Homepage
RSS
Twitter

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Busca
publicidade

Confira como ingressar por concurso nas Forças Armadas

13/07/2008 • 12:58

As Forças Armadas costumam abrir vagas durante todo o ano. Atualmente, há inscrições abertas para 1.925 vagas no Exército e 1.680 na Marinha. Há ainda autorizados concursos para 400 vagas na Marinha e seis no Exército. A Aeronáutica prevê abertura de quatro concursos este ano.

O ingresso nas três instituições se dá por meio de concurso público, e os requisitos variam de acordo com os cargos.

No caso dos limites de idade, os candidatos devem ficar atentos se a faixa etária é exigida no momento da inscrição ou na data de início do curso de formação. Por isso, a leitura do edital é fundamental.

Na Marinha, os candidatos podem entrar como praças ou oficiais. No Exército, como sargentos ou oficiais. Já na Aeronáutica os aprovados entram como praça, aspirante-a-oficial, taifeiro, sargento ou tenente (veja lista completa abaixo).

No Exército, a remuneração inicial é de R$ 1.800 para sargento e de R$ 3.000 para oficial. Na Marinha, em cargos que exigem nível fundamental e médio os salários iniciais vão de R$ 350 a R$ 955 e os finais de R$ 4.430 a R$ 13.000. Já para nível superior o inicial é de R$ 4.600 e o final, de R$ 12.000.

Na Aeronáutica, a remuneração para nível técnico vai de R$ 1.595,25 a R$ 4.760,05; nível médio, de R$ 2.576,06 a R$ 15.595,95; e nível superior, de R$ 4.950,85 a 14.661,36.

Mas as próprias Forças Armadas alertam que os candidatos que pensam em seguir a carreira militar devem ter em mente que irão servir à Pátria, e isso requer dedicação exclusiva, disponibilidade para mudar de cidade, seguir os preceitos do militarismo que são hierarquia e disciplina, e ter de se aperfeiçoar continuamente, por meio de cursos que são oferecidos durante a carreira.

Os concursos geralmente englobam sempre prova escrita, de acordo com o nível de escolaridade exigido, teste físico, avaliação psicológica e exame médico.

Após passar no concurso público, todos os selecionados passam por cursos de formação para ingresso nas carreiras militares iniciais. O período dos cursos varia de acordo com o cargo. O objetivo é instruir os alunos para poderem assumir as respectivas funções.


Ascensão e transferência
Na Marinha há planos de carreira, e a promoção se dá por mérito e tempo de serviço. A transferência pode ser pedida após três anos servindo em uma localidade.

No Exército, a promoção na carreira militar leva em conta a capacitação profissional e os limites de idade e se dá a longo prazo. O militar pode ser designado para servir em qualquer região do país em qualquer época do ano.


Na Aeronáutica, o militar tem possibilidade de ascensão por tempo de serviço ou pode também fazer concursos internos. O militar pode pedir transferência após dois anos de permanência na localidade.

Estabilidade e reserva
No Exército e na Marinha, o militar adquire estabilidade após dez anos de serviço e terá direito de requerer a transferência para a reserva (inatividade) após ter cumprido 30 anos de serviço ou ao atingir o limite de permanência na ativa, que varia de acordo com a função.

Já na Aeronáutica, os oficiais adquirem a estabilidade com o recebimento do posto ou patente, outorgado na área federal por ato do presidente da República. Os praças adquirem a estabilidade com dez anos de serviço. Já o desligamento se dá por tempo de serviço ou por idade, dependendo das funções.

O salário recebido nas três instituições durante a reserva é igual ao recebido na ativa.


Concursos previstos
A Aeronáutica prevê ainda mais quatro concursos para este ano, cujo ingresso será em 2009. O primeiro deve ser para o Estágio de Instrução e Adaptação de Capelães, no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica, em Belo Horizonte, com inscrições previstas deste mês a setembro.

O demais têm inscrições previstas entre agosto e setembro. São eles: Curso de Engenharia Aeronáutica, Eletrônica, de Infra-Estrutura Aeronáutica (Civil), Mecânica Aeronáutica e de Computação, no Instituto Tecnológico de Aeronáutica, em São José dos Campos (SP) (de 1º de agosto a 15 de setembro); Estágio de Adaptação de Oficiais Temporários, no Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica, em Belo Horizonte (de 26 de agosto e 26 de setembro); Curso de Formação de Sargentos, na Escola de Especialistas da Aeronáutica, em Guaratinguetá (SP), entre agosto e setembro.

Os sites em que podem ser encontradas mais informações sobre carreira militar e editais de concursos públicos são os seguintes: www.ensino.mar.mil.br, www.exercito.gov.br e www.fab.mil.br.

Veja abaixo as formas de ingresso nas Forças Armadas: 

MARINHA

Cargos de nível superior (oficiais)


Corpo de Saúde da Marinha (ambos os sexos e menos de 35 anos).
Corpo de Engenheiros da Marinha (ambos os sexos e menos de 32 anos).
Quadro Complementar (ambos os sexos e menos de 29 anos).
Quadro Técnico de Oficiais da Marinha (ambos os sexos e menos de 32 anos).

Cargos de nível médio (praças)
Escola Naval (sexo masculino e idades entre 14 e 22 anos).

Cargos de nível técnico (praças)
Corpo Auxiliar de Praças (ambos os sexos e menos de 25 anos).

Cargos de nível fundamental (praças)
Colégio Naval (sexo masculino e idades entre 14 e 22 anos).
Escolas de Aprendizes-Marinheiros (sexo masculino e idades entre 17 e 21 anos). 

AERONÁUTICA

Cargos de nível superior

Estágio de Adaptação de Oficiais Temporários (ambos os sexos e idade até 42 anos).
Estágio de Instrução e Adaptação de Capelães (sexo masculino e idades entre 30 e 40 anos).
Curso de Adaptação de Dentistas, Farmacêuticos e Médicos (ambos os sexos e idade até 34 anos).
Estágio de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (ambos os sexos e idade até 30 anos).

Cargos de nível médio
Curso de Formação de Oficiais Aviadores, Intendentes e de Infantaria (ambos os sexos - somente masculino para infantaria - e idade até 20 anos).
Curso de Formação de Sargentos (ambos os sexos e idades entre 17 e 23 anos).
Curso de Engenharia Aeronáutica, Eletrônica, de Infra-Estrutura Aeronáutica (Civil), Mecânica Aeronáutica e de Computação (ambos os sexos e idade até 23 anos).

Cargos de nível técnico
Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento (ambos os sexos e idades entre 17 e 23 anos).
Curso de Formação de Taifeiros (sexo masculino e idades entre 18 e 23 anos).

Cargos de nível fundamental
Curso Preparatório de Cadetes do Ar (sexo masculino e idades entre 14 e 18 anos). 

EXÉRCITO

Cargos de nível superior
Escola de Administração do Exército (ambos os sexos, idade menor que 37 anos).
Escola de Saúde do Exército (ambos os sexos, idade menor que 37 anos).

Cargos de nível médio
Escola Preparatória de Cadetes do Exército (sexo masculino e idades entre 16 e 24 anos).
Academia Militar das Agulhas Negras (jovem tem que estar cursando o 3º ano do ensino médio na Escola Preparatória de Cadetes do Exército).
Instituto Militar de Engenharia (ambos os sexos, idade entre 16 e 22 anos).
Escolas de Sargentos (sexo masculino e idade entre 18 e 24 anos, ou até 28 anos para área de músicos) - o candidato será formado na Escola de Sargentos das Armas, Escola de Instrução Especializada, Escola de Material Bélico, Centro de Aviação do Exército e Escola de Comunicações.

  • Comentários

  • Facebook

COMENTE

Seja o primeiro a comentar

Últimas Notícias
próximo anterior veja mais notícias
COMPARTILHE COM AMIGOS
ENVIE SEU COMENTÁRIO

Os comentários feitos por leitores são de inteira responsabilidade de seus autores.
O Portal AZ não responde pelo conteúdo postado nesse espaço.

portal az - Informação de Verdade
Todos os direitos reservados © 2000 - 2014