Irônico, Diego Souza ignora polêmica com torcida

A dramática vitória do Palmeiras sobre o Atlético-GO ficou em segundo plano. O assunto da noite desta quinta-feira no Palestra Itália foi o entrevero do meia Diego Souza com a torcida alviverde. No momento em que foi substituído na etapa final, o atleta acabou vaiado por praticamente todo o estádio e não deixou quieto: xingou e fez gestos obscenos aos palmeirenses.

Até o final da partida, Diego Souza permaneceu no banco de reservas e viu o gol de Cleiton Xavier nos acréscimos. Com o fim da partida, ele foi até os vestiários e falou rapidamente, ignorando a confusão. "Não estou cavando a saída do Palmeiras. Estou feliz. De que vaia vocês estão falando?", disse o camisa 7, claramente irônico.

Restou aos outros jogadores do elenco alviverde falar sobre a atitude de Diego Souza. Todos procuraram ressaltar a importância do meia, considerado o melhor jogador do Campeonato Brasileiro do ano passado.

"Foi de cabeça quente, temos que levar em conta isso. Acho que foi um ato impensado", afirmou o meia Cleiton Xavier. "O Diego Souza já provou que é um grande jogador. Temos que fazer com que ele continue jogando junto com a gente", emendou o meia Lincoln.

Amigo particular de Diego Souza, Danilo pediu uma trégua por parte dos torcedores. "Vamos ter calma. Hoje ele saiu vaiado, mas pode nos dar a classificação na semana que vem", explicou o zagueirão.

Diego aplaude torcedores
Diego aplaude torcedores
Clima entre o meia, destaque do time em 2009,
e os palmeirenses não anda nada bom no Palestra

Mais lidas nesse momento