Uespi firma parcerias com universidades da Bélgica e Alemanha

O reitor da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Carlos Alberto Pereira da Silva, visitou 17 universidades da Alemanha e 12 universidades da Bélgica juntamente com reitores brasileiros que fazem parte da Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais (Abruem), em viagem oficial que durou 22 dias. O objetivo da missão foi firmar parcerias que irão possibilitar a troca de experiências entre as instituições dos países visitados e o Brasil por meio de intercâmbios.



No intuito de fomentar a pesquisa nas Instituições de Ensino Superior o Governo Federal através dos Ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Educação (MEC), foi criado o programa “Ciências sem fronteiras”, no qual alunos da Uespi estão inscritos. “No ano passado foram firmados acordos com a Itália, Portugal e Espanha. Nessa viagem à Alemanha e Bélgica foi possível avaliar o nível de excelência destas Universidades em relação ao ensino e à pesquisa, que é um dos focos principais da Abruem", afirma o reitor da Uespi.

Carlos Alberto, que compõe o conselho deliberativo da Abruem, comenta sobre a importância destas parcerias, que irão abrir portas para a realização de pesquisas e, consequentemente, geração de novas patentes para a universiadade. “Na Alemanha, por exemplo, os alunos são inseridos imediatamente ao mercado de trabalho, o que lhes permite vivenciar o ensino na prática e ao mesmo tempo fortalecer a indústria através do conhecimento adquirido, favorecendo assim o crescimentopotenciais”, ressalta o reitor.

Sobre o Enem
A respeito da decisão do Conselho Universitário sobre a adesão total ao Exame Nacional do Ensino médio, cuja nota será o critério para seleção pela Uespi já a partir deste ano, o reitor defende que "o modelo utilizado por várias universidades brasileiras, vai melhorar a educação tanto em relação ao investimento por parte do governo, que será melhor distribuído, como também pela exigência no ensino, que faz com que as escolas sejam melhor equipadas”.

Mais lidas nesse momento