RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563
Busca
publicidade

Kleber e Belê estão tecnicamente empatados para a prefeitura de Picos

09/02/2012 • 18:48
A primeira pesquisa de intenção de votos do Instituto Data AZ este ano, em Picos, realizada nos dias 4 e 5 de fevereiro, mostra que a primeira grande disputa eleitoral na terceira mais importante cidade do Piauí será por alianças. Os dois mais fortes candidatos, deputados estaduais Kleber Eulálio (PMDB) e Belê Medeiros (PSB) estão tecnicamente empatados.

Na pesquisa estimulada, Kleber e Belê aparecem respectivamente com 22,5% e 22% das intenções de voto. Na amostra espontânea, Kleber amplia um pouco sua pequena vantagem, aparecendo com 9,5% contra 8,75%. Fica, no entanto, tecnicamente empatado com Belê.





O padre Valmir, do Partido dos Trabalhadores, é o terceiro colocado com 6,5% na pesquisa espontânea – o que pela margem de erro de 3,9% o deixa tecnicamente empatado com Kleber e Belê. Porém, na pesquisa estimulada, embora mais que dobre suas intenções de voto, aparecendo com 15,75%, o religioso petista fica a uma distância bem maior dos dois principais postulantes.

O advogado Gleuton Portella (PRTB) aparece em quarto lugar na pesquisa estimulada, com 9,25%, tecnicamente empatado com o vereador Manoel Vieira (PMDB), o quinto colocado, com 7,5%. Na pesquisa espontânea as posições se invertem, com Vieira obtendo 4,25% e Portela ficando com 4%.

Evandro Lopes, do PSD, é citado por 5,25% na pesquisa estimulada e na espontânea obtém 2,75% das intenções de voto.

Gláuber Silva, do PCdoB, tem 1,75% das intenções de voto na amostra espontânea e chega a 2% na pesquisa estimulada.

O prefeito Gil Paraibano, que não pode mais concorrer, aparece com 4% das intenções de voto.

Como que confirmando o clima de total indefinição na política picoense, os indecisos somam na pesquisa espontânea 57,75% e na estimulada 15,75%.


INDECISÃO - A indecisão é forte entre os eleitores da zona rural de Picos: 88% não sabem em quem votar para prefeito, conforme a pesquisa espontânea.

Entre os 12% que declararam voto, 8% tencionam votar em Belê, 2% em Kleber e 2% no padre Valmir.

Quando estimulados a apontar um nome, os eleitores da zona rural confirmam o favoritismo de Belê, com 44% das intenções de voto. Kleber Eulálio vem em segundo, com 26%. Os indecisos somam 20%. Padre Valmir, terceiro colocado, aparece na zona rural com 8% e Manoel Vieira crava 2%.

Na zona urbana, a pesquisa espontânea coloca Kleber em primeiro, com 10,57%, tecnicamente empatado com Belê, que tem 8,86%, e com o padre Valmir, com 7,14%. Seguem-se Manoel Vieira (4,86%), Gil Paraibano (4,57%), Gleuton Portela (4,57%), Evandro Lopes (3,14%), Gláuber Silva (2%), Pablo Santos (0,29%), Zé Néri (0,29%) e Didi (0,29%). Os indecisos somam 53,43%.

Kleber lidera com 22% a sondagem estimulada na zona urbana, tecnicamente empatado com Belê, que tem 18,86%. O padre Valmir vem a seguir com 16,86% e Gleuton Portela tem 10,57%. Depois vêm Manoel Vieira, com 8,29%, Evandro Lopes, com 6% e Glauber Silva, com 2,29%. Os indecisos somam 15,15%.

Belê Medeiros é a mais rejeitada entre os eleitores de Picos

Segunda colocada na pesquisa estimulada, quase empatada com Kleber Eulálio, a deputada estadual socialista Belê Medeiros aparece como a mais rejeitada: 22% dos eleitores dizem que não votariam nela. Os que rejeitam Kleber Eulálio somam 15,5%, um pouco mais que o número de eleitores que declaram não votar no Padre Valmir: 15%.

Somam 26,5% os eleitores que não souberam ou não quiseram responder em quem não votariam ou que não rejeitam nenhum dos candidatos.

Os menos rejeitados foram Gláuber Silva (3%), Gleuton Portella (5%), Evandro Lopes (5,5%) e Manoel Vieira (7,5%).


Kleber lidera em dois cenários; o pré-candidato petista vence em um cenário

O Data AZ criou três simulações para uma disputa em Picos. Em todas, a deputada Belê Medeiros está em segundo lugar.

Em uma disputa que estivessem Belè,, Kleber Eulálio e o Padre Valmir, o deputado estadual peemedebista venceria com 28,5%. Belê ficaria em segundo com 24,25%, bem próxima de um empate técnico com o Padre Valmir, que vem em terceiro, com 21,5%. Neste cenário os indecisos somariam 25,75% - ou seja, colocariam a eleição em um clima de indefinição.

No cenário em que o candidato do PMDB fosse o vereador Manoel Vieira, o vencedor seria o Padre Valmir, com 27,5%. Belê, em segundo lugar com 25,75% estaria tecnicamente empatada. Manoel Vieira, terceiro colocado, chegaria com 16,5%. O grande número de indecisos (30,5%) mais uma vez aponta para indefinição.

No cenário em que o Padre Valmir sai da disputa, Kleber Eulálio lidera com 32%, Belê tem26% e o candidato Evandro Lopes fica com 10%. Os indecisos somam 32,75% - mais que as intenções de voto de Kleber e, com efeito, com peso suficiente para marcar a indefinição eleitoral como regra nesta sondagem.

Prefeito bom de voto

Tio da deputada estadual Belê Medeiros, o prefeito Gil Paraibano é, conforme a pesquisa do Data AZl, uma peça importante em sua sucessão. Isso porque 54,5% dos eleitores consultados disseram que votariam em um candidato apoiado por ele.

Os que não votam em nome apontado pelo prefeito somam 34,25% e os que não responderam ou não quiseram opinar somam 11,25%.

O prefeito tem ainda a seu favor uma boa avaliação da sua administração. Na soma dos conceitos bom e ótimo, Gil Paraibano chega a 42,5%. Os que consideram a gestão dele regular chegam a 29,75%. A desaprovação (ruim e péssimo) é de 24,25%.

São apenas 3,5% os que não sabem ou não opinam na avaliação da administração do prefeito.

Avaliação do Governador Wilson Martins

A avaliação do governador Wilson Martins é praticamente a mesma nos conceitos bom e ótimo. Ele soma 42%. No conceito regular supera o prefeito: 32,25% e está melhor que Gil Paraibano nos conceitos negativos ruim e péssimo, onde soma 20,75%.



Ficha técnica da pesquisa

Universo da pesquisa: 25 bairros da zona urbana e quatro localidades rurais do município de Picos.
Número de entrevistas: 400, sendo 350 na zona urbana e 50 na zona rural.
Margem de erro: 3,9% para mais ou para menos.
Período de realização: 4 e 5 de fevereiro.
Registro no TRE Nº PI00006/2012
  • Comentários

  • Facebook

GILSON CHAGAS

postado:
10/02/2012 - 09:36
Lamentável que uma cidade do porte e a importância de Picos erre tão recorrentemente na escolha de seus governantes. Aliás, é essa inexplicável vocação que tem atravancado o progresso da cidade, que há décadas conta apenas com a iniciativa privada para não ficar no obscurantismo.

claudio marabá

postado:
10/02/2012 - 09:32
Duas porcarias....um é político viciado, acostumado com os cargos...o outro(a) é uma pretendente ao vício. DIFÍLCIL

O homem da sorte

postado:
10/02/2012 - 06:02
Dois canitatos rico....o eleitor vai ........FACA.

O homem da sorte

postado:
10/02/2012 - 06:02
Dois canitatos rico....o eleitor vai ........FACA.

O homem da sorte

postado:
10/02/2012 - 06:02
Dois canitatos rico....o eleitor vai ........FACA.
Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO
* Por favor, digite as duas palavras abaixo no campo indicado.
Esse procedimento garante a autenticidade da sua mensagem, obrigado!

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2015