Parque Lagoas do Norte oferece espaço para leitura

Ação faz parte do projeto “Fome de leitura – Abra a geladeira e devore um livro!”

O Parque Lagoas do Norte também é um espaço para leitura. Comunidade e visitantes têm à disposição mais de 200 obras literárias, que ficam dentro de duas geladeiras na sede administrativa do Parque. Os livros fazem parte do projeto “Fome de leitura – Abra a geladeira e devore um livro!”.

Iniciado em setembro do ano passado, o projeto oferece livros gratuitos para quem deseja ler na sede administrativa do Parque ou mesmo em casa. Para fazer o empréstimo de uma obra, basta fazer um cadastro, escolher o livro e se comprometer a devolvê-lo em 15 dias. O cadastro e o empréstimo podem ser feitos diariamente das 8h às 20h.

“Tudo isso é gratuito. A geladeira literária é uma forma de incentivar a leitura dos moradores do entorno do Parque Lagoas do Norte e também de quem o visita e quer usar o nosso espaço para essa atividade enriquecedora que é a leitura”, comenta a gerente do Parque Lagoas do Norte e idealizadora do projeto de leitura, Viviane Bandeira.

Os títulos são os mais diversos e vão desde as histórias do bruxo Harry Potter aos clássicos da literatura em língua portuguesa, como O Crime do Padre Amaro. Há ainda histórias infantis e livros voltados para o público juvenil.

“De setembro a dezembro de 2016, mais de 170 livros foram emprestados e muitos outros foram lidos na própria sede administrativa do parque Lagoas do Norte. As séries com os personagens Harry Potter e Percy Jackson são as preferidas dos adolescentes. Alguns livros chegam a ter fila de espera. Mas é muito bom ver a comunidade diversificando suas leituras trocando recomendações de livros. Bom também observar pais lendo para seus filhos e levando livros para casa. Esse projeto é muito mais que leitura, ajuda a fortalecer os laços familiares e de amizade”, completa Viviane Bandeira.

Expansão

O projeto deve ganhar mais duas geladeiras, que serão colocadas em outros pontos do Parque Lagoas do Norte. Nessas duas geladeiras, serão distribuídos mais de 100 livros.

“Temos novos livros que chegaram aqui através de doações e que serão colocados em outros pontos, para que mais pessoas tenham acesso. Nossa intenção é difundir a leitura em toda a comunidade”, finaliza Viviane Bandeira.

Mais lidas nesse momento