Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Kleber e Belê estão tecnicamente empatados para a prefeitura de Picos

09/02/2012 • 18:48
A primeira pesquisa de intenção de votos do Instituto Data AZ este ano, em Picos, realizada nos dias 4 e 5 de fevereiro, mostra que a primeira grande disputa eleitoral na terceira mais importante cidade do Piauí será por alianças. Os dois mais fortes candidatos, deputados estaduais Kleber Eulálio (PMDB) e Belê Medeiros (PSB) estão tecnicamente empatados.

Na pesquisa estimulada, Kleber e Belê aparecem respectivamente com 22,5% e 22% das intenções de voto. Na amostra espontânea, Kleber amplia um pouco sua pequena vantagem, aparecendo com 9,5% contra 8,75%. Fica, no entanto, tecnicamente empatado com Belê.





O padre Valmir, do Partido dos Trabalhadores, é o terceiro colocado com 6,5% na pesquisa espontânea – o que pela margem de erro de 3,9% o deixa tecnicamente empatado com Kleber e Belê. Porém, na pesquisa estimulada, embora mais que dobre suas intenções de voto, aparecendo com 15,75%, o religioso petista fica a uma distância bem maior dos dois principais postulantes.

O advogado Gleuton Portella (PRTB) aparece em quarto lugar na pesquisa estimulada, com 9,25%, tecnicamente empatado com o vereador Manoel Vieira (PMDB), o quinto colocado, com 7,5%. Na pesquisa espontânea as posições se invertem, com Vieira obtendo 4,25% e Portela ficando com 4%.

Evandro Lopes, do PSD, é citado por 5,25% na pesquisa estimulada e na espontânea obtém 2,75% das intenções de voto.

Gláuber Silva, do PCdoB, tem 1,75% das intenções de voto na amostra espontânea e chega a 2% na pesquisa estimulada.

O prefeito Gil Paraibano, que não pode mais concorrer, aparece com 4% das intenções de voto.

Como que confirmando o clima de total indefinição na política picoense, os indecisos somam na pesquisa espontânea 57,75% e na estimulada 15,75%.


INDECISÃO - A indecisão é forte entre os eleitores da zona rural de Picos: 88% não sabem em quem votar para prefeito, conforme a pesquisa espontânea.

Entre os 12% que declararam voto, 8% tencionam votar em Belê, 2% em Kleber e 2% no padre Valmir.

Quando estimulados a apontar um nome, os eleitores da zona rural confirmam o favoritismo de Belê, com 44% das intenções de voto. Kleber Eulálio vem em segundo, com 26%. Os indecisos somam 20%. Padre Valmir, terceiro colocado, aparece na zona rural com 8% e Manoel Vieira crava 2%.

Na zona urbana, a pesquisa espontânea coloca Kleber em primeiro, com 10,57%, tecnicamente empatado com Belê, que tem 8,86%, e com o padre Valmir, com 7,14%. Seguem-se Manoel Vieira (4,86%), Gil Paraibano (4,57%), Gleuton Portela (4,57%), Evandro Lopes (3,14%), Gláuber Silva (2%), Pablo Santos (0,29%), Zé Néri (0,29%) e Didi (0,29%). Os indecisos somam 53,43%.

Kleber lidera com 22% a sondagem estimulada na zona urbana, tecnicamente empatado com Belê, que tem 18,86%. O padre Valmir vem a seguir com 16,86% e Gleuton Portela tem 10,57%. Depois vêm Manoel Vieira, com 8,29%, Evandro Lopes, com 6% e Glauber Silva, com 2,29%. Os indecisos somam 15,15%.

Belê Medeiros é a mais rejeitada entre os eleitores de Picos

Segunda colocada na pesquisa estimulada, quase empatada com Kleber Eulálio, a deputada estadual socialista Belê Medeiros aparece como a mais rejeitada: 22% dos eleitores dizem que não votariam nela. Os que rejeitam Kleber Eulálio somam 15,5%, um pouco mais que o número de eleitores que declaram não votar no Padre Valmir: 15%.

Somam 26,5% os eleitores que não souberam ou não quiseram responder em quem não votariam ou que não rejeitam nenhum dos candidatos.

Os menos rejeitados foram Gláuber Silva (3%), Gleuton Portella (5%), Evandro Lopes (5,5%) e Manoel Vieira (7,5%).


Kleber lidera em dois cenários; o pré-candidato petista vence em um cenário

O Data AZ criou três simulações para uma disputa em Picos. Em todas, a deputada Belê Medeiros está em segundo lugar.

Em uma disputa que estivessem Belè,, Kleber Eulálio e o Padre Valmir, o deputado estadual peemedebista venceria com 28,5%. Belê ficaria em segundo com 24,25%, bem próxima de um empate técnico com o Padre Valmir, que vem em terceiro, com 21,5%. Neste cenário os indecisos somariam 25,75% - ou seja, colocariam a eleição em um clima de indefinição.

No cenário em que o candidato do PMDB fosse o vereador Manoel Vieira, o vencedor seria o Padre Valmir, com 27,5%. Belê, em segundo lugar com 25,75% estaria tecnicamente empatada. Manoel Vieira, terceiro colocado, chegaria com 16,5%. O grande número de indecisos (30,5%) mais uma vez aponta para indefinição.

No cenário em que o Padre Valmir sai da disputa, Kleber Eulálio lidera com 32%, Belê tem26% e o candidato Evandro Lopes fica com 10%. Os indecisos somam 32,75% - mais que as intenções de voto de Kleber e, com efeito, com peso suficiente para marcar a indefinição eleitoral como regra nesta sondagem.

Prefeito bom de voto

Tio da deputada estadual Belê Medeiros, o prefeito Gil Paraibano é, conforme a pesquisa do Data AZl, uma peça importante em sua sucessão. Isso porque 54,5% dos eleitores consultados disseram que votariam em um candidato apoiado por ele.

Os que não votam em nome apontado pelo prefeito somam 34,25% e os que não responderam ou não quiseram opinar somam 11,25%.

O prefeito tem ainda a seu favor uma boa avaliação da sua administração. Na soma dos conceitos bom e ótimo, Gil Paraibano chega a 42,5%. Os que consideram a gestão dele regular chegam a 29,75%. A desaprovação (ruim e péssimo) é de 24,25%.

São apenas 3,5% os que não sabem ou não opinam na avaliação da administração do prefeito.

Avaliação do Governador Wilson Martins

A avaliação do governador Wilson Martins é praticamente a mesma nos conceitos bom e ótimo. Ele soma 42%. No conceito regular supera o prefeito: 32,25% e está melhor que Gil Paraibano nos conceitos negativos ruim e péssimo, onde soma 20,75%.



Ficha técnica da pesquisa

Universo da pesquisa: 25 bairros da zona urbana e quatro localidades rurais do município de Picos.
Número de entrevistas: 400, sendo 350 na zona urbana e 50 na zona rural.
Margem de erro: 3,9% para mais ou para menos.
Período de realização: 4 e 5 de fevereiro.
Registro no TRE Nº PI00006/2012
  • Comentários

  • Facebook

GILSON CHAGAS

postado:
10/02/2012 - 09:36
Lamentável que uma cidade do porte e a importância de Picos erre tão recorrentemente na escolha de seus governantes. Aliás, é essa inexplicável vocação que tem atravancado o progresso da cidade, que há décadas conta apenas com a iniciativa privada para não ficar no obscurantismo.

claudio marabá

postado:
10/02/2012 - 09:32
Duas porcarias....um é político viciado, acostumado com os cargos...o outro(a) é uma pretendente ao vício. DIFÍLCIL

O homem da sorte

postado:
10/02/2012 - 06:02
Dois canitatos rico....o eleitor vai ........FACA.

O homem da sorte

postado:
10/02/2012 - 06:02
Dois canitatos rico....o eleitor vai ........FACA.

O homem da sorte

postado:
10/02/2012 - 06:02
Dois canitatos rico....o eleitor vai ........FACA.
Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014