1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. De olho no Finisa
Publicidade

De olho no Finisa

O governo estadual e a Caixa Econômica Federal acertaram no começo de abril alterações no contrato de financiamento do Finisa – Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Financiamento. Pelo que foi acordado, para a prestação da primeira parcela do empréstimo, devem ser observadas as recomendações constantes no acórdão 2.490/18 do Tribunal de Contas da União. Esse acórdão derivou de representação do deputado Rodrigo Martins à corte de contas. Basicamente, os ministros do TCU decidiram que a Caixa Econômica Federal, “na condição de instituição financiadora, deve tomar as medidas cabíveis para garantir que os recursos aplicados no âmbito do Finisa respeitem a finalidade do programa”, o que significa que liberalidades anteriormente adotadas pelo governo estadual devem ser coibidas. O acórdão do TCU foi bonzinho com o governo estadual, pois “com relação aos valores já repassados no âmbito da primeira parcela do Contrato de Financiamento 0482.405-71, firmado com o Estado do Piauí, deve ser reconhecida, em caráter excepcional e em razão das circunstâncias específicas do caso, a permissão para o reembolso de despesas pretéritas à sua assinatura, desde que efetuadas dentro do escopo pactuado e realizadas entre o recebimento da carta consulta e a assinatura do contrato, estando vedada a aludida permissão para as demais parcelas, tendo em vista a ausência de autorização legal e contratual”. Ou seja, eventuais desvios de finalidades não serão mais aceitos. E assim, segue o governo estadual tendo que explicar melhor como aplica recursos obtidos de empréstimos que serão pagos por governantes que virão depois do atual governador.

Celso Barros Neto vai entrar na briga para evitar a transferência do centro de operações da Chesf para o Ceará (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

Não vai, não!

O presidente da OAB Piauí, Celso Barros Neto tem reunião marcada na entidade para discutir a decisão da direção da Chesf de transferir para Fortaleza, o centro de operações de Teresina. 
A decisão é de um certo diretor João Henrique, que parece desobedecer até a ordem do ministro. 

Vai, sim!

Dias atrás o senador Elmano Férrer, recebeu do ministro das Minas e Energia a informação de que esse assunto da Chesf seria revisto. 
Parece que o ministro ou foi enganado pelo subordinado João Henrique ou enganou o senador piauiense.

Os dois 

O senador Elmano Ferrer foi o único político, até agora, a tratar da questão. 
Cite-se também o governador Wellington Dias que já escreveu para o governo federal defendendo a permanência da Chesf no Piauí. 

O Júlio também 

Ah, cite-se também por dever de justiça o deputado federal Júlio Cesar Lima. Ele chegou a encaminhar carta ao ministro das Minas e Energia defendendo a manutenção do centro de operações da Chesf em Teresina.

Ilhado

O aguaceiro que tem caído no litoral encheu lagoas e lagunas, mas tem muitos efeitos colaterais. Pousadas na região das praias de Maramar e Macapá estão ilhadas.

Ilhado 2

Outro lugar ilhado por água empoçada é o shopping Dunas, situado ao lado da faculdade Mauricio de Nassau.
Felizmente, os parnaibanos têm o excelente e seco Parnaíba Shopping.

Cartada

O MDB ensaia ter um candidato próprio à Prefeitura de Teresina. Henrique Pires já até colocou seu nome à disposição do partido, mas os emedebistas alimentam a esperança de ter um candidato coringa e forte: o padre Nilton, o carismático sacerdote que reúne milhares de pessoas toda semana em sua missa da misericórdia.

Na lei

Faz pelo menos um ano que é chamado de Esperança Garcia o espaço cultural antes conhecido como Zumbi dos Palmares. Mas somente na semana passada é que uma lei estadual tornou oficial a denominação atual do prédio que já se chamou também de Domingos Jorge Velho.

Dois anos

O governo estadual prorrogou por dois anos, com base em lei sancionada na semana passada, contratos temporários de servidores da Fundação Antares, que mantém as emissoras públicas de TV e rádio do Piauí. Com isso, o pessoal atualmente contratado poderá permanecer por mais dois anos.

Concurso

A lei que prorrogou contratos temporários de pessoal das emissoras públicas estabelece que sejam mantidos os atuais empregados até que se faça um concurso público ou se realize uma seleção para novos contratos por tempo determinado.

Boa nova

Olha só que boa novidade: em Oeiras, a prefeitura organiza a coleta seletiva de lixo. Esta semana, após 20 dias de iniciado o processo, foram recolhidas mais de cinco toneladas de material reciclável, vendidas a uma empresa recicladora em Picos.

Leite em pó

Quer dar ovos de páscoa para crianças do Lar de Maria? Pois faça melhor, doe leite em pó, que ajudará muito mais as crianças com câncer acolhidas naquela casa.

Sem desculpa

Desde a semana passada a Prefeitura de Teresina vem divulgando em redes sociais e mídia convencional a localização de radares estáticos que flagram motoristas apressadinhos demais para cumprir a regra da velocidade da vida. Será que se forem multados vão recorrer à velha desculpa da “indústria da multa”.

Ping-pong
Eu não voto n’eu, não!

O vereador Bernardino Mota Neto, o popular Dinga, da cidade de Currais é candidato a presidente da Câmara de Vereadores do município. Seu grupo tem cinco vereadores e a oposição, quatro. Na hora da votação, Dinga some e só reaparece quando o placar se mantém em 4x4. Para eleger-se falta apenas o seu voto. Enfim, ele chega ao plenário. 

Um vereador: “Meu caro, estamos esperando apenas você votar para ser eleito o próximo presidente...”
Bernardino: “Pois podem escolher outro presidente...”
Um vereador: “Mas por que?”
Bernardino: “Porque eu não voto n’eu, não”.

Expressas

Lei estadual denominou Leonardo Santos Feitosa uma escola agrícola da Seduc no município de Lagoa do Piauí.

Hoje é sábado de aleluia, dia de malhar o Judas, mas pensando bem, o Iscariotes tinha mais caráter que muita gente no mundo atual.

Eliseu Martins é mais um município do Piauí a receber uma usina de energia solar, instalada na zona rural.

O governo estadual e a Caixa Econômica Federal acertaram no começo de abril alterações no contrato de financiamento do Finisa – Programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Financiamento. Pelo que foi acordado, para a prestação da primeira parcela do empréstimo, devem ser observadas as recomendações constantes no acórdão 2.490/18 do Tribunal de Contas da União. Esse acórdão derivou de representação do deputado Rodrigo Martins à corte de contas. Basicamente, os ministros do TCU decidiram que a Caixa Econômica Federal, “na condição de instituição financiadora, deve tomar as medidas cabíveis para garantir que os recursos aplicados no âmbito do Finisa respeitem a finalidade do programa”, o que significa que liberalidades anteriormente adotadas pelo governo estadual devem ser coibidas. O acórdão do TCU foi bonzinho com o governo estadual, pois “com relação aos valores já repassados no âmbito da primeira parcela do Contrato de Financiamento 0482.405-71, firmado com o Estado do Piauí, deve ser reconhecida, em caráter excepcional e em razão das circunstâncias específicas do caso, a permissão para o reembolso de despesas pretéritas à sua assinatura, desde que efetuadas dentro do escopo pactuado e realizadas entre o recebimento da carta consulta e a assinatura do contrato, estando vedada a aludida permissão para as demais parcelas, tendo em vista a ausência de autorização legal e contratual”. Ou seja, eventuais desvios de finalidades não serão mais aceitos. E assim, segue o governo estadual tendo que explicar melhor como aplica recursos obtidos de empréstimos que serão pagos por governantes que virão depois do atual governador.

Celso Barros Neto vai entrar na briga para evitar a transferência do centro de operações da Chesf para o Ceará (Foto: Marcelo Gomes / Portal AZ)

Não vai, não!

O presidente da OAB Piauí, Celso Barros Neto tem reunião marcada na entidade para discutir a decisão da direção da Chesf de transferir para Fortaleza, o centro de operações de Teresina. 
A decisão é de um certo diretor João Henrique, que parece desobedecer até a ordem do ministro. 

Vai, sim!

Dias atrás o senador Elmano Férrer, recebeu do ministro das Minas e Energia a informação de que esse assunto da Chesf seria revisto. 
Parece que o ministro ou foi enganado pelo subordinado João Henrique ou enganou o senador piauiense.

Os dois 

O senador Elmano Ferrer foi o único político, até agora, a tratar da questão. 
Cite-se também o governador Wellington Dias que já escreveu para o governo federal defendendo a permanência da Chesf no Piauí. 

O Júlio também 

Ah, cite-se também por dever de justiça o deputado federal Júlio Cesar Lima. Ele chegou a encaminhar carta ao ministro das Minas e Energia defendendo a manutenção do centro de operações da Chesf em Teresina.

Ilhado

O aguaceiro que tem caído no litoral encheu lagoas e lagunas, mas tem muitos efeitos colaterais. Pousadas na região das praias de Maramar e Macapá estão ilhadas.

Ilhado 2

Outro lugar ilhado por água empoçada é o shopping Dunas, situado ao lado da faculdade Mauricio de Nassau.
Felizmente, os parnaibanos têm o excelente e seco Parnaíba Shopping.

Cartada

O MDB ensaia ter um candidato próprio à Prefeitura de Teresina. Henrique Pires já até colocou seu nome à disposição do partido, mas os emedebistas alimentam a esperança de ter um candidato coringa e forte: o padre Nilton, o carismático sacerdote que reúne milhares de pessoas toda semana em sua missa da misericórdia.

Na lei

Faz pelo menos um ano que é chamado de Esperança Garcia o espaço cultural antes conhecido como Zumbi dos Palmares. Mas somente na semana passada é que uma lei estadual tornou oficial a denominação atual do prédio que já se chamou também de Domingos Jorge Velho.

Dois anos

O governo estadual prorrogou por dois anos, com base em lei sancionada na semana passada, contratos temporários de servidores da Fundação Antares, que mantém as emissoras públicas de TV e rádio do Piauí. Com isso, o pessoal atualmente contratado poderá permanecer por mais dois anos.

Concurso

A lei que prorrogou contratos temporários de pessoal das emissoras públicas estabelece que sejam mantidos os atuais empregados até que se faça um concurso público ou se realize uma seleção para novos contratos por tempo determinado.

Boa nova

Olha só que boa novidade: em Oeiras, a prefeitura organiza a coleta seletiva de lixo. Esta semana, após 20 dias de iniciado o processo, foram recolhidas mais de cinco toneladas de material reciclável, vendidas a uma empresa recicladora em Picos.

Leite em pó

Quer dar ovos de páscoa para crianças do Lar de Maria? Pois faça melhor, doe leite em pó, que ajudará muito mais as crianças com câncer acolhidas naquela casa.

Sem desculpa

Desde a semana passada a Prefeitura de Teresina vem divulgando em redes sociais e mídia convencional a localização de radares estáticos que flagram motoristas apressadinhos demais para cumprir a regra da velocidade da vida. Será que se forem multados vão recorrer à velha desculpa da “indústria da multa”.

Ping-pong
Eu não voto n’eu, não!

O vereador Bernardino Mota Neto, o popular Dinga, da cidade de Currais é candidato a presidente da Câmara de Vereadores do município. Seu grupo tem cinco vereadores e a oposição, quatro. Na hora da votação, Dinga some e só reaparece quando o placar se mantém em 4x4. Para eleger-se falta apenas o seu voto. Enfim, ele chega ao plenário. 

Um vereador: “Meu caro, estamos esperando apenas você votar para ser eleito o próximo presidente...”
Bernardino: “Pois podem escolher outro presidente...”
Um vereador: “Mas por que?”
Bernardino: “Porque eu não voto n’eu, não”.

Expressas

Lei estadual denominou Leonardo Santos Feitosa uma escola agrícola da Seduc no município de Lagoa do Piauí.

Hoje é sábado de aleluia, dia de malhar o Judas, mas pensando bem, o Iscariotes tinha mais caráter que muita gente no mundo atual.

Eliseu Martins é mais um município do Piauí a receber uma usina de energia solar, instalada na zona rural.

Vale o que está escrito? No desmonte, até a Chesf

Mais lidas desse blog