W. Dias agora começa a prometer o porto de Luís Correia no Senado

- Depois de quase 8 anos, ex-governador do Piauí anuncia conclusão da primeira etapa do Porto para o final do ano - mais um ano.

O senador Wellington Dias (PT), que passou quase oito anos à frente do governo do Estado, e fez seu sucessor, Wilson Martins (PSB), começou a prometer, agora, e no Senado, que a obra do Porto de Luís Correia, já adiada várias e várias vezes em seu governo, terá sua primeira etapa concluída final deste ano de 2010. 

A promessa foi feita da tribuna do Senado Federal, durante pronunciamento realizado no final da sessão plenária da última quarta-feira (16). Ele explicou que a continuidade do empreendimento, paralisado há 25 anos e no qual já foram investidos R$ 300 milhões, foi acerta em reunião – mais uma – mantida com o ministro da Secretaria dos Portos da Presidência da República, Leônidas Cristino. 

Na ocasião, o petista disse o que todos os piauienses e grande parte do Brasil – por conta dos longos e repetidos discursos do então senador Mão Santa (PSC), já sabem  –, que o Piauí é hoje o único estado brasileiro com acesso ao mar que ainda não dispõe de porto. O que é o resultado das gestões públicas de governos passados, incluindo neste rol os quase oito anos de governos do PT.

O encontro de Wellington Dias com o ministro contou com a presença do governador Wilson Martins, do Prefeito de Teresina, Elmano Férrer (PTB) e de membros da bancada federal, como o deputado Marcelo Castro (PMDB), Assis Carvalho (PT), Júlio Cesar (DEM); o deputado estadual Fábio Novo (PT) e o Secretário de Infraestrutura, Avelino Neiva.

"Até o final deste ano, a obra no cais (a primeira etapa), se Deus quiser, estará concluída", pontuou Wellington Dias, recorrendo ao mesmo Deus que ele deixou de ouvir quando decidiu concorrer ao Senado.

Mais lidas nesse momento