RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Dia Mundial de Combate ao Fumo é celebrado no Hospital do Parque Piauí

31/05/2012 • 17:02
O Dia Mundial de combate ao Fumo, dia 31 de maio, foi lembrado nesta quinta-feira (31) pelo grupo de tratamento do tabagismo do Hospital do Parque Piauí, com palestras, dinâmicas e depoimentos dos participantes do projeto.

O percentual de fumantes que abandonaram o vício depois que começaram a participar dos grupos de apoio do Programa de Tratamento do Tabagismo da Fundação Municipal de Saúde é de 57. O percentual ultrapassa o índice considerado satisfatório pelo Ministério da Saúde, que é da ordem de 30 durante um ano de duração do tratamento.

O Centro de Tratamento funciona desde julho de 2010, no Hospital do Parque Piauí, e tem como objetivo prevenir a iniciação do vício no tabaco, promover o abandono do vício e orientar a população acerca dos riscos do tabagismo passivo. Só no ano de 2011 foram realizadas no centro 218 inscrições, sendo que, seis grupos concluíram o tratamento e 87 pacientes ainda estão tentando largar o vício.

Em 2012, o Projeto conta com 14 grupos, num total de 240 pessoas que já finalizaram ou estão em fase de tratamento. A terapeuta e psicopedagoga do Centro de Tratamento, Gardênia Lacerda, afirma que qualquer pessoa que deseje parar de fumar pode se cadastrar no setor de assistência social do Hospital. O tratamento se dá com seções terapêuticas semanais inicialmente que podem reduzir de acordo com a evolução do paciente.

Conceição Alencar, técnica de enfermagem, fumante há 11 anos, fez o tratamento no Hospital do Parque Piauí e já conseguiu parar de fumar. “Sou profissional de saúde e, antes de fazer o tratamento, achava que eu poderia parar de fumar quando eu quisesse, mas eu vi que não é assim, os fumantes precisam, além da força de vontade, da ajuda de outras pessoas, tanto outros fumantes, quanto apoio de profissionais”, comenta.

Dados
No Brasil, o tabaco é responsável por mais de um terço dos casos de câncer, cerca de 300 mil pessoas morrem de câncer por ano, e mais de 800 mil casos novos aparecem todos os anos. O tabaco é considerado uma das drogas mais destruidoras.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) relata que o cigarro é a principal causa de morte evitável em todo o mundo e responsável por 90% dos casos de câncer de pulmão, 30% de outros cânceres, entre eles o de boca, laringe, pâncreas, rins, bexiga, esôfago e 25% dos casos de doenças coronarianas. O motivo é a presença de mais de 4700 substâncias tóxicas existentes no cigarro, entre elas o monóxido de carbono (CO) que ocupa de 3 a 6% da fumaça emitida pelo cigarro.

Fontes: FMS e Maxpress/Interface
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014