Leonardo nega propostas e fala de relacionamento 'difícil' com Berlusconi

O técnico do Milan, Leonardo, garantiu não ter recebido nenhuma proposta de trabalho para o futuro e negou saber de sua suposta demissão, que teria sido anunciada pelo dono do clube e premier italiano, Silvio Berlusconi.

"Nunca falei do futuro porque nunca senti que fosse o momento de fazê-lo por questões óbvias, e não o é nem mesmo hoje. Posso dizer que nunca falei com ninguém do Flamengo, da seleção brasileira, do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2014. Não tenho nenhuma proposta oficial e não penso verdadeiramente nisso", enfatizou.

"Não sei o que Berlusconi disse ou não disse, mas nosso relacionamento é difícil. Somos muito diferentes, mas isto não é uma novidade", esclareceu o ex-jogador brasileiro, que foi bastante criticado devido ao fraco desempenho do Milan nesta temporada.

Segundo declararam parlamentares entrevistados pelo jornal "Corriere dello Sport", Berlusconi teria dito que as tratativas para a escolha de um novo treinador estão em curso e que Leonardo foi "teimoso". Ainda de acordo com a matéria publicada na quinta-feira, a opinião do premier seria de que o time jogou muito mal, mas que Leonardo é uma boa pessoa e um bom profissional.

"Acredito que sou teimoso. Acredito nas minhas coisas e as faço com paixão. É uma incompatibilidade no modo de ser e no estilo. Cada um tem seu jeito, com todo o respeito", rebateu ele. "Se qualquer um diz que eu disse qualquer coisa que não disse, a desminto. Mas as relações vão adiante", completou.

"Temos visões diferentes, isto é verdade, talvez sejamos incompatíveis. Mas não é importante, o importante são estas três partidas", declarou o brasileiro, citando os últimos jogos que o Milan disputará no Campeonato Italiano, contra Fiorentina, Genoa e Juventus. "Penso só nestas três partidas", assegurou.

Leonardo também elogiou a Internazionale de Milão, rival do Milan, por ter chegado à decisão da Liga dos Campeões da Europa -- competição da qual o clube treinado por ele foi eliminado nas oitavas-de-final.

"Na final se chega porque merece, e a Inter mereceu. É uma grande equipe", disse. "Há uma grande rivalidade, bonita de viver, mas cumprimentos à Inter", apontou ainda.

Leonardo, treinador do Milan
Treinador do Milan negou que tenha negociado
com o Flamengo e com a seleção brasileira

Mais lidas nesse momento