Verba prevista para a Uespi é 40% menor que a solicitada por deputados

Por Jéssica Monteiro

Em defesa da educação de qualidade, acontece nesta quarta-feira (30) uma mobilização nacional. A Campanha ‘10% do PIB para a Educação Pública, já!’ reivindica um aumento nas verbas destinadas ao ensino. No Piauí, o plebiscito popular apresenta duas perguntas, a primeira, nacional, e a segunda, solicitando 5% do orçamento do estadual para a Universidade Estadual do Piauí (Uespi).

Urnas de votação estão sendo instaladas em escolas públicas, mercados, além da própria Universidade. Daniel Solon, professor da Uespi, explica que a instituição merece mais atenção. “O reitor sinalizou que a Universidade precisa de, no mínimo, R$ 200 milhões. Entretanto ele solicitou um orçamento de R$ 160 milhões. O governador, por outro lado, ofereceu apenas R$ 138 milhões”, declara o docente.

O professor acrescenta que a verba destina à Assembleia Legislativa está orçada no valor de R$ 228 milhões. “Cada um dos 30 deputados recebe um valor anual de R$ 7,6 milhões. É justo essa divisão?”

Estudantes e professores irão esta manhã à Assembleia Legislativa, onde acontecerá uma audiência pública sobre o Projeto de Lei Orçamentária estadual de 2012. A intenção é levar ao governo e aos deputados a reivindicação de aumento de verbas para a Uespi, que sofre com falta de recursos e com o sucateamento estrutural. “Para nós, essa campanha é muito importante, já que o Piauí ocupa o segunda lugar com o maior número de analfabeto, segundo dados do IBGE”, conclui Solon.

Mais lidas nesse momento