Mancuello se candidata à vaga de Diego, mas lembra de pedido a Zé

Meia argentino diz que pode atuar como armador, só que recorda que no começo do ano pediu para o técnico do Flamengo para jogar pela direita

O Flamengo não contará com o meia Diego, convocado para a seleção brasileira, nos dois próximos jogos da Taça Rio, pelo menos, contra Bangu e Vasco. O argentino Mancuello, que tem atuado pela direita, se colocou à disposição do técnico Zé Ricardo para a vaga do armador, mas fez uma ressalva.


Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, Mancuello lembrou que pediu ao próprio treinador para atuar pelos lados do campo em 2017. No ano passado, ele teve de disputar posição com Diego como armador.


– Ainda não definimos a equipe. No ano passado, eu tinha jogado nessa posição (do Diego) em vários jogos. Nesse ano, falei que queria jogar pela direita. A maioria dos jogos desse ano foi pela direita. Então, começamos jogando num 4-2-3-1, com o Diego no meio, mas também temos variações táticas para substituí-lo. É um grande jogador, que precisamos muito, mas vamos trabalhar duro para não sentirmos sua falta – disse o meia. 

E Mancuello garante estar adaptado à nova posição. Na atual temporada, o argentino já disputou 10 partidas e marcou três gols.


– Estou me sentindo bem, fiz gols e dei assistências. Tem times que estudam o jeito de jogar. Temos jogos pela frente e temos de pensar que todo mundo tem de ficar bem para ir para esses jogos. 


O Flamengo entra em campo novamente nesta quarta-feira, contra o Bangu, às 21h45 (de Brasília), no Raulino de Oliveira, pela Taça Rio. 

Mais lidas nesse momento