RSS
Twitter
WhatsApp do Portal AZ86 9981.8563

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

IPI reduzido da linha branca termina neste sábado

25/06/2012 • 13:39
'Se está pensando em comprar geladeira, aproveite que pode ser a última oportunidade', disse o ministro.

Linha de montagem de máquinas de lavar da Whirlpool, unidade de eletrodomésticos
Linha de montagem de máquinas de lavar da Whirlpool, unidade de eletrodomésticos. IPI reduzido vale só atá sábado (Gustavo Magnusson)

Conforme o ministro da Fazenda, Guido Mantega, já tinha sinalizado, a redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para a chamada linha branca não será prorrogada e deve terminar no próximo sábado (30). No entanto, a indústria pede nova prorrogação da medida, que está em vigor desde dezembro de 2011.

A medida mantinha a alíquota sobre os fogões está zerada - antes o IPI era de 4%. Para geladeiras, o imposto foi reduzido de 15% para 5%. Máquinas de lavar tiveram redução de IPI de 20% para 10%.

Na semana passada, Mantega já havia dito que as concessões fiscais "vencem no fim do mês" e que o governo não tem intenção em prorrogá-los. "Se você está pensando em comprar geladeira ou fogão, aproveite que pode ser a última oportunidade", disse o ministro.

Indústria - O presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Lourival Kiçula, pediu nesta quarta-feira ao Ministério da Fazenda que seja prorrogada a redução da alíquota do IPI para itens da linha branca.

"Imagine como ficará o consumo se vier a seguinte notícia: IPI volta a aumentar", comentou Kiçula, após encontro com o secretário executivo do ministério da Fazenda, Nelson Barbosa.

"Claro que gostaríamos que a redução do IPI fosse prorrogada", declarou Kiçula. O presidente da Eletros informou que as vendas cresceram entre 5% e 10%, dependendo do produto, no primeiro trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano passado, mas voltaram a registrar queda em abril. Os dados de maio mostraram uma nova recuperação, com alta em torno de 5% em relação ao mesmo mês de 2011.

Lustres - Termina também no dia 30 deste mês a redução de IPI para luminárias, lustres, papeis de parede, laminados e revestimentos e móveis. Para as luminárias, a alíquota baixou de 15% para 5%, enquanto para laminados de 15% para 0%; papel de parede de 20% para 10%; e para móveis de 5% para 0%. Na ocasião, o governo condicionou o benefício tributário à manutenção dos empregos.

(Com Agência Estado)
  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014