Dicas de Português: Palavras homônimas e parônimas

Homo (do grego) significa “igual”. São palavras iguais. O nosso problema, na realidade, são as palavras homônimas homófonas (= som igual, escrita diferente e significados diferentes). É o caso de conserto e concerto. Quando falamos, não se percebe a diferença, pois a pronúncia é a mesma. A dúvida surge na hora de escrever: é com “s” ou “c”? Aí depende do sentido.

Todo concerto musical se escreve com “c”. E conserto do verbo consertar (=reparar, corrigir) é com “s”. É bom tomar cuidado.

Vejamos uma historinha que dizem ser verdadeira. Eu não acredito. Em todo caso, lá vai:
Certo comerciante (não importa a nacionalidade) escreveu um cartaz e afixou na porta do seu estabelecimento:

“Aos meus empregados. A partir de hoje, quero as nossas portas serradas às 18h.”
Foi atendido. Ao voltar à loja, no dia seguinte, encontrou todas as portas pela metade.
Se a ficha não caiu, anote:

CERRAR significa “fechar”; SERRAR significa “cortar”.
E palavras parônimas?

São aquelas palavras parecidas na forma, mas bem diferentes quanto ao significado.
Imagine que um colega seu tenha sido demitido por ter cometido uma série de erros. Você é designado para o lugar dele. No seu primeiro relatório, escreve: “Ratifico os erros do meu antigo companheiro”. Que vai acontecer? Você “vai pra rua” também. Ratificar erros é ignorância dupla. RATIFICAR é “confirmar”. Erros nós retificamos.

Se você não sabia, anote:
RATIFICAR significa “confirmar”; RETIFICAR significa “corrigir”.


Resumindo:
HOMÔNIMAS HOMÓFONAS: palavras com a mesma pronúncia, com alguma diferença gráfica e com diferentes significados;

PARÔNIMAS: palavras parecidas na forma, com diferentes significados.

Dicas

1. ACENDER ou ASCENDER
Acender = pôr fogo, ligar:
Ele foi acender a vela.
Ascender = subir, elevar-se:
Ele quer ascender de posto.


2. ACENTO ou ASSENTO
Acento = intensidade, sinal gráfico:
Coloque o acento na sílaba tônica.
Assento = lugar onde se senta:
Saiu, e eu ocupei seu assento.


3. ACIDENTE ou INCIDENTE
Acidente = desastre, acontecimento com conseqüências mais graves:
Houve um acidente na Via Dutra.
Incidente = desentendimento, ocorrência com conseqüências menores:
Perdoe-me pelo incidente de ontem. 

4. ACONDICIONAR ou CONDICIONAR
Acondicionar = preservar, guardar:
É necessário acondicionar melhor estes aparelhos.
Condicionar = regular, tornar dependente de condição:
Vai condicionar sua permanência ao seu esforço.

5. AFERIR ou AUFERIR
Aferir = conferir pesos, medidas … :
É preciso aferir constantemente os taxímetros.
Auferir = obter, colher:
Só vai auferir algum lucro no final do ano.

Teste da semana

Que opção completa corretamente a frase: “________ meio-dia e _______; no céu _____________ as trovoadas de verão”?
(a) era / meia / anunciava-se;
(b) eram / meio / anunciavam-se;
(c) era / meio / anunciava-se;
(d) era / meia / anunciavam-se;
(e) eram / meia / anunciavam-se.

Resposta do teste: letra (d) - O verbo SER fica no singular para concordar com “meio-dia”, que é singular: “ERA meio-dia e MEIA”, porque é “MEIA hora”. A palavra MEIO, quando significa “metade”, é numeral fracionário e deve concordar: “meio litro”, “meia garrafa”, “meio limão”, “meia laranja”. No caso da terceira lacuna, temos a partícula apassivadora “se”. O sujeito do verbo ANUNCIAR é “as trovoadas de verão”, que está no plural. Portanto, o correto é “anunciavam-se as trovoadas de verão”, ou seja, “as trovoadas de verão ERAM ANUNCIADAS”. 

Mais lidas nesse momento