Salão de Fotografia premia os melhores


  Melhor Fotografia Colorida: Ouro Nordestino - Jean Paulo Rocha

Na noite de ontem, 15, em solenidade reunindo fotógrafos e artistas na Casa da Cultura, foram conhecidos os vencedores do 14º Salão Municipal de Fotografia, promovido pela Prefeitura de Teresina, através da Fundação Cultural Monsenhor Chaves. Na ocasião, foi aberta a exposição com as melhores imagens que participaram do concurso, que deve permanecer na Galeria Lucídio Albuquerque até o mês de maio. 


 Melhor Fotografia Publicada: Enquanto isso, no bar da boa - Brito Júnior

O prêmio de Melhor Fotografia Coloria ficou com Jean Paulo Rocha, com a foto “Ouro Nordestino”; na categoria Melhor Fotografia Publicada quem faturou foi o fotógrafo João de Brito Coelho, o Brito Junior, com “Enquanto isso... no bar da boa”; que também levou o de Melhor Fotografia Preto e Branco, com “O Iluminado”. A premiação é de R$ 2 mil para o vencedor cada modalidade. Nesta edição, a critério do júri, não foi concedido o Prêmio Fotógrafo José Medeiros. 


Melhor Fotografia em Preto e Branco: O Iluminado - Brito Júnior

De acordo com Lia Barradas, coordenadora de Cinema, Vídeo e Fotografia da Fundação Cultural Monsenhor Chaves, o Salão contou com a participação de 80 fotógrafos, com 348 fotografias inscritas, cerca de 30% a mais que em 2007. Dos trabalhos inscritos, foram selecionadas 98 para compor a exposição que permanecerá na Galeria Lucídio de Albuquerque, na Casa da Cultura, até o dia 16 de maio. A seleção e escolha dos vencedores foram feitas por um júri composto por três pessoas reconhecidas no meio fotográfico e cultural de Teresina: o fotógrafo profissional e professor universitário Antônio Quaresma, fotógrafo profissional Paulo Barros e o fotógrafo e publicitário André Gonçalves.

As cópias fotográficas selecionadas, além de todo o material que será exposto, farão parte de exposições itinerantes que percorrerão os teatros administrados pela FCMC, escolas públicas e particulares da capital, faculdades e universidades. Em seguida, as imagens serão arquivadas e passarão a fazer parte do acervo da Fundação Monsenhor Chaves, para servir de fonte de pesquisa e aumentar o acervo da memória de Teresina.

Mais lidas nesse momento