Ryuller Rodrigues: representante do Atlético-MG

O e-Brasileirão 2017 já é um sucesso. Foram 14.351 inscritos nas seletivas dos 20 clubes da Série A do Campeonato Brasileiro. Deste total, 827 batalharam para representar o Atlético-MG. O grande vencedor foi Ryuller Rodrigues.

Créditos: Marcos Paulo Rebelo/CBF
Créditos: Marcos Paulo Rebelo/CBF

Antes de a bola rolar para Atlético-MG e Coritiba-PR no último domingo (19), na Arena Independência, pela 36ª rodada do Brasileirão, o estudante de Direito venceu Carlos Junior "Mondromo" na semifinal e superou Wallace Feu na grande decisão. Os dois jogos da final foram muito disputados. Ryuller venceu o duelo de ida por 3 a 2 e perdeu a volta por 2 a 1, o que levou o confronto para os pênaltis. O adversário chegou a ter 2 a 0 de vantagem, mas a fé atleticana seguiu intacta e a virada veio.  

– Se não for sofrido, não é Galo! Equilíbrio total, adversário muito bom. Venci a primeira, na segunda levei um gol na final, dei uma baqueada, mas a sorte estava ao meu lado. Enquanto o juiz não apitar o final do jogo, não acabou. E estou lá! – destacou.

Este foi o primeiro ano de Ryuller na disputa do e-Brasileirão. Logo na primeira experiência do universitário no maior campeonato de PES do Brasil, ele conseguiu desbancar Magno Marques, que representou o Galo na edição do ano passado. A ideia dele era apenas participar. Agora com um título conquistado, o universitário mineiro sonha ir ainda mais longe. 

– Comecei o campeonato esse ano, não conhecia, descobri esse ano através do meu amigo Victor e hoje estou aqui, primeiro ano. Estou muito feliz. Não me imaginava nem aqui. Já estava realizado por participar, agora sou campeão! Que no ano que vem possa vir mais e mais! – finalizou.

Mais lidas nesse momento