RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Artistas do DF cobram R$ 41 milhões do GDF por contratos em atraso

23/10/2014 • 18:00
Artistas e produtores culturais do Distrito Federal cobram do GDF o pagamento atrasado de cachês e verbas para eventos. Os valores somados chegam a R$ 41 milhões, segundo a organização cultural "Ossos do Ofício".

A coordenadora do “Festival Latinidades”, Jaqueline Fernandes, afirmou que os artistas que participaram do evento só receberam metade do cachê previsto. Segundo a produtora, a dívida do festival realizado em julho deste ano é de R$ 400 mil. "O que nos preocupa é que não temos sinalização de quando vai ser pago e se vai ser pago."

O produtor-executivo do “Porão do Rock”, Gustavo Sá, diz que o GDF deve pelo menos R$ 1,5 milhão para os organizadores, que têm dividas com fornecedores e artistas. “Temos os Titãs, temos o Jota Quest, temos o Nação Zumbi, temos os Raimundos, dentre outros. Eu citei só os mais conhecidos. Isso vai repercutir de uma forma muito negativa em relação às próximas realizações de eventos em Brasília”, afirmou.

Os produtores também dizem temer que haja bloqueio dos recursos do Fundo de Apoio à Cultura (FAC). Três projetos para 2015 selecionados no mês passado, com contratação prevista ainda para este ano, foram suspensos. “É um impacto, um golpe imenso”, disse o produtor cultural Henrique Rocha.

De acordo com a Secretaria de Cultura, o decreto assinado pelo governador no dia 7 de julho proibiu a emissão de notas de empenho para pagar novas despesas. Em relação ao pagamento dos eventos, a pasta afirma que dependem da liberação de recursos da Secretaria de Fazenda. Não há previsão para isso, diz o governo.

Nesta quarta-feira (22), o governador Agnelo evitou falar sobre a falta de recursos e afirmou que o governo fará os pagamentos. “O Fundo de Apoio à Cultura tem recurso. Portanto, nós vamos conseguir cumprir isso. Isso já está sendo trabalhado, determinado pela Secretaria de Cultura. Não só na cultura mas em todas as áreas”, disse.

G1
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014