Rafael Lima fala sobre temporada no América-MG

Capitão, campeão e um dos destaques da Série B do Campeonato Brasileiro, Rafael Lima não poupou elogios para sua temporada pelo América-MG em 2018. O defensor foi o atleta que mais atuou em 2017, acumulando 53 partidas. 

Créditos: Cristiane Mattos/América-MG
Créditos: Cristiane Mattos/América-MG

Além do recorde de partidas, Rafael marcou seis gols no ano, sua melhor marca na carreira e, de quebra, foi o quarto jogador na artilharia da equipe. Terminou a Série B com a defesa menos vazada, com 25 gols sofridos, e a que mais saiu de campo sem sofrer gol, das 38 rodadas da competição, não foi vazado em 21. Também foi responsável por marcar o primeiro gol na partida que garantiu o acesso do time mineiro, na vitória por 2 a 1 sobre o Figueirense, fora de casa, e o gol do título contra o CRB, no Independência. Rafael acumulou seu terceiro acesso na carreira, sendo este o segundo para a Série A do Brasileirão. 

– Sem dúvidas, essa temporada em termos individuais, foi a principal da minha carreira, a melhor de todas. Foi um ano maravilhoso, não tive nenhum tipo de lesão, nada me atrapalhou e eu consegui ter um bom desempenho. Joguei praticamente todas as partidas do ano e pude ajudar o América nesse retorno à primeira divisão, estou muito feliz por tudo que aconteceu em 2017 – avaliou o zagueiro que mais atuou nesta Série B, completando 3.326 minutos jogados. 

Natural de Florianópolis, Santa Catarina, Rafael Lima aproveita o período de férias para descansar ao lado da família, mas por pouco tempo, isso porque o capitão do Coelho já está de olho em 2018.

– Quero curtir minha família, dar uma descansada e aproveitar a praia. Mas logo já volto a treinar, no dia 10 devo iniciar um trabalho com meu amigo Maicon, preparador físico, que vai me ajudar passando alguns treinos. Ano que vem os jogos começam mais cedo e quero voltar bem, por isso preciso me preparar – revelou o experiente atleta de 31 anos. 

Para 2018, o zagueiro espera repetir uma temporada tão vitoriosa quanto esta.

– Foi um ano fantástico e vamos trabalhar muito para fazer de 2018 tão bom ou melhor ainda do que foi 2017. Meu foco está no América Mineiro, tenho contrato até 31 de dezembro de 2018 e meu objetivo é continuar fazendo história no clube, minha ideia é inclusive renovar por mais tempo para seguir vestindo a camisa desse time que me recebeu tão bem. Sei que podem surgir algumas possibilidades, até pelo bom ano que o grupo teve, mas qualquer clube que queira contar comigo, terá que conversar primeiro com diretoria do América – concluiu. 

Mais lidas nesse momento