Perto de confirmar "profecia", TN30 reitera confiança no Cruzeiro (e no título, claro!)

Na Copa do Brasil, ele está a um jogo de provar que estava certo

No dia 11 de fevereiro, enquanto o Cruzeiro disputava o Campeonato Mineiro, o meia Thiago Neves se empolgava com o time que, naquele dia, derrotou o Tupi, em Juiz de Fora, por 4 a 0. Recém-contratado e ainda se preparando fisicamente para estrear, TN30 usou o Twitter para postar uma mensagem que repercutiu muito entre os torcedores. "Tô avisando que ninguém vai segurar esse time esse ano", dizia a publicação. A torcida do Cruzeiro, claro, adorou.

Thiago Neves:
Thiago Neves: "Sou um jogador confiante. Sempre fui" (Foto: Agência Estado)

Só que a primeira metade do ano não foi das melhores. Além de perder o Campeonato Mineiro, o Cruzeiro viveu momentos de instabilidade no Campeonato Brasileiro e foi eliminado da Sul-Americana. Os rivais não esqueceram a mensagem e relembraram para provocar. Thiago Neves, na ocasião, mostrou personalidade e garantiu que não apagaria (clique aqui para relembrar a declaração). Afinal o ano não tinha acabado. Lembrou que ainda tinha Brasileirão e Copa do Brasil pela frente. Hoje, o Cruzeiro está no G-6 do Brasileirão e precisa de uma vitória por qualquer placar na próxima quarta-feira, contra o Flamengo, no Mineirão, para ficar com o título da Copa do Brasil.

- Sou um jogador confiante. Sempre fui. Tenho meu jeito de me expressar, isso não vai mudar. Encaro até como uma motivação para mim e para o grupo. Disse que esse time ainda ia dar muita alegria porque sei da capacidade do nosso elenco, comissão e demais envolvidos, que fazem as coisas acontecerem aqui no clube diariamente. Não tem receita certa para dar certo, mas também não tem segredo - disse em entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com.
 
Aquele tweet não foi o único "ousado" de Thiago Neves no ano. Um mês e meio depois, no dia 25 de março, ele postou uma foto com Rafael Sobis, um registro da comemoração do título brasileiro de 2012, quando ambos atuavam pelo Fluminense. A legenda dizia: "Essa foto foi do título em 2012, mas se Deus quiser vou postar uma igual com o título de 2017 com o nosso Cruzeirão!". Também com alguma adaptação, já que o título próximo é o da Copa do Brasil, Thiago Neves também está próximo de mais uma foto do título com o amigo Sobis - que é, inclusive, um dos artilheiros da competição, com cinco gols.

Ídolo?
 
Personalidade nas entrevistas, disposição em campo, muita técnica e identificação com a torcida. Thiago Neves estaria a um jogo - e a uma taça - do posto de ídolo do Cruzeiro? Segundo ele, ainda não. Mesmo no caso de uma possível conquista, o meia fala com cautela sobre a importância dele na história do clube.

- Ainda falta muito para eu me tornar ídolo, mas uma Copa do Brasil muda o patamar de todos aqui dentro. Não acho que a conquista de um título faz virar a chave da noite para o dia e um jogador entra no hall de grandes jogadores da história do clube, mas estou construindo minha história. O carinho que a torcida do Cruzeiro demonstra por mim nas ruas é algo diferente demais. Isso faz com que a gente se sinta mais em casa a cada dia e lute por um objetivo de uma nação inteira. Jogamos por eles e temos que conquistar essa taça para eles.

Além das características em campo, Thiago Neves tem outra particularidade que agrada muito a todo torcedor: tem estrela. É o tipo de jogador que costuma aparecer em jogo grande, em decisão. Apesar das boas atuações na carreira nesse tipo de partida, ele garante que a preparação é a mesma, apesar de a ansiedade ser maior.

- Não é um dia normal, né? Bate uma ansiedade diferente e uma vontade de jogar logo. Mas, com o tempo, a gente acaba se acostumando a ter paciência e segurar bem até a hora do jogo. Em uma final, decisão, jogo grande ou não, eu me preparo da melhor forma possível. Eu procuro me cuidar fisicamente, me alimento de forma adequada, treino minhas faltinhas ali para calibrar o pé... não foge muito. Essa rotina de treinos que nos colocou na final, então não pode mudar agora. Se precisar, a gente repete até os lugares do ônibus no caminho para o Mineirão dia 27 para não ter erro (risos).

Mais lidas nesse momento