">
  1. Mão grande
Publicidade

Mão grande

A recorrência com que o governo estadual antecipa, com desconto, o ICMS sobre energia, não evidencia somente uma operação de crédito disfarçada – vulgo pedalada fiscal. Há também danos financeiros aos municípios. Os valores absolutos não estão disponíveis, mas é possível informar que se antecipa o imposto e não repassa a cota-parte dos municípios (25% do que é arrecadado), o governo a dá uma tunga no dinheiro que deveria ser pago às prefeituras. Neste caso, perdem mais as maiores cidades, onde o consumo de energia é maior, como Teresina, Parnaíba, Floriano e Picos, esta última administrada por um filiado do partido do governador, o padre Valmir. Os tucanos de Teresina, que têm sido alvos de críticas de petistas, talvez pela TPE (tensão pré-eleitoral) podem dar o troco, não com palavras, mas com atos. Um assessor muito próximo de Firmino Filho informou ontem que o Estado não pode antecipar recursos de um imposto que não é somente seu – como ocorreu em outubro e janeiro, quando os municípios ficaram a ver navios, apesar de terem realizado uma reunião no Tribunal de Cotas com representantes da Sefaz sem que se conseguissem sequer os valores devidos. Para o pessoal da área de finanças da prefeitura de Teresina, falta transparência. Poderá haver até mesmo uma ação judicial para que o Estado não lance mão de recursos pertencentes aos municípios, advertem assessores de Firmino Filho.

Firmino Filho deve ir até à Justiça para receber a parte do ICMS antecipado ao Estado pela Equatorial (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Em guarda!

O ex-secretário de Segurança, Rubens Pereira, foi nomeado na semana passada para responder pela diretoria administrativo-financeira da pasta. 
Substitui Audivam Nunes.

Balanço

A empresa Águas de Teresina já divulgou seu balanço anual relativo a 2018. Teve lucro, ao contrário da Agespisa, mas segue com uma taxa de perda de água tratada acima de 47%. 
Essa água toda faz com que os ganhos da empresa sejam menores.

Prejuízo

A Equatorial, que assumiu o controle da Cepisa, deverá divulgar nas próximas semanas o balanço da companhia. Não deve apresentar resultados financeiros positivos, porque só operou a empresa durante o terceiro trimestre do ano passado.

Calote

Um dos indicativos de que o balanço da Cepisa relativo a 2018 deve ser vermelho está no valor do provisionamento que a empresa fez no balanço entregue aos novos controladores, em 30 de setembro do ano passado: R$ 251,6 milhões em valores não pagos e que a empresa não tem certeza se irá receber.

Haveres?

O governo do Piauí foi ao Supremo reclamar um valor de ágio na venda da Cepisa pela Eletrobras. Se for considerado o valor dos aportes que a Eletrobras fez na companhia e que estão consolidados como dívidas de longo prazo, nada há a receber.

Aventura 

Quem conhece os números aposta que o governo joga barro na parede para tentar receber um dinheiro a que não tem direito. 
Mas vai que o STF caía na lábia governista, parte dessa grana fará muita gente do entorno do governador muito feliz. 

Fortuna

O valor devido pela Cepisa aos credores é de, pasmem, R$ 3 bilhões, um terço para a antiga controladora, a Eletrobras, que vendeu a distribuidora pelo valor simbólico de R$ 50 mil como forma de se livrar de um sumidouro de dinheiro.

Eólica

A empresa Força Eólica do Brasil vai instalar oito parques de produção de energia em Dom Inocêncio, sudeste do Piauí. O município, que tem o maior rebanho de cabras do Estado, em breve deverá contribuir com algumas centenas de milhares de quilowatts de energia no sistema elétrico nacional.

Barro

A mesma empresa vai instalar quatro parques eólicos na cidade de Lagoa do Barro, que está se transformando em uma das grandes produtoras piauienses de energia oriunda da força dos ventos.

Solar

Em Gilbués, a Ômega Energia Solar do Piauí, vai instalar cinco complexos de produção de energia fotovoltaicas.

Aumento

Os professores do Piauí ainda estão a ver navios na espera do reajuste de 4,17%. Quem dá aula tem menos sorte ou menor força que quem trabalha no Judiciário, onde servidores ativos e inativos tiveram reajustados seus salários por lei sancionada na semana passada. 
O reajuste é de 4,07%.

Semana curta

Wellington Dias deu um refresco para os servidores estaduais, decretando ponto facultativo na quinta-feira, 18 de abril, véspera do feriado católico da sexta-feira da paixão.

Quentinhas

Se a Polícia Federal resolver investigar a aquisição de quentinhas, coffe-breaks e gastos com eventos na Secretaria da Educação, vai ter mais gente deixando a cama para a cela em Teresina. 
Podem esperar.

Água preciosa 

Virou exclusividade o consumo de água natural nas repartições do Estado. 
Todos estão com o ouro da mina. 

Peste suína 

A Adapi - agência sanitária do Piauí - reconhece mais um foco de peste suína. 
Para ser um órgão técnico a Adapi é território controlado pelo deputado federal Júlio César. 

Ping-Pong 
‘Essa nossa intimidade!’

Advogado do Piauí que começou recentemente a frequentar os tribunais superiores de Brasília almoça com um grupo de piauienses na churrascaria Porcão. Para mostrar seu suposto bom relacionamento com os togados na capital federal, ele vê entrar no recinto o ministro Marco Aurélio, do STF e não perde tempo. 

O advogado: “E aí, Marco, conte uma novidade?”
O ministro (não o reconhecendo): “Meu caro, a novidade que eu tenho nesse momento é essa nossa intimidade”.
 
Originalmente publicado em 18 de setembro de 2012.

Expressas

Um bandido entrou na madrugada de domingo na Unidade Escolar Severiano Sousa, no Acarape, zona Norte de Teresina.

Lei estadual sancionada semana passada estabelece 26 de agosto como o dia estadual do profissional de fiscalização agropecuária.

A Prefeitura de Várzea Grande vai licitar dia 6 de maio a aquisição de próteses dentárias. Vai gastar R$ 90 mil com a compra.

A recorrência com que o governo estadual antecipa, com desconto, o ICMS sobre energia, não evidencia somente uma operação de crédito disfarçada – vulgo pedalada fiscal. Há também danos financeiros aos municípios. Os valores absolutos não estão disponíveis, mas é possível informar que se antecipa o imposto e não repassa a cota-parte dos municípios (25% do que é arrecadado), o governo a dá uma tunga no dinheiro que deveria ser pago às prefeituras. Neste caso, perdem mais as maiores cidades, onde o consumo de energia é maior, como Teresina, Parnaíba, Floriano e Picos, esta última administrada por um filiado do partido do governador, o padre Valmir. Os tucanos de Teresina, que têm sido alvos de críticas de petistas, talvez pela TPE (tensão pré-eleitoral) podem dar o troco, não com palavras, mas com atos. Um assessor muito próximo de Firmino Filho informou ontem que o Estado não pode antecipar recursos de um imposto que não é somente seu – como ocorreu em outubro e janeiro, quando os municípios ficaram a ver navios, apesar de terem realizado uma reunião no Tribunal de Cotas com representantes da Sefaz sem que se conseguissem sequer os valores devidos. Para o pessoal da área de finanças da prefeitura de Teresina, falta transparência. Poderá haver até mesmo uma ação judicial para que o Estado não lance mão de recursos pertencentes aos municípios, advertem assessores de Firmino Filho.

Firmino Filho deve ir até à Justiça para receber a parte do ICMS antecipado ao Estado pela Equatorial (Foto: Lucas Sousa / Portal AZ)

Em guarda!

O ex-secretário de Segurança, Rubens Pereira, foi nomeado na semana passada para responder pela diretoria administrativo-financeira da pasta. 
Substitui Audivam Nunes.

Balanço

A empresa Águas de Teresina já divulgou seu balanço anual relativo a 2018. Teve lucro, ao contrário da Agespisa, mas segue com uma taxa de perda de água tratada acima de 47%. 
Essa água toda faz com que os ganhos da empresa sejam menores.

Prejuízo

A Equatorial, que assumiu o controle da Cepisa, deverá divulgar nas próximas semanas o balanço da companhia. Não deve apresentar resultados financeiros positivos, porque só operou a empresa durante o terceiro trimestre do ano passado.

Calote

Um dos indicativos de que o balanço da Cepisa relativo a 2018 deve ser vermelho está no valor do provisionamento que a empresa fez no balanço entregue aos novos controladores, em 30 de setembro do ano passado: R$ 251,6 milhões em valores não pagos e que a empresa não tem certeza se irá receber.

Haveres?

O governo do Piauí foi ao Supremo reclamar um valor de ágio na venda da Cepisa pela Eletrobras. Se for considerado o valor dos aportes que a Eletrobras fez na companhia e que estão consolidados como dívidas de longo prazo, nada há a receber.

Aventura 

Quem conhece os números aposta que o governo joga barro na parede para tentar receber um dinheiro a que não tem direito. 
Mas vai que o STF caía na lábia governista, parte dessa grana fará muita gente do entorno do governador muito feliz. 

Fortuna

O valor devido pela Cepisa aos credores é de, pasmem, R$ 3 bilhões, um terço para a antiga controladora, a Eletrobras, que vendeu a distribuidora pelo valor simbólico de R$ 50 mil como forma de se livrar de um sumidouro de dinheiro.

Eólica

A empresa Força Eólica do Brasil vai instalar oito parques de produção de energia em Dom Inocêncio, sudeste do Piauí. O município, que tem o maior rebanho de cabras do Estado, em breve deverá contribuir com algumas centenas de milhares de quilowatts de energia no sistema elétrico nacional.

Barro

A mesma empresa vai instalar quatro parques eólicos na cidade de Lagoa do Barro, que está se transformando em uma das grandes produtoras piauienses de energia oriunda da força dos ventos.

Solar

Em Gilbués, a Ômega Energia Solar do Piauí, vai instalar cinco complexos de produção de energia fotovoltaicas.

Aumento

Os professores do Piauí ainda estão a ver navios na espera do reajuste de 4,17%. Quem dá aula tem menos sorte ou menor força que quem trabalha no Judiciário, onde servidores ativos e inativos tiveram reajustados seus salários por lei sancionada na semana passada. 
O reajuste é de 4,07%.

Semana curta

Wellington Dias deu um refresco para os servidores estaduais, decretando ponto facultativo na quinta-feira, 18 de abril, véspera do feriado católico da sexta-feira da paixão.

Quentinhas

Se a Polícia Federal resolver investigar a aquisição de quentinhas, coffe-breaks e gastos com eventos na Secretaria da Educação, vai ter mais gente deixando a cama para a cela em Teresina. 
Podem esperar.

Água preciosa 

Virou exclusividade o consumo de água natural nas repartições do Estado. 
Todos estão com o ouro da mina. 

Peste suína 

A Adapi - agência sanitária do Piauí - reconhece mais um foco de peste suína. 
Para ser um órgão técnico a Adapi é território controlado pelo deputado federal Júlio César. 

Ping-Pong 
‘Essa nossa intimidade!’

Advogado do Piauí que começou recentemente a frequentar os tribunais superiores de Brasília almoça com um grupo de piauienses na churrascaria Porcão. Para mostrar seu suposto bom relacionamento com os togados na capital federal, ele vê entrar no recinto o ministro Marco Aurélio, do STF e não perde tempo. 

O advogado: “E aí, Marco, conte uma novidade?”
O ministro (não o reconhecendo): “Meu caro, a novidade que eu tenho nesse momento é essa nossa intimidade”.
 
Originalmente publicado em 18 de setembro de 2012.

Expressas

Um bandido entrou na madrugada de domingo na Unidade Escolar Severiano Sousa, no Acarape, zona Norte de Teresina.

Lei estadual sancionada semana passada estabelece 26 de agosto como o dia estadual do profissional de fiscalização agropecuária.

A Prefeitura de Várzea Grande vai licitar dia 6 de maio a aquisição de próteses dentárias. Vai gastar R$ 90 mil com a compra.