1. Editorias
  2. Entretenimento
  3. Integrante de banda quebra equipamentos por falta de salário. Cantora diz que tomará medidas judiciais
Publicidade

Integrante de banda quebra equipamentos por falta de salário. Cantora diz que tomará medidas judiciais

Vídeo foi gravado em São Pedro do Piauí

(Atualizada às 18h40)

Um integrante da banda Farra da Gordinha compartilhou um vídeo no qual aparece visivelmente irritado quebrando equipamentos de som e acusando a cantora Walkiria Estarley de não pagar o seu salário e de outros membros do grupo. A gravação teria sido feita depois do show da banda em São Pedro do Piauí durante o final de semana. 

Segundo ele, os funcionários estão recebendo cerca de R$ 100 por quinzena e que Walkiria Estarley não está pagando ninguém e vive ostentando nas redes sociais. 

“Três anos que eu estou aqui; três mil trezentos e oitenta dentro [de débito]. Viajamos, a festa foi oito mil [reais]. Já está com quatro quinzenas que a gente recebe cem reais por quinzena. [Ela, Walkiria] não quer pagar ninguém, enquanto isso está na praia comendo caranguejo, no shopping, comprou um Veloster [carro de luxo], enquanto dez, doze pais de famílias aqui estão lutando para dar de comer à família todos os dias. Tem gente que tem filho, tem gente que paga aluguel, e ela não paga ninguém”, dispara o integrante. 

O funcionário ainda faz graves acusações ao afirmar que Walkiria Estarley é usuária de drogas. 

"Vamos viajar, para o ônibus duas, três vezes para fumar maconha. Não tenho nada contra quem fuma maconha não, mas tratar a gente como cachorro, deixar de parar para almoço para fumar maconha no meio da estrada.... E se ela disser que é mentira eu tenho aqui filmado”, desafiou.

Assista ao vídeo abaixo:

Cantora nega as acusações 

No início da tarde desta segunda-feira (03), a cantora Walkyria Estarley, se pronunciou sobre a polêmica envolvendo um de seus funcionários e diz que tomará medidas judiciais sobre a situação envolvendo seu nome e da marca Farra da Gordinha. 

“Estou tomando todas providências cabíveis para esclarecer tudo, estou simplesmente passada sobre a situação que foi compartilhada. Vou organizar tudo, a coisa não está sendo fácil e não sabotarei ninguém”, disse a artista em live nas redes sociais. 

Cantora se pronunciou sobre a polêmica nas redes sociais (Foto: reprodução internet)

Walkiria Estarley confirmou o atraso de salário de alguns funcionários, mas explicou que é devido à crise que as bandas de forró estão enfrentando no mercado. Segundo a artista, a Farra da Gordinha ficou sem realizar shows por um mês e agora que estão retornando as atividades. 

“Está difícil para todo mundo, não é invenção minha, a banda passou um mês parada, sem fazer shows. Já tentaram me derrubar várias vezes, já aconteceu de tudo nessa banda, meus fãs sabem disso, mas não irei desistir”, disse. 

A artista esclareceu ainda que a situação já foi repassada ao seu advogado e que o funcionário irá responder na Justiça as acusações e “mentiras”, segundo ela, sobre ser usuária de drogas e maltratar os integrantes do grupo com falta de comida. 

“Eu estou muito magoada com tudo isso, não era necessário, bastava ele vi falar comigo ou colocar na Justiça, que seria resolvido. Agora gravar vídeos e compartilhar como foi feito, não foi legal e medidas serão tomadas”, finaliza a cantora. 

O grupo de forró ainda divulgou uma nota oficial. Confira abaixo:

Banner compartilhado nas redes sociais da banda Farra da Gordinha 

Outra denúncia

Um ex-funcionário da Farra da Gordinha procurou a reportagem do Portal AZ para confirmar a versão do rapaz que quebrou os equipamentos da banda e fez graves acusações à cantora Walkiria Estarley.

Segundo Neurivan, Walkiria está indo embora de Fortaleza para Natal e montará uma nova banda, com novos integrantes.

“Lá na Farra da Gordinha está todo mundo sem receber. O técnico de som está com um débito de R$ 8.000 e ela não tá pagando. Os músicos que estão deixando o grupo, ela não paga. Ela só tem o status, nada é dela, ela só tem a voz”, disse o ex-funcionário Van.

Neurivan saiu da Farra da Gordinha por falta de pagamento. Segundo ele, Walkiria Estarley quis deixar ele na rua, no meio da estrada.  

O Portal AZ entrou em contato com a cantora Walkiria Estarley para saber o posicionamento sobre o caso, mas até o fechamento desta matéria, a artista não respondeu as mensagens. 

(Atualizada às 18h40)

Um integrante da banda Farra da Gordinha compartilhou um vídeo no qual aparece visivelmente irritado quebrando equipamentos de som e acusando a cantora Walkiria Estarley de não pagar o seu salário e de outros membros do grupo. A gravação teria sido feita depois do show da banda em São Pedro do Piauí durante o final de semana. 

Segundo ele, os funcionários estão recebendo cerca de R$ 100 por quinzena e que Walkiria Estarley não está pagando ninguém e vive ostentando nas redes sociais. 

“Três anos que eu estou aqui; três mil trezentos e oitenta dentro [de débito]. Viajamos, a festa foi oito mil [reais]. Já está com quatro quinzenas que a gente recebe cem reais por quinzena. [Ela, Walkiria] não quer pagar ninguém, enquanto isso está na praia comendo caranguejo, no shopping, comprou um Veloster [carro de luxo], enquanto dez, doze pais de famílias aqui estão lutando para dar de comer à família todos os dias. Tem gente que tem filho, tem gente que paga aluguel, e ela não paga ninguém”, dispara o integrante. 

O funcionário ainda faz graves acusações ao afirmar que Walkiria Estarley é usuária de drogas. 

"Vamos viajar, para o ônibus duas, três vezes para fumar maconha. Não tenho nada contra quem fuma maconha não, mas tratar a gente como cachorro, deixar de parar para almoço para fumar maconha no meio da estrada.... E se ela disser que é mentira eu tenho aqui filmado”, desafiou.

Assista ao vídeo abaixo:

Cantora nega as acusações 

No início da tarde desta segunda-feira (03), a cantora Walkyria Estarley, se pronunciou sobre a polêmica envolvendo um de seus funcionários e diz que tomará medidas judiciais sobre a situação envolvendo seu nome e da marca Farra da Gordinha. 

“Estou tomando todas providências cabíveis para esclarecer tudo, estou simplesmente passada sobre a situação que foi compartilhada. Vou organizar tudo, a coisa não está sendo fácil e não sabotarei ninguém”, disse a artista em live nas redes sociais. 

Cantora se pronunciou sobre a polêmica nas redes sociais (Foto: reprodução internet)

Walkiria Estarley confirmou o atraso de salário de alguns funcionários, mas explicou que é devido à crise que as bandas de forró estão enfrentando no mercado. Segundo a artista, a Farra da Gordinha ficou sem realizar shows por um mês e agora que estão retornando as atividades. 

“Está difícil para todo mundo, não é invenção minha, a banda passou um mês parada, sem fazer shows. Já tentaram me derrubar várias vezes, já aconteceu de tudo nessa banda, meus fãs sabem disso, mas não irei desistir”, disse. 

A artista esclareceu ainda que a situação já foi repassada ao seu advogado e que o funcionário irá responder na Justiça as acusações e “mentiras”, segundo ela, sobre ser usuária de drogas e maltratar os integrantes do grupo com falta de comida. 

“Eu estou muito magoada com tudo isso, não era necessário, bastava ele vi falar comigo ou colocar na Justiça, que seria resolvido. Agora gravar vídeos e compartilhar como foi feito, não foi legal e medidas serão tomadas”, finaliza a cantora. 

O grupo de forró ainda divulgou uma nota oficial. Confira abaixo:

Banner compartilhado nas redes sociais da banda Farra da Gordinha 

Outra denúncia

Um ex-funcionário da Farra da Gordinha procurou a reportagem do Portal AZ para confirmar a versão do rapaz que quebrou os equipamentos da banda e fez graves acusações à cantora Walkiria Estarley.

Segundo Neurivan, Walkiria está indo embora de Fortaleza para Natal e montará uma nova banda, com novos integrantes.

“Lá na Farra da Gordinha está todo mundo sem receber. O técnico de som está com um débito de R$ 8.000 e ela não tá pagando. Os músicos que estão deixando o grupo, ela não paga. Ela só tem o status, nada é dela, ela só tem a voz”, disse o ex-funcionário Van.

Neurivan saiu da Farra da Gordinha por falta de pagamento. Segundo ele, Walkiria Estarley quis deixar ele na rua, no meio da estrada.  

O Portal AZ entrou em contato com a cantora Walkiria Estarley para saber o posicionamento sobre o caso, mas até o fechamento desta matéria, a artista não respondeu as mensagens.