1. Colunas
  2. Arimatéia Azevedo
  3. Boa safra de novo
Publicidade

Boa safra de novo

Se as chuvas que começaram nesta semana a dar um ar da graça no Sudoeste do Piauí foram tão boas e bem distribuídas como na safra 2017/2018, para a safra que começa a ser plantada este ano e será colhida em 2019, as perceptivas são ainda melhores. Altair Fianco, presidente da seção piauiense da Associação Brasileira de Produtores de Soja, estima que haverá expansão de até 5% na área plantada do grão, saindo de 711 mil hectares na safra colhida neste ano para 740 mil hectares em 2019. A estimativa é que se saia de uma produção de 2,4 milhões para 2,6 milhões de toneladas, algo perto de 8%. Ainda não há dados sobre milho, arroz, algodão e girassol, mas também essas culturas devem se expandir, sobretudo o milho, que tem sido essencial para a avicultura, que no Piauí vem se transformando em uma atividade econômica dinâmica, colocando o Estado entre os de melhor desempenho no Nordeste. Por conta das boas expectativas de colheita na safra 2018/2019, os produtores do Sudoeste do Piauí também devem ampliar os níveis de reivindicações junto ao governo estadual, para exigir, sobretudo, que seja dada prioridade absoluta à construção e melhoria de estradas na região. Eles devem apresentar ainda ao novo governo federal um pedido de se destravar a obra da ferrovia Transnordestina.

Fabio Sérvio: mais votos que o neoapoiador de Bolsonaro, o senador Elmano (Foto: Lucas Sousa/ Portal AZ)

Pouca vergonha 

O ex-secretário de Segurança Fábio Abreu gaba-se de ser campeão de votos para deputado federal. 
Mas deve esconder a vergonhosa estatística de que de cada 10 delegacias, em oito faltam policiais. 

Aliás...

No ranking mostrado ontem pela Globo News, o PIAUÍ lidera no primeiro lugar com 98,9% de déficit de pessoal em suas delegacias. 
Os inquéritos, por conta disso, se arrastam por anos.

Muito antes

Elmano Férrer tem um mandato de senador que vai durar mais 4 anos – e, portanto, é um apoio que Bolsonaro não pode desprezar. 
Elmano perdeu para o candidato bolsonarista de raiz, Fabio Servio, em quase todos os municípios do Piauí.

Bem na foto

Na comparação com Elmano, Servio deu um baile em cidades como Parnaíba, onde teve cinco vezes mais votos que o senador, e Teresina, onde botou uma vantagem duas vezes e meia maior.
Se foi lento na busca do voto o Veim foi célere atrás do cobertor do candidato a presidente. 

Cintura fina

Depois do segundo turno, a eleição que vai despertar paixões é a da escolha dos novos dirigentes da OAB. Geórgia Nunes, advogada eleitoralista, ensaia uma candidatura a presidente. 
Tem jogo de cintura, tanto que na eleição geral ela conseguiu trabalhar para Ciro Nogueira e Luciano Nunes, que disputavam em campos opostos.

Depois...

Passada a eleição da OAB, vem a da Assembleia Legislativa, onde o desenho das bancadas, renovadas em apenas sete cadeiras, parece favorecer o atual presidente Themistocles Filho, há 12 anos no comando da Casa.

Charme

O PP e o PT têm, juntos, dez cadeiras, contra seis do MDB de Themistocles. O problema é que na escolha do presidente, os partidos não são tão importantes. O apelo de quem comanda um orçamento anual de quase R$ 300 milhões é muito mais charmoso que as siglas partidárias.

Energia

O governo do Estado anuncia uma parceria público-privada para construção de pequenas usinas fotovoltaicas. Não se sabe a modelagem da proposta, mas o governo jura que vai conseguir gerar excedente para pagar a sua conta de energia com a concessionária privada.

Turnover

Os novos controladores da Cepisa dizem que será precipitado dizer se haverá um corte no quadro de pessoal. 
Só um tolo acreditaria nesse tipo de desculpa. Claro que haverá demissões. 

É regra 

É praticamente uma regra de ouro em companhias desestatizadas a troca de pessoal mais antigo e com maiores salários por gente mais nova e de menor custo.
E com muita vontade para trabalhar. 

Bravata

Onyx Lorenzoni, deputado federal reeleito pelo DEM gaúcho, vai ser o chefe da Casa Civil no cada vez mais provável governo Bolsonaro. 
E já começou tropeçando. Anunciou esta semana que passarão um corte em 25 mil cargos comissionados quando só existem, na real, 23 mil. 

Ah, são 20 mil 

Mesmo assim Onyx insistiu que serão cortados 20 mil cargos. 
De duas, uma: o gaucho faroleiro ou é ingênuo demais ou pensa que pode insultar impunemente a inteligência alheia.

Bravata 2

Bolsonaro declara que vai dar carta branca para que a PM possa matar em serviço. 
Esse é o tipo da declaração que cai no vazio porque ele é candidato a presidente, não a governador, que, em tese, é quem pode determinar o que a Polícia Militar pode fazer.

Bancada fiel

Dos 13 congressistas piauienses, somente dois devem fazer oposição a Jair Bolsonaro caso ele seja eleito presidente: os petistas Rejane Dias e Assis Carvalho. Essa é a avaliação de um experimentado integrante da bancada federal do Piauí.

Aliás

Os dois únicos deputados eleitos em oposição a Wellington Dias, Marina Santos (PTC) e Átila Lira (PSB) devem trocar de partido. Átila porque vai para uma agremiação ligada a Bolsonaro e Marina porque o PTC deverá se juntar a outras legendas para escapar da cláusula de barreira.

Ping-Pong

Ponto de vista do leitor

Osvaldo Nobre, dirigente do semanário O Debate, de Belo Horizonte, encontra-se com José Maria Alkmin.

Alkmin: “Excelente seu jornal, Osvaldo. Leio-o todos os dias.”

Osvaldo: “Mas é um semanário!”

Alkmin: “Semanário para você, que faz uma vez por semana. Para mim, que leio todos os dias, é diário.”

Expressas

A Secretaria de Administração e Previdência segue abrindo inquéritos para investigar acumulações de cargos por servidores públicos.

São esperadas chuvas neste fim de semana em cidades no Sul do Piauí. Chuvas fortes, o que é sempre uma boa notícia.

Wellington Dias condecorou mais de 86 personalidades na quinta e sexta-feira com a Medalha de Renascença.

Se as chuvas que começaram nesta semana a dar um ar da graça no Sudoeste do Piauí foram tão boas e bem distribuídas como na safra 2017/2018, para a safra que começa a ser plantada este ano e será colhida em 2019, as perceptivas são ainda melhores. Altair Fianco, presidente da seção piauiense da Associação Brasileira de Produtores de Soja, estima que haverá expansão de até 5% na área plantada do grão, saindo de 711 mil hectares na safra colhida neste ano para 740 mil hectares em 2019. A estimativa é que se saia de uma produção de 2,4 milhões para 2,6 milhões de toneladas, algo perto de 8%. Ainda não há dados sobre milho, arroz, algodão e girassol, mas também essas culturas devem se expandir, sobretudo o milho, que tem sido essencial para a avicultura, que no Piauí vem se transformando em uma atividade econômica dinâmica, colocando o Estado entre os de melhor desempenho no Nordeste. Por conta das boas expectativas de colheita na safra 2018/2019, os produtores do Sudoeste do Piauí também devem ampliar os níveis de reivindicações junto ao governo estadual, para exigir, sobretudo, que seja dada prioridade absoluta à construção e melhoria de estradas na região. Eles devem apresentar ainda ao novo governo federal um pedido de se destravar a obra da ferrovia Transnordestina.

Fabio Sérvio: mais votos que o neoapoiador de Bolsonaro, o senador Elmano (Foto: Lucas Sousa/ Portal AZ)

Pouca vergonha 

O ex-secretário de Segurança Fábio Abreu gaba-se de ser campeão de votos para deputado federal. 
Mas deve esconder a vergonhosa estatística de que de cada 10 delegacias, em oito faltam policiais. 

Aliás...

No ranking mostrado ontem pela Globo News, o PIAUÍ lidera no primeiro lugar com 98,9% de déficit de pessoal em suas delegacias. 
Os inquéritos, por conta disso, se arrastam por anos.

Muito antes

Elmano Férrer tem um mandato de senador que vai durar mais 4 anos – e, portanto, é um apoio que Bolsonaro não pode desprezar. 
Elmano perdeu para o candidato bolsonarista de raiz, Fabio Servio, em quase todos os municípios do Piauí.

Bem na foto

Na comparação com Elmano, Servio deu um baile em cidades como Parnaíba, onde teve cinco vezes mais votos que o senador, e Teresina, onde botou uma vantagem duas vezes e meia maior.
Se foi lento na busca do voto o Veim foi célere atrás do cobertor do candidato a presidente. 

Cintura fina

Depois do segundo turno, a eleição que vai despertar paixões é a da escolha dos novos dirigentes da OAB. Geórgia Nunes, advogada eleitoralista, ensaia uma candidatura a presidente. 
Tem jogo de cintura, tanto que na eleição geral ela conseguiu trabalhar para Ciro Nogueira e Luciano Nunes, que disputavam em campos opostos.

Depois...

Passada a eleição da OAB, vem a da Assembleia Legislativa, onde o desenho das bancadas, renovadas em apenas sete cadeiras, parece favorecer o atual presidente Themistocles Filho, há 12 anos no comando da Casa.

Charme

O PP e o PT têm, juntos, dez cadeiras, contra seis do MDB de Themistocles. O problema é que na escolha do presidente, os partidos não são tão importantes. O apelo de quem comanda um orçamento anual de quase R$ 300 milhões é muito mais charmoso que as siglas partidárias.

Energia

O governo do Estado anuncia uma parceria público-privada para construção de pequenas usinas fotovoltaicas. Não se sabe a modelagem da proposta, mas o governo jura que vai conseguir gerar excedente para pagar a sua conta de energia com a concessionária privada.

Turnover

Os novos controladores da Cepisa dizem que será precipitado dizer se haverá um corte no quadro de pessoal. 
Só um tolo acreditaria nesse tipo de desculpa. Claro que haverá demissões. 

É regra 

É praticamente uma regra de ouro em companhias desestatizadas a troca de pessoal mais antigo e com maiores salários por gente mais nova e de menor custo.
E com muita vontade para trabalhar. 

Bravata

Onyx Lorenzoni, deputado federal reeleito pelo DEM gaúcho, vai ser o chefe da Casa Civil no cada vez mais provável governo Bolsonaro. 
E já começou tropeçando. Anunciou esta semana que passarão um corte em 25 mil cargos comissionados quando só existem, na real, 23 mil. 

Ah, são 20 mil 

Mesmo assim Onyx insistiu que serão cortados 20 mil cargos. 
De duas, uma: o gaucho faroleiro ou é ingênuo demais ou pensa que pode insultar impunemente a inteligência alheia.

Bravata 2

Bolsonaro declara que vai dar carta branca para que a PM possa matar em serviço. 
Esse é o tipo da declaração que cai no vazio porque ele é candidato a presidente, não a governador, que, em tese, é quem pode determinar o que a Polícia Militar pode fazer.

Bancada fiel

Dos 13 congressistas piauienses, somente dois devem fazer oposição a Jair Bolsonaro caso ele seja eleito presidente: os petistas Rejane Dias e Assis Carvalho. Essa é a avaliação de um experimentado integrante da bancada federal do Piauí.

Aliás

Os dois únicos deputados eleitos em oposição a Wellington Dias, Marina Santos (PTC) e Átila Lira (PSB) devem trocar de partido. Átila porque vai para uma agremiação ligada a Bolsonaro e Marina porque o PTC deverá se juntar a outras legendas para escapar da cláusula de barreira.

Ping-Pong

Ponto de vista do leitor

Osvaldo Nobre, dirigente do semanário O Debate, de Belo Horizonte, encontra-se com José Maria Alkmin.

Alkmin: “Excelente seu jornal, Osvaldo. Leio-o todos os dias.”

Osvaldo: “Mas é um semanário!”

Alkmin: “Semanário para você, que faz uma vez por semana. Para mim, que leio todos os dias, é diário.”

Expressas

A Secretaria de Administração e Previdência segue abrindo inquéritos para investigar acumulações de cargos por servidores públicos.

São esperadas chuvas neste fim de semana em cidades no Sul do Piauí. Chuvas fortes, o que é sempre uma boa notícia.

Wellington Dias condecorou mais de 86 personalidades na quinta e sexta-feira com a Medalha de Renascença.

O PT e as eleições Estafa nas campanhas

Mais lidas desse blog