Ronaldo pede apoio da torcida do Corinthians

Ronaldo foi criticado pelos torcedores do Corinthians que foram ao Maracanã na quarta-feira. Sem enfrentar cobranças do público no retorno a São Paulo, o atacante convocou os corintianos a incentivarem o time após a derrota por 1 a 0 para o Flamengo, no primeiro confronto das oitavas de final da Copa Libertadores da América.

"A torcida sempre esteve ao nosso lado e apoiou bastante. Precisamos muito dela nesse momento", afirmou Ronaldo, que já chegou a se desentender com um grupo de torcedores em 2010. Após a derrota para o Paulista, na Arena Barueri, o jogador foi insultado e respondeu com o dedo médio.

Diante do Flamengo, a pressão foi por parte da torcida adversária. Flamenguista declarado, Ronaldo encarou a revolta dos rubro-negros no Maracanã, ainda ressentidos por ele ter assinado contrato com o Corinthians após utilizar a Gávea para se recuperar fisicamente.

Ronaldo não é o único que pediu auxílio dos corintianos. "Será um jogo muito difícil. Tenho certeza de que a torcida irá lotar o Pacaembu para nos empurrar", disse Dentinho, parceiro de ataque do astro. "Queremos que os nossos torcedores compareçam em massa", concordou o volante Ralf.

Segundo o técnico Mano Menezes, os corintianos devem criar o mesmo ambiente hostil que o Corinthians encontrou no Maracanã. Para avançar na Libertadores, sua equipe precisa vencer o Flamengo por dois gols de diferença ou ganhar por 1 a 0 e decidir a vaga nos pênaltis.

Os corintianos que pretendem atender aos apelos dos jogadores poderão comprar ingressos nas bilheterias a partir de domingo. Por enquanto, a carga é comercializada apenas para os cadastrados no programa Fiel Torcedor.

Mais lidas nesse momento