Jesus defende petistas, ataca a imprensa e diz não acreditar em 'mensalão'

Do Portal AZ Brasília

O deputado Jesus Rodrigues (PT-PI) ao tratar sobre o julgamento da Ação Penal Nº 470 pelo Supremo Tribunal Federal (STF), conhecida por ‘Mensalão’, disse desacreditar na existência daquele procedimento classificado como o mais “sofisticado” esquema de compra de parlamentares. 

“Não acredito, de maneira nenhuma, que algum deputado desta Casa venda seu voto contra ou a favor do governo por qualquer tostão que seja, por qualquer milhão que seja”, disse. 

- Jesus Rodrigues diz não acreditar que deputado venda apoio "por qualquer milhão"

Para o parlamentar, a cobertura da imprensa sobre o caso - a que ele diz ser “ligada principalmente aos setores mais conservadores” -, “parece até novela”. 

“Todo dia um capítulo, todo dia uma pessoa é levantada na sua vida política, na sua vida profissional como membro de um grupo que fez política dentro deste Congresso à custa de negociações financeiras para votação”, reclamou. 

‘Companheiros’ 
Jesus  Rodrigues disse ainda ter subido à Tribuna como “tantos outros”, para dizer que José Dirceu - apontado como mentor da quadrilha - José Genoíno e Delúbio Soares são “cidadãos”, “pessoas de bem”, “dignos” e "honrados”, mas que a imprensa conseguiu “satanizar” essas pessoas como “as piores figuras deste país”. 

“Colocaram numa situação muito complicada pessoas como o nosso companheiro José Dirceu, um lutador pela democracia neste País; o companheiro Genoíno, também um grande lutador pela democracia neste País; e claro, a figura chave nessa história, o nosso companheiro Delúbio Soares”, protestou.

Mais lidas nesse momento