Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Divulgadas as 30 músicas classificadas do FestiArcos 2014

27/07/2014 • 13:45
Foi divulgado esta semana pela Prefeitura de Arcos, a lista com as 30 músicas e respectivos intérpretes classificados para o 2º FestiArcos – Troféu Pedro Rodrigues Rocha. O evento, que é organizado pela Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo (Semcelt), tem como objetivo divulgar e premiar os talentos da música popular brasileira.

FestiArcos 2014 Arcos música (Foto: Divulgação Prefeitura de Arcos)

O festival ocorrerá entre dias 15, 16 e 17 de agosto, no teatro da Casa de Cultura. O primeiro lugar levará R$ 3 mil, o segundo R$ 2 mil, o terceiro R$ 1 mil. Já a melhor música local receberá R$ 1 mil, a melhor letra R$ 500, o melhor intérprete R$ 500 e o melhor arranjo R$ 500.

A primeira edição do FestiArcos foi realizada em agosto de 2013 e contou com a participação de compositores da cidade e também de várias partes do Brasil. O nível das apresentações levou um excelente público à Casa de Cultura, que ficou lotada todos os dias do evento. O homenageado daquela edição foi o arcoense Nilo Peixoto.

O Homenageado do FestiArcos 2014
Pedro Rodrigues Rocha nasceu em 20 de agosto de 1927 na cidade mineira de Estrela do Indaiá, e viveu a infância em Córrego Danta. Em 1940, juntamente com os pais e irmãos, se mudou para o Garimpo de São Francisco, hoje chamado Vargem Bonita, na Serra da Canastra, à beira do Rio São Francisco.

Lá aprendeu a tocar violão e cavaquinho. Aos 19 anos já participava do primeiro grupo de seresteiros, Garimpo dos Bentos, onde tocava bandolim. Em 1946, mudou-se para Campo Alegre, hoje Santa Rosa da Serra, onde foi sócio do avô num armazém. Lá continuou tocando com um grupo de amigos da região. Veio para Arcos em 1962 onde, em 1964, casou-se com Florinda Nogueira Rocha, com quem teve 03 filhos: Suzana, Geraldo e Eduardo.

Desde a chegada a Arcos se dedicou, também, à seresta com amigos e parentes, com os quais fundou mais tarde, em 10 agosto de 1988, o grupo Seresteiros de Arcos, instituição que teve a publicação de seu estatuto no Diário Oficial de Minas Gerais em 17 de janeiro de 1990, e foi cadastrada ainda na Secretaria de Estado da Cultura.

A primeira diretoria dos Seresteiros de Arcos foi empossada em 7 de março de 1990, tendo Pedro Rocha como o primeiro presidente. Hoje, o grupo dos Seresteiros de Arcos continua participando de eventos na cidade e região, levando a todos a boa música dos velhos tempos.

G1
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014