Nuzman deixa presídio no Rio de Janeiro

Apesar da soltura, ex-dirigente tem regras a cumprir

Após ter soltura concedida pelo Superior Tribunal de Justiça, Carlos Arthur Nuzman deixou o presídio de Benfica, no Rio, onde estava preso desde 5 de outubro deste ano.

Foto: Divulgação/Reuters
Foto: Divulgação/Reuters

Segundo o G1, o ex-presidente do Comitê Olímpico Brasileiro precisa, daqui pra frente, cumprir medidas como: entregar passaporte, só deixar o Rio de Janeiro e o Brasil com autorização judicial, não ter contato com investigados na Operação Unfair Play (que acarretou sua prisão), não acessar sedes ou filiais da Rio 2016 e do COB e comparecer mensalmente à Justiça.

Apesar da liberação, o juiz da 7ª Vara Federal Criminal do Rio, Marcelo Bretas, aceitou nova denúncia contra o ex-dirigente, agora por corrupção na compra de votos para Rio 2016.

 

Mais lidas nesse momento