrições entre os dias 22 e 26 de abril para o casamento coletivo que acontecerá durante a Cidade Junina 2019 de Teresina.

Funcionários do Hospital de Urgência de Teresina reivindicam melhores condições de trabalho. Eles cobram um plano estratégico para suprir as demandas da unidade. 

Editais para seleção de espetáculos de dança e teatro serão abertos nesta segunda-feira (22). A comissão irá escolher até seis espetáculos de cada segmento.

Com a defenestração do ex-ministro João Henrique Souza da presidência do Sebrae, o Piauí perde em questão de meses, dois importantes órgãos: A Codevasf, que era presidida por Avelino Neiva e , agora, o Sebrae. João Henrique foi substituído, por birra do ministro da Economia Paulo Guedes. Que colocou no lugar o candidato que João Henrique derrotou. Pois bem, como político do Piauí só briga por cargos e emendas – aquelas que fazem prefeitos e pequenos empreiteiros sorrirem, e eles também – vai daqui a informação de que até a Chesf vai passar a existir aqui somente através de suas torres de transmissão. Diz-se que o diretor de operação da Chesf, João Henrique de Araújo Franklin Neto, já autorizou os testes de transferência das atividades do Centro Regional de Operação de Teresina para o Centro Regional de Operação de Fortaleza, cujo processo deverá ser implantado a partir do dia primeiro de maio. E, aí, a pessoa que passou essa informação pergunta: “E a classe política do Piauí aceitará esse capricho do João Henrique de Araújo Franklin Neto sem reação”? Aceitando ou não, se vê mais um órgão federal reduzindo suas atividades no Estado e, no caso da Chesf, como se sua atuação não fosse mais tão importante como foi até então. Enquanto isso, os congressistas – os dez deputados federais e três senadores – que não votaram em Bolsonaro correm atrás dos carguinhos para emplacar seus apadrinhados nos órgãos federais restantes.

João Henrique aceita convite do governador Ibaneis e vai dirigir o Sebrae-DF (Foto: Ascom)

O lugar do João 

João Henrique Souza vai ficar mesmo em Brasília. Deixa o Sebrae nacional e assume cargo no Sebrae do Distrito Federal, por indicação do governador Ibaneis Rocha. 
João passa a Semana Santa em Portugal.

Bom conselheiro 

Destacado membro da Executiva Nacional do MDB, João Henrique é um habilidoso estrategista. 
Pode assessorar muito Ibaneis nessa sua escalada para assumir a presidência do partido.

Codó sem Bita do Barão

Já tem gente projetando dias difíceis para Codó, com a morte de Bita do Barão. A mercantilização da fé, o povo, principalmente o necessitado, cheio de crenças, termina sendo a fonte de renda desses tipos que professam falsas ações ditas milagrosas.

João do Diabo

Veja-se o caso do monstro chamado João de Deus, que enriqueceu explorando a fé dos que o procuravam para curar suas mazelas, suas doenças, suas desgraças.

Cidade fantasma 

E até aqueles que acreditavam que eles pudessem lhes favorecer o caminho da riqueza. Com ele preso, a cidade está quase fantasmagórica.
E, pensando assim, tem um sujeito nas redes sociais admitindo que sem Bita do Barão, Codó vai encolher.

Visitante inesperado

O prefeito de Teresina foi bem recebido pelo ex-deputado Doutor Pessoa (sem partido). Em um gesto que demonstrou humildade, Firmino foi até a casa do ex-deputado, que se coloca como pré-candidato a prefeito da capital avaliar os ânimos do médico.

Pode aceitar

Fontes do PSDB afirmam que a estratégia do grupo é viabilizar Pessoa como candidato a vice em uma chapa encabeçada pelo ex-prefeito, Sílvio Mendes, que está no Progressistas.

Pessoa não aceita 

O difícil está sendo convencer pessoa a desistir de uma candidatura majoritária. Pessoas próximas afirmam que ele pode aceitar a proposta com a promessa de ser ele o próximo candidato.

Recado ao MDB?

A visita de Firmino a Dr. Pessoa foi vista como um recado ao MDB, que teria esnobando o deputado, e inclusive, lhe sugerido um curso de oratória, como condição para que ele ingressasse no partido.
Pessoa, que já teria afirmado em bilhete escrito à mão que se filiaria ao partido, recuou.

Falta um grupo

Com capital político notável, Doutor Pessoa até poderia ser o cabeça da chapa, porém, lhe falta um suporte político. 
O que está sendo proporcionado por Firmino.

Lisiê na Sasc

A ex-deputada Lisiê Coêlho deve ser acomodada na Sasc, junto com o deputado Zé Santana. A emedebista que está sem mandato está à espera de ajuda do MDB.
O pedido para incluí-la em uma espécie de subsecretária na pasta que agregou a secretaria de trabalho, foi feito pelo presidente da Alepi, Themístocles Filho. 

Indicação de Evaldo

O Solidariedade deve selar o seu ingresso na gestão municipal indicando o ex-presidente da Fundac, Sheyvan Lima, para o comando da Fundação Wall Ferraz, pasta que foi ocupada pelo delegado James Guerra.
O jantar entre Evaldo Gomes e Firmino pelo visto, teve sobremesa.

Pin-Pong
Longe da Lava Jato 

Os repórteres cercam Dr Pessoa na hora que o prefeito Firmino Filho o visita em sua casa. 

O repórter: “Como é que está sendo esse encontro depois da campanha de agressões entre vocês?”
Dr Pessoa: “Meu amigo eu recebo todo mundo, só não quero conversa com gente da Lava Jato”.  

Expressas 

A Justiça Itinerante abre inscrições entre os dias 22 e 26 de abril para o casamento coletivo que acontecerá durante a Cidade Junina 2019 de Teresina.

Funcionários do Hospital de Urgência de Teresina reivindicam melhores condições de trabalho. Eles cobram um plano estratégico para suprir as demandas da unidade. 

Editais para seleção de espetáculos de dança e teatro serão abertos nesta segunda-feira (22). A comissão irá escolher até seis espetáculos de cada segmento.

Vale o que está escrito? Operação natureza

Mais lidas desse blog