Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Os 10 tipos de câncer mais relacionados à obesidade

17/08/2014 • 13:57

A população mundial está engordando. Pelo menos 2,1 bilhões de pessoas em todo o mundo têm sobrepeso. Para além dos problemas estéticos, uma população mais pesada corre riscos maiores de sofrer problemas de saúde como pressão arterial alta e diabetes. De acordo com as conclusões de um novo estudo, conduzido por pesquisadores da London School of Hygiene &Tropical Medicine e do Farr Institute of Health Informatics, um alto índice de massa corporal está também associado ao desenvolvimento dos 10 tipos de câncer mais comuns, como câncer de útero, de cólon, de mama, de tireoide e leucemia.

O índice de Massa Corporal (IMC) é uma medida internacionalmente usada para avaliar se uma pessoa está no seu peso ideal. Para isso, ela estabelece uma relação entre altura e peso – tome a sua altura (meus 1,79, por exemplo) e eleve ao quadrado. Divida seu peso pelo resultado da multiplicação e terá seu IMC. Meus 65 quilos, por exemplo, resultam em um IMC de 20,3.

Segundo a OMS, o índice de uma pessoa saudável varia entre 18 e 25. Ao longo dos anos, diversos estudos já tentaram estabelecer a conexão entre obesidade e alguns tipos de câncer. O estudo desenvolvido pelos britânicos, e publicado nesta quinta-feira (14) no periódico científico Lancet, é o maior do gênero já realizado.

Os cientistas examinaram os registros médicos de mais de 5 milhões de pessoas com no mínimo 16 anos. Todas foram acompanhadas por, em média, 7,5 anos e, de início, não tinham câncer. A partir daí, mediu-se os riscos de essas pessoas desenvolverem 22 diferentes tipos de câncer. Fatores como idade, status socioeconômico e tabagismo foram levados em consideração nessa avaliação.

Ao cruzar os dados, os pesquisadores perceberam que existia uma associação entre altos índices de massa corporal e a ocorrência de 17 dos 22 tipos de câncer examinados– incluídos aí os 10 tipos mais recorrentes na população britânica. “O número de pessoas com sobrepeso ou obesas cresce rapidamente, no Reino Unido e no mundo. Sabe-se que esses são fatores associados a diabetes e doenças cardiovasculares. Nossos resultados mostram que, se a tendência continuar, podemos também esperar ver um aumento substancial das ocorrências de câncer”, disse o Dr. Krishnan Bhaskaran,do London School of Hygiene & Tropical Medicine e líder do estudo.

Segundo sua equipe, o sobrepeso é responsável por 41% das ocorrências de câncer de útero e por 10% ou mais das ocorrências de câncer de vesícula, cólon, rim e fígado. Cada acréscimo de 5kg/m² aumenta em 62% as chances de alguém desenvolver câncer de útero; de vesícula em 31%; de rim em 25%; de cólo do útero em 10%; de tireoide em 9% e leucemia em 9%.

Ter um índice de massa corporal alto também aumenta os riscos de câncer de fígado em 19%; de cólon em 10%; de ovário em 9% e de câncer de mama em 5% - mas o efeito da obesidade nesses casos variou de acordo com as características de cada pessoa. Maiores índices de massa corporal aumentam os riscos de câncer de mama em mulheres após a menopausa, por exemplo. Em mulheres jovens, o efeito é nulo – mais peso não significa maior risco de ter esse câncer em especial. Estima-se que, se o índice de massa corporal médio da população britânica continua a crescer no ritmo atual, haverá um acréscimo de 3790 mil casos de câncer a cada ano.

A esperança dos pesquisadores é de que seu estudo incentive a promoção de políticas de combate à obesidade. Em um comentário anexado ao estudo, Peter Campbell, da Sociedade Americana de Câncer, afirmou que é urgente a implementação de políticas públicas que estimulem a atividade física e a adoção de dietas mais saudáveis pela população: “Nós temos evidências suficientes de que a obesidade causa sofrimento desnecessário e morte por diversas formas de câncer. Não é preciso mais pesquisas para justificar, ou mesmo demandar mudanças de políticas focadas na redução da obesidade e sobrepeso”.

Época
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014