Orgulhoso, Luxemburgo enaltece equipe e torcida

Uma vitória suada em um duelo muito equilibrado. O triunfo por 3 a 2 do Atlético-MG sobre o Santos, nesta quarta-feira (28), no Mineirão, pela primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil, agradou ao técnico Wanderley Luxemburgo, que extravasou nas comemorações. Feliz, o treinador gostou do que viu.

- Foi um grande jogo, como era a expectativa, principalmente a nossa. As equipes que eu dirijo procuram jogar futebol, sempre agredindo o adversário, bem postadas. Conseguimos fazer os três gols, abrimos uma vantagem jogando contra uma equipe muito boa, com jogadores talentosos, mas mostraramos que estamos preparados, numa crescente para fazer um ano muito bom.

O emocionante duelo entre Galo e Peixe teve várias chances de gols para as duas equipes. O time mineiro se comportou bem contra o envolventes santistas, que também tiveram boa atuação. Orgulhoso, Luxemburgo enalteceu a postura de seus jogadores e o comportamento da torcida atleticana, que lotou o Mineirão com mais de 46 mil torcedores.

- Senti orgulho de estar no Atlético hoje. Com certeza, tive um orgulho muito grande. Orgulho de ser técnico do Atlético por causa do envolvimento daquilo que sempre vi de fora. A torcida abraçou o time, que correspondeu à expectativa da torcida. Mostramos para o Brasil que o Atlético chegou para ocupar um espaço no futebol nacional. Dá orgulho de trabalhar com atletas que se dedicam, que se empenham ao máximo.

Luxemburgo exaltou ainda o grande jogo entre as duas equipes, mas adiantou que não tem nada decidido.

- Estou satisfeito com a vitória, mas não acabou. Vamos jogar na Vila Belmiro e podemos chegar lá e buscar o resultado porque mostramos competência para isso. Esse é o futebol brasileiro: Jogado, sem violência, com qualidade, o árbitro sem interferência no jogo, tudo como eu acho que tem que ser um jogo de futebol.

Mais lidas nesse momento