Diego Alves fala sobre vida fora do campo e carreira no ‘Papo Reto’

Goleiro rubro-negro conversou com exclusividade com a FlaTV

No dia 17 de julho, o goleiro Diego Alves foi oficialmente apresentado pelo Flamengo. Desde sua chegada oficial na Gávea e sua estreia com o Manto Sagrado, o jogador ganhou a confiança e admiração da torcida, tornando-se um dos líderes do elenco rubro-negro. Em entrevista exclusiva à FlaTV, Diego mostrou um lado diferente, falando sobre carreira, gastronomia na Espanha, família e outros assuntos.

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

"O sonho de toda criança é ser jogador de futebol, ainda mais em um país que vive o esporte como o Brasil. Gostar disso acabou sendo um processo natural. Eu acompanhava meu pai nos jogos, comecei atuando no futebol de salão em São José dos Campos. Comecei a gostar cada vez mais dessa posição, passei a jogar no campo e as coisas aconteceram rápido. Aos 16 anos assinei meu primeiro contrato profissional e aos 18 cheguei ao Atlético Mineiro", contou o camisa 1 rubro-negro.

Além disso, Diego Alves comentou ainda sobre os filhos. "Eles sabem que o papai está trabalhando. Sempre falo para eles, sabem que estou jogando. Os dois são muito pequenos ainda, um tem três anos e o outro cinco. Eles gostam muito. Na Espanha, ambos adoravam ir ao campo. Quando tiver uma oportunidade, quero levá-los ao Maracanã, à Ilha do Urubu, onde o Flamengo estiver jogando para eles conhecerem e sentirem o que é estar aqui", disse Diego.

"Sou muito crítico com a minha parte. Tenho reuniões com preparador de goleiros, gosto de ver posicionamento, tática. Eu gosto de futebol, vivo isso. Mas é claro que em algum momento preciso me desconectar disso. Tento aproveitar o máximo possível com os meus filhos. É normal, todo jogador que vive como eu sabe que é necessário ter um momento com a família", explicou sobre a rotina corrida.

Mais lidas nesse momento